Show simple item record

dc.contributor.advisorKonrad, Glaucia Vieira Ramos
dc.creatorWitkowski, Alexsandro
dc.date.accessioned2019-08-09T12:48:54Z
dc.date.available2019-08-09T12:48:54Z
dc.date.issued2010-12-17
dc.date.submitted2010
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/17870
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Curso de Especialização em Gestão em Arquivos, EaD, RS, 2010.por
dc.description.abstractThe central objective of the investigation is to understand the deformities of culturalpolitically conscience of the common citizen before the archives, fact that we realize in the present because of the deep-rooted cultural question in a still present repressive past. Looking to identify the cultural question and the common sense about the archive doing, as well as identify the concept of citizenship and compare it with the right of access of the common citizen to the informations in the Brazilian public archives, we question: even being a constitutional guarantee, why is the access to the Brazilian archives so ineffective or often denied, producing in the citizen a distorted vision about the political, social and cultural paper of the archives? Historically the governments, in all his spheres, do not implement properly the political public arquivistics or do not do it in a way of constituting a project that could be made real effectively. The Military-Civil Blow of 1964 teased in a culture social-politically still more reined before the authoritarianism, provoking difficulties for the citizen in the search for informations, regarding his rights and others informations that could interest him. The mark storm is situated between the draft of the first National System of Archives (SINAR), in 1962, the project of implementation of 1978, during the process of “slow, gradual and safe” opening of the military government, and the subsequent period with the production and contemporary experiences. As for the approach methodology qualitative, it will make use of the inductive method like strategy of construction of the text and as proceeding methodology the comparative form will be used. These methodologies become necessary to induce the reader to do a connection of ideas before data that will be analysed in the comparative form. The results are partial, but necessary in order to advance in the studies on the reality of the archives and in the production of new works and works that could give visibility to the historical inquiry in primary fountains, contributing in the advancement on the reflection and on the discussion on the public policies and the systems to the archives. The actions suggestions (for legislation, public policies, systems, marketing, educative actions, etc.) long to contribute to new and future works and / or actions that put in practice the management in archives in it’s three ages: current, intermediary and constant. We hope the informations and suggestions presented in this work can stimulate actions that wake reflections on the damages we suffer with the inefficiency of our current bureaucracy for the public policies archive.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectCidadaniapor
dc.subjectAcesso à informaçãopor
dc.subjectPolíticas públicaspor
dc.subjectGestão em arquivospor
dc.subjectCitizenshipeng
dc.subjectAccess to the informationeng
dc.subjectPublic policieseng
dc.subjectManagement in archiveseng
dc.titleA cidadania e o (não) acesso às informações: a questão cultural e a situação do fazer arquivístico ontem e hoje (1962-2010)por
dc.title.alternativeThe citizenship and the (not) access to the informations: the cultural question and the situation of doing archive yesterday and today (1962-2010)eng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localPolo de Cruz Alta, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationGestão em Arquivos, EaDpor
dc.description.resumoO objetivo central da investigação é compreender as deformidades de conscientização político-cultural do cidadão comum diante dos arquivos, fato que percebemos na atualidade por causa da questão cultural arraigada num passado repressivo ainda presente. Buscando identificar a questão cultural e o senso comum sobre o fazer arquivístico, bem como identificar o conceito de cidadania e cotejar com o direito de acesso do cidadão comum às informações nos arquivos públicos brasileiros, questionamos: mesmo sendo uma garantia constitucional, por que o acesso aos arquivos brasileiros é muitas vezes negado ou ineficaz, gerando no cidadão uma visão distorcida acerca do papel político, social e cultural dos arquivos? Historicamente os governos, em todas suas esferas, não implementam devidamente as políticas públicas arquivísticas ou não o fazem de maneira a constituir um projeto que possa ser efetivamente concretizado. O Golpe Civil-Militar de 1964 implicou em uma cultura político-social ainda mais refreada diante do autoritarismo, provocando dificuldades para o cidadão na busca por informações, em relação a seus direitos e demais informações que lhe possa interessar. A baliza temporal situa-se entre o anteprojeto do primeiro Sistema Nacional de Arquivos (SINAR), em 1962, o projeto de implementação de 1978, durante o processo de abertura “lenta, gradual e segura” do governo militar, e o período posterior com a produção e experiências contemporâneas. Quanto à abordagem metodológica qualitativa, utilizar-se-á do método indutivo como estratégia de construção do texto e como procedimento metodológico será utilizado a forma comparativa. Estas metodologias se tornam necessárias para induzir o leitor a fazer uma ligação de ideias diante de dados que serão analisados de forma comparativa. Os resultados são parciais, mas necessários para avançarmos nos estudos sobre a realidade dos arquivos e na produção de novos trabalhos e obras que possam dar visibilidade à pesquisa histórica em fontes primárias, contribuindo no avanço da reflexão e do debate sobre as políticas públicas e os sistemas para os arquivos. As sugestões de ações (legislação, políticas públicas, sistemas, marketing, ações educativas, etc.) almejam contribuir para novos e futuros trabalhos e/ou ações que coloquem em prática a gestão em arquivos em suas três idades: corrente, intermediário e permanente. Esperamos que as informações e sugestões apresentadas neste trabalho possam estimular ações que despertem reflexões sobre os prejuízos que sofremos com a ineficiência da nossa atual burocracia para as políticas públicas arquivísticas.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAOpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Sociais e Humanaspor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Gestão em Arquivos - EaD [240]
    Coleção de trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Gestão em Arquivos - EaD

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.