Show simple item record

dc.creatorBergoli, César Dalmolin
dc.date.accessioned2010-04-13
dc.date.available2010-04-13
dc.date.issued2010-02-23
dc.identifier.citationBERGOLI, César Dalmolin. Efeito da ciclagem mecânica e de diferentes estratégias de cimentação na resistência de união entre pino de fibra e dentina intrarradicular. 2010. 52 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/6059
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCiclagem mecânicapor
dc.subjectPush-outpor
dc.subjectPinos de fibrapor
dc.titleEfeito da ciclagem mecânica e de diferentes estratégias de cimentação na resistência de união entre pino de fibra e dentina intrarradicularpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoEstudos clínicos têm mostrado que a decimentação do conjunto pino/restauração é o principal tipo de falha de dentes restaurados com pinos reforçados por fibra. A realização de testes laboratoriais que simulem condições clínicas é importante para verificar o comportamento de diferentes estratégias de cimentação a longo prazo. Dessa forma este estudo se propôs avaliar o efeito da ciclagem mecânica e de diferentes estratégias de cimentação na resistência de união entre pino de fibra e dentina intrarradicular. Oitenta dentes bovinos foram seccionados em 16 mm e preparados em 12 mm de comprimento com as brocas #3 do sistema de pinos White Post DC. Os espécimes foram alocados randomizadamente em oito grupos experimentais (n=10) de acordo com os fatores estratégias de cimentação e ciclagem mecânica: Gr 1- Scotch Bond Mutli-Uso Plus (SBMP) + RelyX ARC; Gr 2- SBMP + RelyX ARC+ Ciclagem mecânica; Gr 3-AdheSE + Multilink Automix; Gr 4- AdheSE + Multilink Automix + ciclagem mecânica; Gr 5- ácido fosfórico + RelyX U 100; Gr 6- ácido fosfórico + RelyX U 100 + ciclagem mecânica; Gr 7- RelyX U 100; Gr 8- RelyX U 100 + ciclagem mecânica. Os espécimes ciclados foram submetidos ao seguinte protocolo de ciclagem (2.000.000 de ciclos, 4 Hz, 45º, 88 N, ±37º C). Os espécimes não ciclados ficaram armazenados em ambiente úmido a ±37º C pelo mesmo período de tempo da ciclagem mecânica. Cada espécime foi seccionado perpendicularmente, produzindo 4 corpos de prova com espessura de 2 mm, os quais foram submetidos ao teste de push-out na máquina de ensaio universal. Todos os corpos de prova foram submetidos a análise de fratura após o teste. Os valores obtidos foram submetidos ao teste ANOVA-2 fatores e teste de Tukey (p<0.05). Os resultados mostraram que o fator ciclagem não influenciou os resultados (p=0.2634), mas o fator estratégia de cimentação afetou de os valores de resistência de união (p=0.000). O teste de Tukey mostrou que os grupos Gr 1, Gr 2, Gr 7 e Gr 8 apresentaram as maiores resistências adesivas. A maioria das falhas foi do tipo adesiva entre cimento e dentina. Conclui-se que: (1) a cimentação simplificada com o cimento resinoso auto-adesivo e a técnica com sistema adesivo de condicionamento ácido total de três passos mais cimento resinoso dual parecem ser as melhores opções para a cimentação de pinos reforçados por fibra; (2) o condicionamento ácido do conduto previamente a aplicação do cimento resinoso auto-adesivo não gera benefícios para a resistência de união do sistema; (3) 2.000.000 de ciclos não foram capazes de alteras os valores de resistência de união das estratégias testadas.por
dc.contributor.advisor1Valandro, Luiz Felipe
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0535309012233484por
dc.contributor.referee1Braga, Roberto Ruggiero
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6351555926054123por
dc.contributor.referee2Burmann, Paulo Afonso
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/6384269752531656por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4313918234580023por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentOdontologiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Odontológicaspor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.