Show simple item record

dc.creatorSantini, Renata Favarin
dc.date.accessioned2010-08-18
dc.date.available2010-08-18
dc.date.issued2010-03-31
dc.identifier.citationSANTINI, Renata Favarin. CARLOS VERGARA: DISPLACEMENTS OF THE VISIBLE. 2010. 126 f. Dissertação (Mestrado em Artes) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/5197
dc.description.abstractThe present work is a monographic study about the visual poetic of the artist Carlos Vergara, in which I propose an approach to his process of creation. To do this, I adopt three works at the exhibition Sacred Heart - San Miguel Mission, from December 23, 2008 to March 15, 2009 at the Art Museum of Rio Grande do Sul Ado Malagoli, in Porto Alegre, RS. The aforementioned works are: St. Michael - Sacred Heart (Monotype and paint on raw canvas), SM 4 (3D lenticular) and San Miguel - Floor VI (Monotype on raw canvas). In addition, two issues influenced the development of this research: the physical displacement and the subsequent appropriation of space by the artist in his creative process. Thus, the problem proposed in this research is: How is the displacement of the visible / invisible in the work of Carlos Vergara? That is, as the physical displacement of the artist - the action of visiting certain places - and the possible shifts contained in his poetry, a sign / signs / signals from these places, relating to both in their process of creation. The work is divided into three chapters, with the first chapter deals with the person Vergara, in which the focus is the direction taken by the artist and his influences. The second chapter provides a chronological overview of the artist from the 1960s to its current production, which demarcated their production in the context of contemporary Brazilian art. Finally in the third chapter, in house procedures adopted by the artist in the preparation of the artwork from the works already mentioned, which emphasizes the concept of displacement, incorporating how the artist perceives the issue. The approach to the creative process led to confirmation of existing dislocations, confirming its nature of mobility, but also the possible variables of the visible, these issues often addressed in the production and reflection of contemporary art.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCarlos Vergarapor
dc.subjectProcessopor
dc.subjectDeslocamento do visívelpor
dc.subjectCarlos Vergaraeng
dc.subjectProcess of creationeng
dc.subjectDisplacement of the visibleeng
dc.titleCARLOS VERGARA: DESLOCAMENTOS DO VISÍVELpor
dc.title.alternativeCARLOS VERGARA: DISPLACEMENTS OF THE VISIBLEeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoEste trabalho consiste no estudo da poética visual do artista Carlos Vergara, no qual se propôs uma aproximação ao processo construtivo de três obras apresentadas na Exposição Sagrado Coração Missão de São Miguel, no período de 23 de dezembro de 2008 a 15 de março de 2009, no Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli, em Porto Alegre, RS. As mencionadas obras são: São Miguel - Sagrado Coração, (Monotipia e pintura sobre lona crua), S.M. 4 (3D lenticular) e São Miguel - Piso VI (Monotipia sobre lona crua). Além disso, duas questões permearam o desenvolvimento da pesquisa: o deslocamento físico e a conseqüente apropriação do espaço pelo artista em seu processo criativo. Com isso, a problemática proposta foi a seguinte: De que maneira ocorre o deslocamento do visível/invisível na obra de Carlos Vergara? Ou seja, como o deslocamento físico do artista ação de visitamento a determinados lugares , e os possíveis deslocamentos contidos na sua poética, enquanto vestígio/indícios/sinais desses lugares, incidem simultaneamente em seu processo de criação. O trabalho está dividido em três capítulos, sendo que o primeiro capítulo versa sobre a pessoa Vergara, no qual o enfoque é dado aos rumos tomados pelo artista e suas influências. O segundo capítulo oferece um apanhado cronológico de obras do artista desde a década de 1960 até sua produção atual, onde se demarcou sua produção no contexto da arte brasileira contemporânea. Finalmente no terceiro capítulo, adentro nos procedimentos adotados pelo artista na elaboração da obra de arte, a partir das obras já nomeadas, no qual se destaca o conceito de deslocamento, incorporando o modo como o próprio artista percebe essa questão. A aproximação ao seu processo criativo permitiu a constatação dos deslocamentos existentes, atestando seu caráter de mobilidade, como também das possíveis variáveis do visível, questões essas abordadas na produção e reflexão da arte contemporânea.por
dc.contributor.advisor1Moreira, Altamir
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4769329U1por
dc.contributor.referee1Oliveira, Valeska Maria Fortes de
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728785U2por
dc.contributor.referee2Brites, Blanca Luz
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4783359E0por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4253861E7por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentArtespor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Artes Visuaispor
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTESpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.