Show simple item record

dc.creatorHauschild, Fabio Evandro Grub
dc.date.accessioned2016-02-23
dc.date.available2016-02-23
dc.date.issued2013-09-13
dc.identifier.citationHAUSCHILD, Fabio Evandro Grub. PRECISION FARMING TECHINIQUES FOR DEFENITION MANAGEMENT ZONES OF SOIL. 2013. 85 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/4806
dc.description.abstractPrecision farming (AP) is a technological tool that assesses the attributes of productivity constraints, it aims to reduce the spatial variability of the area, with the increase of productivity, and offering other benefits such as reduced use of fertilizers and liming, with obvious positive actions to the environment. Besides, knowledge of the properties and characteristics of soil are very important to obtain high productivity, a system where the soil is anisotropic, evidenced in the vertical direction, characterized by differentiation of layers, called horizons. The determination of management zones from physical attributes and data productivity enables the farmer to combine informations and consequently handle the area according to its soil conditions. Thereby, this technology intends to homogenize the spatial variability being in the area aiming of increased production, with efficient use of fertilizers, liming, seed and agrochemicals. The objective of this research was to determine, through maps and compression yield maps, different areas of management in clay soils in the region of Coopatrigo´s scope in the city of São Luiz Gonzaga. The research was conducted at many stages, such as georeferenced soil sampling to obtain data for penetration resistance, using equipment of Penetrolog Falker Company. Productivity data were obtained with a harvester equipped with DGPS guidance system and monitor harvest. An analysis of data and interpretation with creating maps of compaction and productivity, with the use of the CR Campeiro. The determination of the management zones was obtained by interpolation of data from the data penetration resistance of productivity, thus defining homogeneous zones with physical characteristics and productivity coincide. According to the results obtained, the correction of the chemical attributes, both pH, phosphorus, potassium, base saturation, through the process of AP provide positive results, making the homogenization of attributes. It was possible to find that the variability increases with depth, apart of the measured variable. The results of the penetration resistance betoken the existence of a compacted layer formed from seven inches depht. Furthermore, prevailing variability in the area indicates areas of superior compression, accurately in the zones where productivity is inferior. With the overlapping of maps of penetration resistance and yield maps was possible to create high, medium and low management zones, considering the interaction of these factors.Thus,the area management could be performed in a localized manner allowing the farmer to intervene improving the physical characteristics of the soil, orby the use of scarification, orby use of cover crop such as fodderturnip.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectMapas de produtividadepor
dc.subjectResistência a penetraçãopor
dc.subjectCR Campeiropor
dc.subjectYield mapseng
dc.subjectPenetration resistanceeng
dc.subjectCR Campeiroeng
dc.titleTÉCNICAS DE AGRICULTURA DE PRECISÃO PARA DEFINIÇÃO DE ZONAS DE MANEJO DE SOLOpor
dc.title.alternativePRECISION FARMING TECHINIQUES FOR DEFENITION MANAGEMENT ZONES OF SOILeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoA agricultura de precisão (AP) é uma ferramenta tecnológica que avalia os atributos condicionantes da produtividade, com o objetivo de diminuir a variabilidade espacial da área, com conseqüente aumento da produtividade, trazendo também outros benefícios, como diminuição da aplicação de fertilizantes e corretivos, com ganhos evidentes ao meio ambiente. Além disso, o conhecimento das propriedades e características de solo é de extrema importância para o almejo de altas produtividades, sendo o solo um sistema anisotrópico, evidenciado na direção vertical, caracterizado pela diferenciação de camadas, denominadas horizontes. A determinação de zonas de manejo a partir de atributos físicos e dados de produtividade permite ao produtor aliar informações e conseqüentemente manejar a área de acordo com suas condições edáficas. Desta forma, esta tecnologia busca homogeneizar a variabilidade espacial existente na área, na busca do aumento da eficiência da produção, com uso eficiente de fertilizantes, corretivos, sementes e agroquímicos. O objetivo do trabalho foi determinar, através de mapas de compactação e mapas de produtividade, zonas diferenciadas de manejo em solos argilosos na região de abrangência da Coopatrigo, no município de São Luiz Gonzaga. O trabalho foi conduzido em várias etapas, sendo: Amostragem de solo georreferenciada, para a obtenção de dados de resistência a penetração, com o auxílio de um equipamento marca Penetrolog da Empresa Falker. Os dados de produtividade foram obtidos com colhedora equipada com sistema de orientação DGPS e monitor de colheita. Análise dos dados e interpretação, com a criação de mapas de compactação e produtividade, com o auxílio do sistema CR Campeiro. A determinação das zonas de manejo foi obtida através da interpolação dos dados de resistência a penetração aos dados de produtividade, definindo assim zonas homogêneas, com características físicas e de produtividade coincidentes. Com base nos resultados obtidos, a correção dos atributos químicos, tanto pH, fósforo, potássio, saturação por bases, através do processo de AP proporcionam resultados positivos, promovendo a homogeinização dos atributos. Foi possível verificar que a variabilidade aumenta com a profundidade, independentemente da variável avaliada. Os resultados de resistência a penetração indicam a existência de uma camada compactada formada a partir de 7 cm de profundidade. Além disso, a variabilidade existente na área indica zonas de maior compactação, justamente nas áreas onde a produtividade é menor. Com a sobreposição dos mapas de resistência a penetração e os mapas de produtividade foi possível criar zonas de manejo, de alta, média e baixa, levando em consideração a interação desses fatores. Assim, o manejo da área pode ser feito de forma localizada, podendo assim, o agricultor interferir para a melhoria das características físicas do solo, seja pela utilização da escarificação, ou pelo uso de plantas de cobertura, como o nabo forrageiro.por
dc.contributor.advisor1Fiorin, Jackson Ernani
dc.contributor.referee1Santi, Antônio Luis
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4762983J6por
dc.contributor.referee2Osorio Filho, Benjamin Dias
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4771842H5por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0929548239068454por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAgronomiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Agricultura de Precisãopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.