Show simple item record

dc.creatorNunes, Rosangela Silva Gonçalves
dc.date.accessioned2014-06-23
dc.date.available2014-06-23
dc.date.issued2013-07-30
dc.identifier.citationNUNES, Rosangela Silva Gonçalves. ISOLATION AND INOCULATION DIAZOTROPHIC AND PROMOTING GROWTH IN RICE. 2013. 56 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/4865
dc.description.abstractBrazil is one of the largest producers and consumers of rice (Oryza sativa) in the world, and the largest portion of its production comes from floodplain ecosystems, and Rio Grande do Sul (RS), the largest national producer. Rice production is dependent on nitrogen fertilizers, which have high costs and high capacity to pollute the environment. An alternative to reducing the application of nitrogen (N) is inoculated Diazotrophic able to promote biological fixation of nitrogen (BNF) and or, in rice plant growth. The aim of this study was to select and evaluate the efficiency of diazotrophic bacteria isolated from different rice varieties, and the potential contribution of BNF these isolates in the culture in question, under flooding conditions. Three studies were performed. In the first, we performed the isolation of diazotrophic bacteria present in 20 varieties of rice grown in RS. In the second, the isolates were tested for their ability to fix atmospheric nitrogen, produce and release acid-indole-3-acetic acid (IAA) and promote growth ten rice cultivars under conditions gnotobiotics. In the third study, an experiment was conducted in a greenhouse with four isolates that showed improved plant growth and the three cultivars responded more inoculation in vitro test. In tests with inoculation was used strain BR11417 (ZAE94 - Herbaspirillum seropedicae) as a reference. 35 isolates were obtained from roots and shoots of rice cultivars tested, and all showed the ability to fix atmospheric nitrogen and produce and release IAA in vitro. In the experiment under conditions gnotobiotics cultivars IRGA 409, Puita Inta-CL and Pampa cultivars proved more responsive to inoculation and isolates 12, 13, 29 were those who had higher plant growth promotion. In the greenhouse, the IRGA 409 was the one that responded to inoculation and isolated 12, who provided the greatest benefits in relation to plant tillering and dry matter production in rice cultivars studied.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectBioprospecçãopor
dc.subjectEficiênciapor
dc.subjectFixação biológica de nitrogêniopor
dc.subjectCrescimento vegetalpor
dc.subjectBioprospectingeng
dc.subjectEfficiencyeng
dc.subjectNitrogen fixationeng
dc.subjectPlant growtheng
dc.titleISOLAMENTO E INOCULAÇÃO DE BACTÉRIAS DIAZOTRÓFICAS E PROMOTORAS DE CRESCIMENTO EM ARROZ IRRIGADOpor
dc.title.alternativeISOLATION AND INOCULATION DIAZOTROPHIC AND PROMOTING GROWTH IN RICEeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO Brasil é um dos maiores produtores e consumidores de arroz (Oryza sativa) do mundo, e a maior parcela de sua produção é proveniente dos ecossistemas de várzeas, sendo o Rio Grande do Sul (RS) o maior produtor nacional. A produção de arroz é dependente de fertilizantes nitrogenados, os quais apresentam custos elevados e alta capacidade de poluir o meio ambiente. Uma alternativa para a redução na aplicação de nitrogênio (N) é a inoculação de bactérias diazotróficas capazes de promover a fixação biológica de N (FBN) e, ou, o crescimento vegetal em arroz. O objetivo deste trabalho foi selecionar e avaliar a eficiência de bactérias diazotróficas endofíticas isoladas de diferentes variedades de arroz, e o potencial de contribuição da FBN destes isolados na cultura em questão, sob condição de inundação. Foram realizados três estudos. No primeiro, foi realizado o isolamento de bactérias diazotróficas presentes em 20 variedades de arroz irrigado cultivadas no RS. No segundo, os isolados obtidos foram testados quanto à capacidade de fixar nitrogênio atmosférico, produzir e liberar ácido-3-indol-acético (AIA) e promover o crescimento de dez cultivares de arroz irrigado sob condições gnotobióticas. No terceiro estudo, foi realizado um experimento de casa de vegetação com os quatro isolados que proporcionaram melhor crescimento vegetal e as três cultivares que mais responderam a inoculação no teste in vitro. Nos testes com inoculação foi utilizada a estirpe BR11417 (ZAE94 Herbaspirillum seropedicae) como referência. Foram obtidos 35 isolados da raiz e da parte aérea das cultivares de arroz irrigado testadas, e todos apresentaram capacidade de fixar nitrogênio atmosférico e produzir e liberar AIA in vitro. Em experimento sob condições gnotobióticas as cultivares IRGA 409, Puitá Inta-CL e Pampa demonstraram ser as cultivares mais responsivas a inoculação, e os isolados 12, 13, 29 foram aqueles que apresentaram maior promoção de crescimento vegetal. Em casa de vegetação, a cultivar IRGA 409 foi a que mais respondeu a inoculação e o isolado 12, aquele que proporcionou os maiores benefícios em relação ao perfilhamento de plantas e produção de matéria seca nas cultivares de arroz irrigado estudadas.por
dc.contributor.advisor1Giacomini, Sandro José
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4794885J2por
dc.contributor.referee1Milanesi, Paola Mendes
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4711582D5por
dc.contributor.referee2Videira, Sandy Sampaio
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/1627896730005167por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9947855299940071por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentCiências Biológicaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Agrobiologiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.