Show simple item record

dc.creatorRadons, Sidinei Zwick
dc.date.accessioned2017-05-16
dc.date.available2017-05-16
dc.date.issued2010-02-19
dc.identifier.citationRADONS, Sidinei Zwick. Severity of occurrence of septoria leaf spot and yield of irrigated sunflower. 2010. 67 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/5019
dc.description.abstractThis study aimed to evaluate the severity of occurrence of septoria leaf spot in sunflower, its association with meteorological variables and its effect on yield of field irrigated sunflower. The experiments were conducted in Santa Maria - RS during the 2008 spring season and during the 2009 fall growing season, with sowings in September and in February, respectively. Observations of severity of septoria leaf spot were made throughout the crop cycle, and with a disease forecasting system different times for fungicide applications have been identified. Results show that a sequence of rainy days, with favorable temperatures to the pathogen, tend to contribute to the development of septoria leaf spot in sunflower. In contrast, when water needed by plants is restored by irrigation, even temperature is favorable to the pathogen, disease development rate is lower than during and within 10 days of rainy periods. There were observed differences in septória leaf spot severity between treatments with and without fungicide application, but were not related to the yield of sunflower achenes. Fungicide application according to the different treatments did not significantly affect achene yield either. Therefore, significant differences in the variables that represent the progression of the disease do not necessarily imply in significant differences in yield.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectHelianthus annuuspor
dc.subjectSeptoria helianthipor
dc.subjectPrevisão de doençaspor
dc.subjectFungicidapor
dc.subjectHelianthus annuuseng
dc.subjectSeptoria helianthieng
dc.subjectDisease forecastingeng
dc.subjectFungicideeng
dc.titleSeveridade de ocorrência de mancha de septória e produtividade do girassol irrigadopor
dc.title.alternativeSeverity of occurrence of septoria leaf spot and yield of irrigated sunflowereng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoNeste trabalho objetivou-se verificar a severidade de ocorrência de mancha de septória em girassol, sua associação aos elementos meteorológicos e seu efeito na produtividade do girassol cultivado a campo sob irrigação. Os experimentos foram conduzidos em Santa Maria RS durante a safra de 2008 e safrinha de 2009, com semeaduras em setembro e fevereiro, respectivamente. Foram realizadas observações de severidade de mancha de septória durante todo o ciclo da cultura e, com o auxílio de um sistema de previsão de doenças, foram definidos diferentes momentos para as aplicações de fungicida. Os resultados demonstram que sequencias de dias chuvosos, com temperatura favorável ao patógeno, tendem a contribuir para o desenvolvimento da mancha de septória no girassol. Em compensação, quando a água necessária às plantas é reposta por meio de irrigações, mesmo que a temperatura seja favorável ao patógeno, a taxa de desenvolvimento da doença é menor do que durante e até 10 dias após períodos chuvosos. Foram verificadas diferenças de severidade observada de mancha de septória entre tratamentos com e sem aplicação de fungicida, mas essas não apresentaram relação significativa com a produtividade de aquênios do girassol. A aplicação de fungicida, conforme os diferentes tratamentos, também não apresentou associação significativa com a produção de aquênios. Portanto, diferenças significativas nas variáveis que representam a progressão da doença não implicam necessariamente em diferenças significativas de produtividade.por
dc.contributor.advisor1Heldwein, Arno Bernardo
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4788078U3por
dc.contributor.referee1Righi, Evandro Zanini
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761177E5por
dc.contributor.referee2Streck, Luciano
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4794800T6por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4133643T7por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAgronomiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Agronomiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.