Show simple item record

dc.contributor.advisorTathiane Larissa, Lenzi
dc.creatorPedrotti, Djessica
dc.date.accessioned2017-01-17T12:30:46Z
dc.date.available2017-01-17T12:30:46Z
dc.date.issued2016-11-25
dc.date.submitted2016
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/2557
dc.descriptionTrabalho de conclusão de curso (graduação) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências da Saúde, Curso de Odontologia, RS, 2016.por
dc.description.abstractThe aim of this clinical retrospective study was to evaluate the survival and risk factors associated with failures of composite resin restorations placed in anterior and posterior primary teeth. A total of 212 restorations in primary teeth from records of 76 high caries risk children (36 girls and 40 boys) attended by undergraduate students in the Pediatric Dentistry Clinic at the Federal University of Santa Maria were included in the study. The restorations’ longevity up to 6-year of follow-up was assessed using the KaplanMeier survival test. Multivariate Cox regression analysis with shared frailty was used to evaluate the clinical and individual variables associated with failures (p<0.05). Mean survival time was 4.3-year (95%CI: 4.0-4.6). The survival of the restorations reached 35.3% up to 6-year of evaluation, with an overall annual failure rate of the 18.8%. Restorations performed in teeth with pulp treatment had a risk of failure 2.16 times more than restorations placed in vital teeth (95%CI: 1.02-4.58, p=0.04). Patients who didn't use fluoridated toothpaste had 6.12 times more risk of failure in their restorations (95%CI: 1.47-25.49, p=0.01). Composite resin restorations placed in high caries risk children presented limited survival after 6-year of follow-up. The fluoridated toothpaste use was a protection factor while pulp treatment was a risk factor for restoration failure.eng
dc.languageengpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAnálise de sobrevidapor
dc.subjectDente decíduopor
dc.subjectFalha de restauração dentáriapor
dc.subjectOdontopediatriapor
dc.subjectSurvival analysiseng
dc.subjectDeciduous tootheng
dc.subjectDental restoration failureeng
dc.subjectPediatric dentistrypor
dc.titleComportamento clínico de restaurações de resina composta em dentes decíduos: estudo retrospectivopor
dc.title.alternativeClinical performance of resin composite restorations in primary teeth: retrospective studyeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Graduaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.graduationOdontologiapor
dc.description.resumoO objetivo deste estudo clínico retrospectivo foi avaliar a sobrevida e os fatores de risco associados com as falhas de restaurações de resina composta realizadas em dentes anteriores e posteriores decíduos. Um total de 212 restaurações em dentes decíduos provenientes dos prontuários de 76 crianças de alto risco de cárie (36 meninas e 40 meninos) atendidas por alunos de graduação na Clínica de Odontopediatria da Universidade Federal de Santa Maria foram incluídas no estudo. A longevidade das restaurações até 6 anos de acompanhamento foi avaliada pelo teste de sobrevida Kaplan-Meier. Análise de regressão multivariada de Cox com fragilidade compartilhada foi usada para avaliar as variáveis clínicas e individuais associadas com as falhas restauradoras (p<0,05). O tempo médio de sobrevida foi de 4,3 anos (95%IC: 4,0-4,6). A sobrevida das restaurações foi de 35,3% até 6 anos de avaliação, com uma taxa de falha anual de 18,8%. Restaurações realizadas em dentes com tratamento endodôntico tiveram 2,16 vezes maior risco de falha do que aquelas feitas em dentes vitais (95% IC: 1,02-4,58; p=0,04). Pacientes que não utilizaram dentifrício fluoretado apresentaram 6,12 vezes maior risco de falha das restaurações (95% IC:1,47-25,49, p=0,01). Restaurações de resina composta realizadas em crianças de alto risco de cárie apresentaram limitada sobrevida após 6 anos de acompanhamento. O uso de dentifrício fluoretado foi um fator de proteção, enquanto que tratamento endodôntico foi um fator de risco para a falha da restauração.por
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências da Saúdepor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • TCC Odontologia [40]
    Coleção de trabalhos de conclusão do Curso de Odontologia

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.