Show simple item record

dc.creatorGoulart, Carolina Gomes
dc.date.accessioned2015-04-16
dc.date.available2015-04-16
dc.date.issued2014-09-26
dc.identifier.citationGOULART, Carolina Gomes. VEGETATION DYNAMICS AND FLORISTIC DIVERSITY OF GRASSLANDS AT RIO GRANDE DO SUL, BRAZIL. 2014. 87 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/4888
dc.description.abstractThe Pampa biome encompasses heterogeneous ecosystems, because of the great number of kinds of soils and the variations in altitude and also in the climate, and such characteristics are directly reflected in the floristic composition of the different vegetal communities. The knowledge of such diversity and the comprehension of the dynamics in this vegetation along with the practices of conservationist management result in a better use of the natural resources of the native meadow areas. This study aimed to assess those vegetation dynamics in an experimental area of natural meadow managed with different grazing methods, at Embrapa CPPSUL, Bagé, RS and concomitantly assess the floristic diversity of areas of native meadows submitted to fertilization and grazing methods in Unidades Experimentais Participativas in the Alto Camaquã area, RS, Brasil. In the study of the vegetation dynamics in the experimental area at Embrapa CPPSUL, the estimates of the species composition and their respective biomasses have followed the field proceedings of the BOTANAL method, with some adaptations. In order to generate hypotheses about the effects of the treatments (continuous and controlled grazing), multivariate analyzes have been used for the data about the species dynamics and functional types. The diversity and uniformity of species have been quantified through the indices of Shannon and equitability. There weren t evidences of meaningful differences among the factors: grazing, time and interaction grazing x time. There weren t also meaningful differences between rotary and continuous methods of grazing. The most frequent families in the survey in the studied areas of the Alto Camaquã area were, respectively: Poaceae, Asteraceae, Cyperaceae, and Fabaceae. Considering the fertilizing factor, there weren t differences among the different kinds of fertilization. The areas that are kept under continuous grazing show less diversity in comparison with the ones with rotary grazing.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAlto Camaquãpor
dc.subjectComposição florísticapor
dc.subjectÍndices de Shannon e equitabilidadepor
dc.subjectAlto Camaquãeng
dc.subjectFloristic compositioneng
dc.subjectShannon indices and equitabilityeng
dc.titleDINÂMICA VEGETACIONAL E DIVERSIDADE FLORÍSTICA EM ÁREAS DE VEGETAÇÃO CAMPESTRE, RIO GRANDE DO SUL, BRASILpor
dc.title.alternativeVEGETATION DYNAMICS AND FLORISTIC DIVERSITY OF GRASSLANDS AT RIO GRANDE DO SUL, BRAZILeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO Bioma Pampa apresenta ecossistemas heterogêneos, devido ao grande número de tipos de solos e as variações tanto de altitude como de clima, e estas características refletem diretamente na diversidade da composição florística das diferentes comunidades vegetais. O conhecimento dessa diversidade e a compreensão da dinâmica dessa vegetação aliadas a práticas de manejos conservacionistas, resultam em um melhor aproveitamento dos recursos naturais das áreas de campos nativos. O presente estudo objetivou avaliar a dinâmica vegetacional de uma área experimental de pastagem natural manejada com diferentes métodos de pastoreio, na EMBRAPA CPPSUL, Bagé, RS e concomitantemente avaliar a diversidade florística de áreas de campo nativo submetidas a adubação e métodos de pastoreio em Unidades Experimentais Participativas na região do Alto Camaquã, RS, Brasil. No estudo de dinâmica vegetacional da área experimental da EMBRAPA CPPSUL, as estimativas da composição de espécies e suas respectivas biomassas seguiram os procedimentos de campo do método BOTANAL, com algumas adaptações. Visando gerar hipóteses sobre os efeitos dos tratamentos (pastoreio contínuo e controlado), foram utilizadas análises multivariadas para os dados de dinâmica de espécies e tipos funcionais. A diversidade e uniformidade de espécies foram quantificadas através dos índices de Shannon e de equitabilidade. Não foram evidenciadas diferenças significativas entre os fatores: pastejo, tempo e para a interação pastejo x tempo. Entre os métodos de pastoreio rotativo e contínuo também não há diferença significativa. As famílias mais frequentes no levantamento das áreas estudadas da região do Alto Camaquã foram respectivamente: Poaceae, Asteraceae, Cyperaceae e Fabaceae respectivamente. Considerando o fator adubação, não houve diferenças entre os diferentes tipos de adubação. As áreas de campo que são mantidas sob pastoreio contínuo apresentam menor diversidade frente as áreas com pastoreio rotativo.por
dc.contributor.advisor1Quadros, Fernando Luiz Ferreira de
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780560Z8por
dc.contributor.referee1Trindade, José Pedro Pereira
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4768375Y0por
dc.contributor.referee2Cassal, Vivian Brusius
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7615582124876921por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9077504752090111por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentCiências Biológicaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Agrobiologiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.