Show simple item record

dc.contributor.advisorGiaccom Ribeiro, Bárbara Maria
dc.contributor.advisorWeiss, Raquel
dc.creatorDomingues, Quétilan Rodrigues
dc.date.accessioned2020-12-20T15:22:04Z
dc.date.available2020-12-20T15:22:04Z
dc.date.issued2020-12-09
dc.date.submitted2020
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/20227
dc.descriptionTrabalho de Conclusão de Curso de Graduaçãopor
dc.description.abstractEnvironmental sustainability has been discussed in different spheres of society. Implementation of sustainable solutions in cities is crucial for a healthy urban environment for its users and for natural resources and environment preservation. The use of individual motor vehicles, in comparison with collective or alternative transportation, and even with “walking”, is a factor that directly interferes with environmental quality and refers to a niche in the economy of significant annual growth, and it has its preference based mainly in the lack of quality of public spaces, which are not inviting to the population. Cachoeira do Sul (state of Rio Grande do Sul, Brazil) has 30 public squares. In its downtown, these squares are historically relevant in urban formation and growth, however, they currently present problems related to maintenance and security, resulting in low utilization by the population. The same happens with neighborhood squares: these spaces often do not have the characteristics of squares, being idle places and without appropriation by the community. The aim of this work is to rethink such spaces, seeking to improve the urban environment using sustainable urban infrastructure strategies, including urban drainage, green corridors, safer roads, etc. The methodology involves the diagnosis of the study areas subsidized by georeferenced mappings and field visits, aiming to understand the deficiencies and potential of the city’s public squares. Based on preestablished parameters, two spatial areas are delimited: one in the city downtown and one in the neighborhood context. The objective is to intervene in such test areas with urban projects that meet the specific demands of the communities and enable adaptation for implementation in other areas of the municipality. As a result, three proposals for urban interventions are presented, with the implementation of sustainable infrastructure, for the qualification of the following public spaces in the municipality of Cachoeira do Sul: Altamir Antônio Ceratti Square (Preussler neighborhood), Honorato de Souza Santos Square (Downtown) and Júlio of Castilhos Street (Downtown).eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectUrbanismopor
dc.subjectPlanejamento urbanopor
dc.subjectProjeto urbanopor
dc.subjectEspaço públicopor
dc.subjectInfraestrutura sustentávelpor
dc.subjectUrbanismeng
dc.subjectUrban planningeng
dc.subjectUrban projecteng
dc.subjectPublic Spaceeng
dc.subjectSustainable infrastructureeng
dc.titlePlanejamento e projeto urbano: qualificação de espaços públicos por meio de infraestrutura sustentável em Cachoeira do Sul - RSpor
dc.title.alternativeUrban planning and design: public spaces qualification through sustainable infrastructure in Cachoeira do Sul (Rio Grande do Sul, Brazil)eng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Graduaçãopor
dc.degree.localCachoeira do Sul, RS, Brasil.por
dc.degree.graduationBacharelado em Arquitetura e Urbanismopor
dc.description.resumoA sustentabilidade ambiental vem sendo discutida em diversas esferas da sociedade. A implantação de soluções sustentáveis nas cidades é determinante para um ambiente urbano saudável para seus usuários e para a preservação de recursos naturais e do meio ambiente. Fator que interfere diretamente na qualidade ambiental e refere-se a um nicho da economia de crescimento anual significativo, o uso de veículos automotores individuais, frente aos coletivos, alternativos e, até mesmo, ao “andar a pé”, tem sua preferência pautada, principalmente, na falta de qualidade dos espaços públicos, pouco convidativos à população. Cachoeira do Sul (RS) possui 30 praças. Na porção central, essas praças são relevantes historicamente na formação e crescimento urbano, entretanto, atualmente são espaços que apresentam problemas quanto à manutenção e segurança, resultando em baixa utilização pela população. O mesmo ocorre com praças de bairro: os espaços, muitas vezes, não possuem características de praças, são locais ociosos e sem apropriação pela comunidade. O intuito é repensar tais espaços, buscando melhorar a ambiência urbana utilizando estratégias de infraestrutura urbana sustentável, incluindo drenagem urbana, corredores verdes, vias mais seguras etc. A metodologia envolve o diagnóstico das áreas de estudo subsidiado por mapeamentos georreferenciados e visitas a campo, almejando-se entender as deficiências e potencialidades das praças da cidade. A partir de parâmetros préestabelecidos, delimita-se dois recortes espaciais: um no centro da cidade e um no contexto de bairro. Objetiva-se intervir em tais áreas-teste com projetos urbanos que atendam às demandas específicas das comunidades e possibilitem adaptação para implantação em outras áreas do município. Como resultado, são apresentadas três propostas de intervenções urbanísticas, com implantação de infraestrutura sustentável, para qualificação dos seguintes espaços públicos no município de Cachoeira do Sul: Praça Altamir Antônio Ceratti (Bairro Preussler), Praça Honorato de Souza Santos (Centro) e Rua Júlio de Castilhos (Centro).por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO::PROJETO DE ARQUITETUTA E URBANISMO::PLANEJAMENTO E PROJETO DO ESPACO URBANOpor
dc.publisher.unidadeUFSM Cachoeira do Sulpor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.