Show simple item record

dc.creatorPivetta, Carina Rejane
dc.date.accessioned2017-04-26
dc.date.available2017-04-26
dc.date.issued2007-02-28
dc.identifier.citationPIVETTA, Carina Rejane. Maximum evapotranspiration of tomato and sweet pepper grown in plastic greenhouse based upon piche evaporation and other meteorological and fenometrical variables. 2007. 83 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2007.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/5144
dc.description.abstractProtected cropping is an alternative cropping system to produce vegetables outside the field growing season because of increase in yield, quality, and price. Evapotranspiration is an important parameter for managing irrigation inside plastic houses. In order to improve the efficiency of irrigations, relationships between meteorological variables and plant growth parameters need to be known to develop models for estimating crops water demand. The objective of this study was to estimate maximum evapotranspiration (ETm) of sweet pepper and tomato inside plastic house as a function of evaporation measured with Piche evaporimeter exposed to solar radiation (Epi) with and without other meteorological variables easily measured during the spring growing season in Santa Maria, RS, Brazil. The experiment was carried out inside a 240 m2 plastic house. Daily ETm (measured with drainage lysimeters), Epi, air temperature, vapor pressure deficit (D), leaf area index (LAI), plant height (AP), and leaf number (NF) were measured. Using regression analyses, models were fit to estimate ETm using sweet pepper data collected during spring 2005, and tomato data collected on even days of set collected during spring 2005. In the multiple regression analysis only models with parameters significant at 5 % by t test and coefficient of determination (r2) >0,8 were selected. For sweet pepper, models were evaluated with independent data collected in an experiment conducted from 23/08 to 07/12/2006. For tomato, models were evaluated with independent data collected on add days of the 2005 experiment. Statistics used for model evaluation were regression analyses between observed and estimated data, root mean square error, and accuracy, agreement and confidence indices. Results showed that it is possible to estimate ETm of sweet pepper and tomato crops with acceptable accuracy to perform irrigation inside plastic greenhouse using models that take into account Epi and at least one plant growth parameter, which for sweet pepper LAI was better than NF and AP. Including AP resulted in intermediate model performance compared to LAI and NF for estimating ETm in sweet pepper, whereas including an additional meteorological variable, besides Epi, usually led to a small improvement in model fitting and model performance in this crop. For estimating ETm in tomato, models with the parameter AP should be preferred. Including D measured at 9h in the models with Epi and AP or NF or LAI improved ETm estimates. When one has only a maximum and minimum thermometer, AP or NF, ETm of sweet pepper can also be estimated using daily temperature amplitude and air temperature measured at 9heng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEvapotranspiraçãopor
dc.subjectPichepor
dc.subjectCultivos protegidospor
dc.subjectEvapotranspirationeng
dc.subjectPicheeng
dc.subjectGreenhouse cropseng
dc.titleEvapotranspiração máxima do tomate e do pimentão em estufa plástica em função da evaporação no piche e outras variáveis meteorológicas e fenométricaspor
dc.title.alternativeMaximum evapotranspiration of tomato and sweet pepper grown in plastic greenhouse based upon piche evaporation and other meteorological and fenometrical variableseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO cultivo protegido é uma alternativa para produzir hortaliças fora da época de cultivo a campo, pois permite obter aumento da produtividade, qualidade e preço. A evapotranspiração é um parâmetro imprescindível no manejo da irrigação das plantas cultivadas em estufas plásticas, sendo necessário conhecer suas relações com as variáveis meteorológicas e fenométricas para estabelecer modelos matemáticos que estimem com precisão aceitável a necessidade de água das espécies cultivadas nesse ambiente. O objetivo do trabalho foi estimar a evapotranspiração máxima (ETm) das culturas do pimentão e do tomate em estufa plástica, em função da evaporação medida no evaporímetro de Piche exposto à radiação solar (Epi), com e sem a inclusão de outras variáveis meteorológicas pontuais de fácil mensuração, na época de primavera, em Santa Maria, RS. Em uma estufa plástica de 240 m2, realizaram-se medidas diárias da ETm em lisímetros de drenagem, Epi e temperatura e déficit de saturação do ar (D), além de determinações de índice de área foliar (IAF), altura das plantas (AP) e número de folhas (NF). Através de análise de regressão, ajustaram-se modelos para estimar ETm aos dados medidos no experimento da primavera de 2005 para o pimentão e, para o tomateiro, com os dados dos dias pares da série medida na primavera de 2005, selecionando os que apresentaram parâmetros angulares significativos pelo teste t a 5% de probabilidade de erro e coeficiente de determinação (R2) > 0,80. Para o pimentão efetuou-se o teste dos modelos selecionados com os dados de um segundo experimento, realizado de 23/08 a 07/12/2006. Para o tomateiro os modelos foram testados com os dados dos dias ímpares da série de dados do mesmo experimento de 2005. O teste constou da análise de regressão entre os valores observados dessas respectivas séries e os estimados com os modelos, considerando-se a raiz quadrada do quadrado médio do erro e os índices de precisão, concordância e confiança. Verificou-se que é possível estimar a ETm das culturas do pimentão e do tomate, com precisão aceitável para efetuar irrigação em estufa plástica, através de modelos que incluem valores de Epi e pelo menos uma variável fenométrica, das quais para o pimentão o IAF resulta em maior estabilidade dos modelos do que NF e AP. A utilização da AP resulta em um desempenho intermediário àquele proporcionado pelo IAF e NF na estimativa da ETm do pimentão, enquanto que a inclusão de uma variável meteorológica adicional, além da Epi, em geral proporciona uma pequena melhora no ajuste dos modelos de estimativa da ETm do pimentão aos dados e nas estatísticas do desempenho dos modelos. Para estimar a ETm do tomateiro, deve ser dada preferência aos modelos que incluem a variável fenométrica AP. A inclusão de D medido às 9 h nos modelos que incluem Epi e AP ou NF ou IAF, melhora a estimativa da ETm. Quando se dispõe apenas de um termômetro de máxima e um de mínima, da AP ou do NF, também é possível estimar a ETm do pimentão com a amplitude térmica diária e a temperatura do ar às 9 hpor
dc.contributor.advisor1Heldwein, Arno Bernardo
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4788078U3por
dc.contributor.referee1Streck, Nereu Augusto
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4721150P1por
dc.contributor.referee2Righi, Evandro Zanini
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4761177E5por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4778336A5por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAgronomiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Agronomiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.