Show simple item record

dc.contributor.otherGomes, Mariana Selister
dc.creatorKlidzio, Danieli
dc.creatorSantos, Mara Cristina dos
dc.creatorSchlender, Dâmaris Clélia
dc.creatorMarques, Júlia Presser
dc.creatorDuarte, Giovana
dc.creatorMartins, Luísa Paim
dc.creatorAraújo, Lucas Back de
dc.creatorMüller, Henrique da Rosa
dc.creatorStack, Daniel S.
dc.creatorSilva, Mayco L. da
dc.creatorIora, Italo Matheus Leporassi
dc.creatorEichner, Ânthony Scapin
dc.creatorGomes, Mariana Selister
dc.date.accessioned2021-10-01T12:07:51Z
dc.date.available2021-10-01T12:07:51Z
dc.date.issued2019
dc.identifier.isbn978-85-5700-368-2por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/22314
dc.languageporpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectSociologia - ensaiopor
dc.subjectSociologia brasileirapor
dc.title(Des)(re) construindo o Brasil: ensaios de sociologia brasileirapor
dc.typeLivropor
dc.description.resumoA SOCIOLOGIA BRASILEIRA NÃO PODE SER IGNORADA! Perspectivas históricas e desafios contemporâneos à produção de conhecimento sociológico no Brasil As Ciências Sociais estão sob ataque no Brasil atual. Em 2015, a Reforma do Ensino Médio retirou a obrigatoriedade do ensino de Sociologia (área que representava as Ciências Sociais nas escolas) (ABECS, 2018). Em 2019, desde o início do novo governo, altos representantes deram inúmeras declarações que tentavam desmoralizar e desvalorizar as Universidades Públicas, em geral (AGOSTINI, 2019); e, Ciências Sociais, em específico (G1, 2019). Em resposta, inúmeras associações científicas, entre elas a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC, 2019) manifestaram seu apoio às Ciências Sociais e Humanas; assim como, milhares de pessoas tomaram as ruas em defesa das Universidades Públicas (GAZETA, 2019). Como cientistas sociais, nós sabemos que este ataque não significa que nosso trabalho não é importante. Ao contrário, entre defensores e acusadores, o fato é que as Ciências Sociais Brasileiras não podem ser ignoradas. Com quase 200 anos de Pensamento Social Brasileiro e cerca de 70 anos de Ciências Sociais no país, temos um grande legado e um importante potencial. Neste contexto de desafios para às Ciências Sociais, esse livro surge para reforçar a importância da área e demonstrar o nosso potencial de reflexão e análise, enquanto cientistas sociais brasileiros/as. Entre as três áreas que compõem as Ciências Sociais – Antropologia, Ciência Política e Sociologia – o enfoque do livro está na Sociologia, mas, entendendo que as fronteiras entre as áreas são fluídas e as três são complementares e igualmente importantes. Os ensaios aqui reunidos foram produzidos por alunos/as do Bacharelado e da Licenciatura em Ciências Sociais da UFSM, durante a disciplina de “Sociologia Brasileira”, por mim ministrada, em 2018.2 – sendo a primeira vez que esta disciplina foi ministrada como obrigatória, seguindo a reformulação do Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado, que buscou dar uma maior visibilidade à Sociologia produzida no Brasil. Nesta apresentação do livro, buscaremos: oferecer um breve panorama histórico da Sociologia Brasileira; discutir alguns desafios contemporâneos à produção da área; e, por fim, apresentar o nosso livro.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.