Show simple item record

dc.creatorBoavista, Lidiane da Rosa
dc.date.accessioned2012-12-21
dc.date.available2012-12-21
dc.date.issued2012-03-02
dc.identifier.citationBOAVISTA, Lidiane da Rosa. GRASSLAND COMMUNITIES EVALUATION AT ALTO CAMAQUÃ, RIO GRANDE DO SUL. 2012. 84 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2012.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/4846
dc.description.abstractUnderstanding the dynamics of vegetation could facilitate decision making and adoption of new management practices, seeking a better use of available resources in areas of natural grassland. This study aimed to evaluate the dynamics of a natural grassland vegetation subject to grazing and fertilization, in four different locations in the counties of Pinheiro Machado and Piratini, located in the upper basin region of Rio Camaquã. The treatments were a combination of the above factors. The estimation of species composition and biomass followed BOTANAL field method procedures, with some adjustments. There was a change in vegetation dynamics in the treatments as a response of the interaction of evaluation period, fertilization and grazing, showing a divergence of the trajectories of vegetation and there is no clear distinction of functional types. There was not a clear association between the functional types and environmental variables. The diversity and evenness of species were quantified using the Shannon and equitability indexes. There were no significant differences between different fertilization, but for grazing, there was a significant difference between the evaluation periods. Areas subjected to controlled grazing, show a tendency to increase the diversity of species compared to areas subjected to continuous grazing. The use of controlled grazing had a positive influence on species diversity.eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectDinâmica vegetacionalpor
dc.subjectTipos funcionaispor
dc.subjectÍndice de Shannonpor
dc.subjectEquitabilidadepor
dc.subjectAdubação e pastejopor
dc.subjectVegetation dynamicseng
dc.subjectFunctional typeseng
dc.subjectThe Shannon indexeng
dc.subjectEvennesseng
dc.subjectFertilization and grazingeng
dc.titleESTUDO DE COMUNIDADES VEGETAIS CAMPESTRES NA REGIÃO DO ALTO CAMAQUÃ, RIO GRANDE DO SULpor
dc.title.alternativeGRASSLAND COMMUNITIES EVALUATION AT ALTO CAMAQUÃ, RIO GRANDE DO SULeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoA compreensão da dinâmica vegetacional pode facilitar as tomadas de decisões a adoção de novas práticas de manejo, visando um melhor aproveitamento dos recursos disponíveis em áreas de pastagem natural. Este estudo teve como objetivo avaliar a dinâmica vegetacional de uma pastagem natural submetida aos fatores adubação e pastejo, em quatro locais diferentes, nos municípios de Pinheiro Machado e Piratini, localizados no terço superior da bacia região do Rio Camaquã. Os tratamentos foram constituídos pela associação dos fatores acima. As estimativas da composição de espécies e suas respectivas biomassas seguiram os procedimentos de campo do método BOTANAL, com algumas adaptações. Visando gerar hipóteses sobre os efeitos dos tratamentos, foram utilizadas análises multivariadas para os dados de dinâmica de espécies e tipos funcionais. A diversidade e uniformidade de espécies foram quantificadas através dos índices de Shannon e da equitabilidade. Houve uma mudança na dinâmica vegetacional em função dos efeitos compostos pelos fatores períodos de avaliação, adubação e pastoreio, indicada por uma divergência nas trajetórias da vegetação. Não foi evidenciada uma associação nítida entre os tipos funcionais e as variáveis ambientais. A diversidade e uniformidade de espécies foram quantificadas através dos índices de Shannon e da equitabilidade. Não foram observadas diferenças significativas entre as diferentes adubações, para o pastejo, houve diferença significativa na comparação entre os períodos de avaliação. Áreas submetidas a pastoreio controlado demonstraram uma tendência ao aumento da diversidade de espécies, quando comparadas a áreas submetidas a pastoreio contínuo e sem controle que apresentaram valores menores.por
dc.contributor.advisor1Quadros, Fernando Luiz Ferreira de
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780560Z8por
dc.contributor.referee1Canto-dorow, Thais Scotti do
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4785950H0por
dc.contributor.referee2Ourique, João Luis Pereira
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4777519E8por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1626147530192726por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentCiências Biológicaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Agrobiologiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.