Show simple item record

dc.contributor.advisorScheuer, Cristiano José
dc.creatorFerreira, Gabriel Amaral
dc.date.accessioned2020-06-29T12:01:48Z
dc.date.available2020-06-29T12:01:48Z
dc.date.issued2020-01-16
dc.date.submitted2020-01-16
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/19907
dc.description.abstractThe application of Fe-Cr-Ni based coatings is used to improve the corrosion performance of components made from plain carbon steels. In this context, thermal spraying processes are widely used in industrial environments for coating deposition, due to their low cost and ease of execution. However, the high oxidation, porosity and low adhesion/cohesion of coatings has been a limit to their application under certain conditions. In order to circumvent this limitation, numerous studies have been conducted with the purpose of reducing porosity and increasing adhesion/cohesion of thermally sprayed coatings by subjecting them to remelting treatments. Among the available techniques, the use of electric arc welding has shown good results in practical applications, enabling the improvement of coatings performance. Thus, this work aimed to evaluate the effect of the type and intensity of the remelting current through the TIG process on the microstructure and microhardness of Fe-Cr-Ni alloy coatings deposited by electric arc thermal spray on plain carbon steel substrate. Therefore, the effect of current intensities in the range between 90 and 150 A in continuous and pulsed regimes was evaluated. The samples as deposited and remelted were characterized by optical microscopy, X-ray diffraction and Vickers microhardness measurements. The results show that the type and intensity of remelting current has an effect on the microstructure and microhardness of the remelted coating. The remelted coatings have dendritic microstructure, composed of the Fe- γ , Fe- α , Fe 3 O 4 e Cr 23 C 6 phases. Complete remelting and dilution of the thermal sprayed coating on base metal occurs at current values of 90 A for pulsed regime and 110 A for continuous. The increase of the current intensity in the continuous and pulsed regimes promotes an increase in the remelted coatings dilution, evidenced by the increase of the hardening depth; and an increase in the base metal grains size. It was also observed that for the same current intensity, the pulsed regime promotes a lower dilution when compared to the continuous regime. Finally, it can be concluded that the TIG process can be successfully employed in the remelting of thermally sprayed coatings, promoting the obtainment of a remolded coating free of porosity and internal oxidation.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAspersão Térmica. Refusão a Arco Elétricopor
dc.subjectRevestimento base de Fe-Cr-Nipor
dc.subjectThermal Spray. Electric Arc Remeltingeng
dc.subjectFe-Cr-Ni Based Coatingseng
dc.titleRefusão a arco elétrico de revestimentos aspergidos termicamente: efeito do tipo e intensidade da corrente sobre a microestrutura e microdurezapor
dc.title.alternativeThermally sprayed coatings remelting by electric arc: effect of type and intensity of the current on microstructure and microhardnesseng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Graduaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasil.por
dc.degree.graduationEngenharia Mecânicapor
dc.description.resumoA aplicação de revestimentos a base de Fe-Cr-Ni é usada com o objetivo de melhorar o desempenho à corrosão de componentes fabricados a partir de aço baixo carbono. Neste contexto, os processos de aspersão térmica são amplamente utilizados em meio industrial para deposição de revestimentos, em decorrência do seu baixo custo e facilidade de execução. No entanto, a elevada oxidação, porosidade e baixa aderência/ coesão dos revestimentos tem sido um limite à sua aplicação em determinadas condições. Com o objetivo de contornar essa limitação, inúmeros estudos têm sido realizados com o propósito de reduzir a porosidade e aumentar a adesão/coesão dos revestimentos aspergidos termicamente, submetendo-os aos tratamentos de refusão. Dentre as técnicas disponíveis, o emprego do arco elétrico de soldagem demonstrou bons resultados em aplicações práticas, possibilitando a melhora do desempenho nos revestimentos. Assim, esse trabalho teve como objetivo, avaliar o efeito do tipo e intensidade da corrente de refusão através do processo TIG, sobre a microestrutura e microdureza de revestimentos de liga a base de Fe-Cr-Ni depositados por aspersão térmica a arco elétrico sobre substrato de baixo carbono. Para tanto, foi avaliado o efeito do emprego de intensidades de corrente no intervalo entre 90 e 150 A nos regimes continuo e pulsado. As amostras como aspergida e refundidas foram caracterizadas através de microscopia óptica, difração de raios X e medidas de microdureza Vickers. Os resultados obtidos evidenciam que o tipo e intensidade de corrente de refusão exerce efeito sobre a microestrutura e microdureza do revestimento refundido. Os revestimentos refundidos apresentam microestrutura dendrítica, sendo constituídos pelas fases Fe- γ , Fe- α , Fe 3 O 4 e Cr 23 C 6 . A completa refusão e diluição do revestimento aspergido no metal de base ocorre para valores de corrente de 90 A no regime pulsado, e 110 A no regime contínuo. O aumento da intensidade de corrente nos regimes contínuo e pulsado promove um acréscimo na diluição do revestimento ao metal de base, evidenciado pelo aumento da profundidade de endurecimento; e um aumento do tamanho de grão do metal de base. Também foi observado que para uma mesma intensidade de corrente, o regime pulsado promove uma menor diluição quando comparado ao regime contínuo. Por fim, é possível concluir que o processo TIG pode ser empregado com sucesso na refusão de revestimentos aspergidos termicamente, promovendo a obtenção de um revestimento refundido isento de porosidade e oxidação interna.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA MECANICApor
dc.publisher.unidadeCentro de Tecnologiapor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.