Show simple item record

dc.creatorLena, Marisangela Spolaôr
dc.date.accessioned2013-02-01
dc.date.available2013-02-01
dc.date.issued2012-03-14
dc.identifier.citationLENA, Marisangela Spolaôr. ESTUDO SOBRE A SAÚDE DE CRIANÇAS USUÁRIAS DE UM SERVIÇO DE SAÚDE MENTAL INFANTIL: A HISTÓRIA DE CHAPEUZINHO AMARELO. 2012. 83 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2012.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/10310
dc.description.abstractLittle Yellow Riding Hood, character in the book of the same name by Chico Buarque, tells the story of the girl who, from their physical and psychological apparatuses, managed to turn the "LO-BO" (wolf in portuguese), of whom she had much fear, in BO-LO (cake in portuguese). In this direction, it is thought that, by knowing the health of children and these 'apparatuses', one can think of better interventions for their welfare. The health of the child, both physical and mental, has been a topic of significant importance in worldwide research, as it is known that a healthy child is more likely to become a healthy adult. This work is linked to a larger project, which aims to apply an intervention in terms of a therapeutic environment in a children s CAPS (Psychosocial Care Center) of Santa Maria-RS (PROCONVIVE, announcement PPSUS/FAPERGS 002/2009 n° of process 0900982). Meanwhile, it was detected the need for an evaluation of data about the children's health, since this may not be always provided to them by the service. This assessment was aimed at knowing the health situation of the children through general health data, evaluation of stress - physical, psychological, psychological with depressive components and psycho-physiological, beyond the data on their emotional functioning. For this, we used a general data questionnaire, the Child Stress Scale (ESI) and the Test of Fables. The evaluation was made in 31 children attending the service, with ages between 4 and 12 years. This study was characterized a descriptive and correlational. The data were analyzed by descriptive and inferential statistics. The calculations were performed using SPSS 13.0. The sample comprised 32.2% of girls (N = 10) and 66.7% of boys (N = 21), with a mean age of 9.39 years. Among the findings, stands out the fact that 80.6% of the children are using at least one medication, being, in its majority, psychiatric medication. Moreover, it is emphasized the fact that 63.2% of the children showed symptoms of stress, and most of them were in alert phase. Of these, 73.7% presented psychological stress with depressive component. Noteworthy is also the fact that 41.6% of the boys exhibit stress, while this data for girls is 85.8%. In regard to emotional functioning, the children showed, in most cases, less primitive defenses and the content of fables used, proved to be adapted. It stands out, in this way, the importance of evaluations of differential diagnosis and assessment of protective factors in considering health promotion and prevention for these children.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPsicologia infantilpor
dc.subjectSaúde da criançapor
dc.subjectCAPSIpor
dc.subjectEstresse infantilpor
dc.subjectFuncionamento emocional.por
dc.subjectChildren psichologyeng
dc.subjectChildren s healtheng
dc.subjectCAPSIeng
dc.subjectChildren s stresseng
dc.subjectEmotional functioning.eng
dc.titleESTUDO SOBRE A SAÚDE DE CRIANÇAS USUÁRIAS DE UM SERVIÇO DE SAÚDE MENTAL INFANTIL: A HISTÓRIA DE CHAPEUZINHO AMARELOpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoChapeuzinho Amarelo, personagem do livro de mesmo nome de Chico Buarque, conta a história da menina que, a partir dos seus aparatos físicos e psíquicos, conseguiu transformar o LO-BO, do qual sentia muito medo, em BO-LO. Neste sentido, pensa-se que, ao se conhecer a saúde das crianças e estes aparatos , pode-se pensar em melhores intervenções para o seu bem-estar. A saúde da criança, tanto física quanto psíquica, tem sido um tema de relevante importância em pesquisas no mundo todo, visto que uma criança saudável tem maiores chances de vir a ser um adulto saudável. O presente trabalho está vinculado a um projeto maior, que visa aplicar uma intervenção em termos de ambiente terapêutico no CAPS Infantil de Santa Maria, RS (PROCONVIVE, edital PPSUS/FAPERGS 002/2009 n° de processo 0900982). Nesse ínterim, foi detectada a necessidade de uma avaliação de dados de saúde das crianças visto que nem sempre isso pode ser proporcionado a elas pelo serviço. Esta avaliação teve como objetivo principal conhecer a situação da saúde das crianças através de dados gerais de saúde, de avaliação de estresse físico, psicológico, psicológico com componente depressivo e psicofisiológico, além de dados sobre o funcionamento emocional destas. Para isso, foi utilizado um questionário de dados gerais, a Escala de Stress Infantil (ESI) e o Teste das Fábulas. Foram avaliadas 31 crianças usuárias do serviço com idades entre 4 e 12 anos. Este estudo caracterizou-se por ser transversal e descritivo. Os dados foram analisados através de estatística descritiva e inferencial. Os cálculos foram realizados através de pacote estatístico SPSS 13.0. A amostra foi composta por 32.2% de meninas (N = 10) e 66.7% de meninos (N = 21) com média de idade de 9.39 anos. Dentre os achados, destaca-se o fato de 80.6% das crianças estarem utilizando pelo menos uma medicação sendo a maioria psiquiátrica. Além disso, sublinha-se o fato de 63.2% das crianças apresentarem sintomas de estresse, sendo que a maioria se encontra na fase de alerta. Destes, 73.7% apresentou estresse psicológico com componente depressivo. Chama atenção também o fato de 41.6% dos meninos apresentarem estresse enquanto que este dado para as meninas é de 85.8%. No que diz respeito ao funcionamento emocional, as crianças apresentaram, em sua maioria, defesas menos primitivas e o conteúdo das fábulas utilizadas mostrou-se adaptado. Destaca-se, desta forma, a importância de avaliações de diagnóstico diferencial e de fatores protetivos pensando em promoção e prevenção de saúde para estas crianças.por
dc.contributor.advisor1Dias, Hericka Zogbi Jorge
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4705770D7por
dc.contributor.referee1Nunes, Maria Lucia Tiellet
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8361105097670212por
dc.contributor.referee2Roso, Adriane
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4701222D6por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3685229155231497por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentPsicologiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Psicologiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.