Show simple item record

dc.creatorBitencourt, Paula Eliete Rodrigues
dc.date.accessioned2014-10-02
dc.date.available2014-10-02
dc.date.issued2014-01-29
dc.identifier.citationBITENCOURT, Paula Eliete Rodrigues. COMPARISON OF THE EFFECTS OF SELENIUM COMPOUNDS ON THE BIOCHEMICAL AND CELL VIABILITY PARAMETERS IN CORTEX SLICES OF YOUNG RATS. 2014. 69 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/5951
dc.description.abstractSelenium (Se) is an oligoelement crucial for various biological processes. Se has anti-inflammatory and antioxidant properties and plays a key role in brain development. Adenosine deaminase (ADA, EC 3.5.4.4) is a key enzyme in purine metabolism because it helps in the regulation of intracellular and extracellular levels of adenosine, an important nucleoside that acts in the neuromodulation of the immune and nervous systems. Oxidative stress occurs when there is an imbalance between the production of reactive species and their detoxification by systems that remove or repair the resulting damage. In this context, several Se compounds have been developed and studied, among them the 3-methyl-1-phenyl-2-(phenylseleno)oct-2-en-1-one (C12H2HOSe), which is an α, β-unsaturated ketone functionalized vinyl chalcogenide, and sodium selenate (Na2SeO4), the main inorganic form of Se found in animals and plants. The aim of this study was to compare the effects of C12H2HOSe (organic Se) and Na2SeO4 (inorganic Se) on the cell viability, lipoperoxidation and ADA activity in cortex slices of young rats. The results showed that only organic Se caused a reduction in ADA activity at the concentrations of 1, 10 and 30μM in the cerebral cortex slices of the rats tested. However, this result is not related to the oxidation of the thiol groups, since this compound did not alter the NP-SH and LDH levels. Both compounds did not affect the lipoperoxidation levels, although the organic Se was capable of sequestering NO radicals at the highest concentration tested. The inorganic Se protected the cerebral cortex slices against the sodium nitroprusside-induced damage and increased the NP-SH levels. The tests used to evaluate cell viability (LDH and MTT) suggest the maintenance of the cell integrity of the cortex slices exposed to Se compounds. Therefore, our results suggest that organic Se has immunomodulatory properties, due to the reduction in ADA activity, and acted in the maintenance of the cell integrity. In turn, the antioxidant activity of inorganic Se was reaffirmed. Hence, the results of this study paved the way to explore both Se compounds in the CNS.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subject3-metil-1-fenil-2-(fenilseleno) oct-2-en-1-umpor
dc.subjectSelenato de sódiopor
dc.subjectNP-SHpor
dc.subjectADApor
dc.subjectCitotoxicidadepor
dc.subjectLipoperoxidaçãopor
dc.subject3-methyl-1-phenyl-2-(phenylselenium)oct-2-en-1-umeng
dc.subjectSodium selenateeng
dc.subjectNP-SHeng
dc.subjectADAeng
dc.subjectCytotoxicityeng
dc.subjectLipoperoxidationeng
dc.titleCOMPARAÇÃO DOS EFEITOS DE COMPOSTOS DE SELÊNIO SOBRE PARÂMETROS BIOQUÍMICOS E DE VIABILIDADE CELULAR EM FATIAS DE CÓRTEX DE RATOS JOVENSpor
dc.title.alternativeCOMPARISON OF THE EFFECTS OF SELENIUM COMPOUNDS ON THE BIOCHEMICAL AND CELL VIABILITY PARAMETERS IN CORTEX SLICES OF YOUNG RATSeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO selênio (Se) é um oligoelemento essencial em vários processos biológicos. Possui propriedades antiinflamatórias, antioxidantes e desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do cérebro. A adenosina deaminase (ADA, E.C. 3.5.4.4) é uma enzima chave no metabolismo das purinas, pois auxilia na regulação dos níveis intra e extracelulares de adenosina, um importante nucleosídeo que atua na neuromodulação dos sistemas nervoso e imune. O estresse oxidativo ocorre quando há desequilíbrio entre a produção de espécies reativas e sua desintoxicação através de sistemas que removem ou reparem os danos por elas causados. Nesse contexto, vários compostos de Se vêm sendo desenvolvidos e estudados, entre eles podemos citar o 3-metil-1-fenil-2-(fenilseleno)oct-2-en-1-um(C12H2HOSe),um organocalcogênio com uma cetona α, β- insaturada funcionando como um vinil calcogênio e o selenato de sódio (Na2SeO4), principal Se inorgânico encontrado em animais e plantas. Este estudo teve como objetivo comparar os efeitos do C12H2HOSe (Se orgânico) e Na2SeO4 (Se inorgânico) na viabilidade celular, parâmetros relacionados ao estresse oxidativo e atividade da ADA em fatias de córtex de ratos jovens. Os resultados demonstraram que apenas o Se orgânico provocou a diminuição na atividade da ADA nas concentrações de 1, 10 e 30μM nas fatias de córtex cerebral dos ratos testados. No entanto, esse resultado não tem relação com a oxidação de seus grupamentos tióis, já que esse composto não alterou os níveis de NP-SH e de LDH. Apesar de ambos os compostos não alteraram os níveis de lipoperoxidação, o Se orgânico apresentou capacidade de sequestrar radicais NO na maior concentração testada. Já o composto inorgânico de Se protegeu as fatias de córtex cerebral contra o dano induzido pelo nitroprussiato de sódio e aumentou os níveis de NP-SH. Os testes de viabilidade celular (LDH e MTT) sugerem a manutenção da integridade celular em fatias de córtex de ratos jovens quando expostos aos compostos de Se. Assim, nossos resultados sugerem que o Se orgânico apresenta propriedades imunomoduladoras por reduzir a atividade da ADA, além de atuar na manutenção da integridade celular. Já o Se inorgânico teve sua atividade antioxidante confirmada. Portanto, os resultados obtidos neste estudo destacam um caminho promissor a ser explorado por ambos os compostos no SNC.por
dc.contributor.advisor1Moretto, Maria Beatriz
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4751954D5por
dc.contributor.referee1Rocha, Juliana Trevisan da
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4550898Z9por
dc.contributor.referee2Augusti, Paula Rossini
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4778049T7por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8565433192385651por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentFarmacologiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticaspor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.