Show simple item record

dc.creatorColombelli, Gilmar Luiz
dc.date.accessioned2017-04-12
dc.date.available2017-04-12
dc.date.issued2007-02-28
dc.identifier.citationCOLOMBELLI, Gilmar Luiz. Analysis of the management process of knowledge in a metalmechanical industry: differences between the tactical and operational levels. 2007. 219 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2007.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/4745
dc.description.abstractThe development, the education and the capacity of learning become indispensable to employability of people, to organizations and to society, considering the present context increasingly dynamic, interdependent and unexpected, marked by only one certainty, a permanent change. The main focus of this dissertation is to analyze how the processes which relate to the management of knowledge happen in a metal-mechanical industry, in the vision of the components of the tactical and operational level of the metal-mechanical sector, situated in the central region of the state of Rio Grande do Sul. The theoretical presuppositions which have given basis to this dissertation have dealt with the relation between the management of knowledge and the organizational environment, regarding as focus the model of Spiral of Knowledge (Nonaka and Takeuchi, 1997) which worries about the ways of conversion of knowledge and the process of learning, fruit of social interactions which establish in the work environment. In order to implement the present research one has adopted a qualitative method, developed in a study of simple case of an exploratory type. The data have been collected through semistructured individual interviews with managers, and workers of operational level of the metal-mechanical industry, object focus of this study, and documental sources. To the systematization and interpretation of data, an analysis of content has been adopted, trying to understand the theme of research from the speech of the participants. The results of the research evidence that the contacts and the interrelationships between people constitute a key factor which allows the process of learning in the individual, organizational and group levels. These premises are put into effect by the company, where it is possible to affirm that the tactical level of the company differs from the operational level in what concerns the processes of dissemination of new knowledge. In the variables externalization, combination, internalization and management of knowledge, it is visible the greater participation of it, having only in the process of socialization of new knowledge a balance between the tactical and operational levels. One also characterizes that the informal processes are more effective in the company than the formal processes of dissemination of new knowledge. The study points out to the necessity of recognizing explicitly that the organization has a fundamental role in the process of creation of its knowledge, facilitating the accomplishment of group activities, in a way that permits the recreation and the storing of individual knowledge because the processes of creation of organizational knowledge happen with the action of supporting the creative individual and to cultivate an adequate environment to its creationeng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectConhecimentopor
dc.subjectGestãopor
dc.subjectConversãopor
dc.subjectNível táticopor
dc.subjectNível operacionalpor
dc.subjectKnowledgeeng
dc.subjectManagementeng
dc.subjectConversioneng
dc.subjectTactical leveleng
dc.subjectOperational leveleng
dc.titleAnálise do processo de gestão do conhecimento em uma indústria metal- mecânica: diferenças entre os níveis tático e operacionalpor
dc.title.alternativeAnalysis of the management process of knowledge in a metalmechanical industry: differences between the tactical and operational levelseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO desenvolvimento, a educação e a capacidade de aprendizagem se tornam imprescindíveis para a empregabilidade das pessoas, para as organizações e para a sociedade, face ao contexto atual cada vez mais dinâmico, interdependente e imprevisível, marcado por uma única certeza, a permanente mudança. O principal foco desta dissertação é analisar como ocorrem os processos que se relacionam com a gestão do conhecimento em uma indústria metal-mecânica, na visão dos integrantes do nível tático e operacional do setor metal-mecânico, situado na região central do Estado do Rio Grande do Sul. Os pressupostos teóricos que deram base à dissertação abordaram a relação entre a gestão do conhecimento e o ambiente organizacional, tendo como foco o modelo da Espiral do Conhecimento (Nonaka e Takeuchi, 1997) que se preocupa com os modos de conversão do conhecimento e o processo de aprendizagem como fruto de interações sociais que se estabelecem no ambiente de trabalho. Para implementar a presente pesquisa adotou-se o método qualitativo, desenvolvido em um estudo de caso do tipo exploratório. Os dados foram coletados por meio de entrevistas individuais semiestruturadas com gerentes, e trabalhadores do nível operacional da indústria metal-mecânica, foco objeto deste estudo, e fontes documentais. Para a sistematização e interpretação dos dados foi adotada a análise de conteúdo, buscando entender a questão de pesquisa a partir das falas dos participantes. Os resultados da pesquisa evidenciam que os contatos e as inter-relações entre as pessoas constituem-se num fator-chave que permite o processo de aprendizagem nos níveis: individual, grupal e organizacional. Estas premissas são levadas a efeito pela empresa, onde pode-se afirmar que o nível tático da empresa se diferencia do nível operacional no que tange aos processos de disseminação de novos conhecimentos. Pois nas variáveis externalização, combinação, internalização e gestão do conhecimento, é visível a maior participação do mesmo, havendo somente no processo de socialização de novos conhecimentos um equilíbrio os níveis tático e operacional. Caracteriza-se também que os processos informais são mais efetivos na empresa do que os processos formais de disseminação de novos conhecimentos. O estudo aponta para a necessidade de se reconhecer explicitamente que a organização tem um papel fundamental no processo de criação do seu conhecimento, facilitando a realização de atividades em grupo, de forma a permitir a recriação e o armazenamento do conhecimento individual. Pois os processos de criação do conhecimento organizacional acontecem com a ação de apoiar o indivíduo criativo e cultivar um ambiente adequado à sua criaçãopor
dc.contributor.advisor1Grohmann, Márcia Zampieri
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4526514Y2por
dc.contributor.referee1Schuch Júnior, Vitor Francisco
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4792403T8por
dc.contributor.referee2Pereira, Breno Augusto Diniz
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4706963E7por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700607Y2por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAdministraçãopor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Administraçãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.