Show simple item record

dc.contributor.advisorGaviraghi, Fabio Jardel
dc.creatorFlores, Débora Rodrigues dos Santos
dc.date.accessioned2020-02-13T14:22:00Z
dc.date.available2020-02-13T14:22:00Z
dc.date.issued2018-11-22
dc.date.submitted2018
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/19573
dc.descriptionMonografia (graduação) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Curso de Graduação em Serviço Social, RS, 2018.por
dc.description.abstractThis study concludes the course as a theoretical and practical report and aims to analyze the work processes of the social worker in front of women who are users of the National social Assistance Policy (PNAS), with a focus on Gender issue. The methodology is based on bibliographic and documentary review when using data from institutional analysis, internship plan, field journals, intervention project and final report of the curricular internship in Social work. The internship in the context of the Social assistance policy in Santa Maria-RS, a space where the concerns that delimited the choice of the theme emerged, gave visibility to the large number of women who access the equipment, programs and benefits foreseen in the PNAS . Because of this, questions and actions arose with the development of the intervention project, related to the role that women occupy in the configuration of social relations and the work of the social worker in relation to the users of this policy. With the development of the work it was possible to observe that class and gender function as the engine that generates the ideal conditions for the maintenance and reproduction of relations both in the context of private and public life. The same logic also impacts the work of professionals in the field of social policies by allowing them to sometimes consolidate situations of deprivation, exclusion and oppression of women. Therefore, the final conclusion is the importance of the theoretical and practical approximation of social workers with the gender theme in a perspective that understands it in their historical and cultural specificities strengthened by the barriers of Capitalism and patriarchy.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectDesigualdade de gêneropor
dc.subjectQuestão socialpor
dc.subjectPolítica de assistência socialpor
dc.subjectServiço socialpor
dc.subjectGender inequalityeng
dc.subjectSocial issueeng
dc.subjectSocial assistance policyeng
dc.subjectSocial serviceeng
dc.titleDesigualdade de gênero e a questão social: desafios do fazer profissional do(a) assistente social frente às mulheres usuárias da política nacional de assistência socialpor
dc.title.alternativeGender inequality and the social issue: challenges of social worker in front of women users of the national social assistance policyeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Graduaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.graduationServiço Socialpor
dc.description.resumoO presente trabalho de conclusão de curso se constitui como um relatório teórico-prático e tem por objetivo analisar os processos de trabalho do(a) assistente social frente às mulheres usuárias da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), com enfoque à questão de gênero. A metodologia está baseada na revisão bibliográfica e documental ao se utilizar dos dados da análise institucional, plano de estágio, diários de campo, projeto de intervenção e relatório final do estágio curricular em Serviço Social. O estágio realizado no âmbito da Política de Assistência Social em Santa Maria – RS, espaço onde surgiram as inquietações que delimitaram a escolha do tema, deu visibilidade ao grande número de mulheres que acessam os equipamentos, programas e benefícios previstos na PNAS. Devido a isso, surgiram questionamentos e ações com o desenvolvimento do projeto de intervenção, relacionados ao papel que as mulheres ocupam na configuração das relações sociais e à atuação do assistente social frente às usuárias dessa política. Com o desenvolvimento do trabalho foi possível observar que classe e gênero funcionam como o motor que gera as condições ideais para a manutenção e reprodução das relações tanto no âmbito da vida privada quanto pública. Na mesma lógica impactam também a atuação dos profissionais na área das políticas sociais ao permitir que através delas, por vezes, se consolidem as situações de privação, exclusão e opressão das mulheres. Logo, tem-se como conclusão final a importância da aproximação teórica e prática dos assistentes sociais com a temática de gênero numa perspectiva que a compreenda em suas especificidades históricas e culturais fortalecidas pelas barreiras do capitalismo e do patriarcado.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIALpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Sociais e Humanaspor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.