Show simple item record

dc.creatorRosa, Ricardo Abreu da
dc.date.accessioned2010-05-27
dc.date.available2010-05-27
dc.date.issued2010-03-11
dc.identifier.citationROSA, Ricardo Abreu da. FRACTURE STRENGTH OF WEAKENED TEETH RESTORED WITH OR WITHOUT ACCESSORY POSTS.. 2010. 127 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/6063
dc.description.abstractAt this work, fracture strength of bovine teeth with different weakened root levels and rebuilded with glass fiber posts used in a unique way or associated with accessory glass fiber posts was evaluated. Fifty bovine mandibular incisors with similar mesio-distal and bucco-lingual dimensions were used at the study. They were sectioned at 14 mm from the apex and the pulp was removed. Teeth were fixed in acrylic resin blocks, then they were allocated into 5 groups: G1) teeth with normal root canal enlargement and glass fiber post Exacto # 3 (2 mm cervical diameter and 1.1 mm apical diameter (control group); G2) medium root canal enlargement and glass fiber post Exacto # 3; G3) medium root canal enlargement and glass fiber post Exacto # 3 associated with two accessory glass fiber post; G4) wide root canal enlargement and glass fiber post Exacto # 3; G5) wide root canal enlargement and glass fiber post Exacto # 3 associated with five accessory glass fiber posts. Specimens from group 1 were prepared with burns # 3 from Exacto Kit (apical diameter: 1.1 mm and 10 mm diameter: 2 mm) at 10 mm of depth. Specimens from group 2 and 3 were prepared with the same bur and depth than group 1, however the cervical 5 mm were prepared with diamonds burs 3018 HL (diameter 2.9 mm). Specimens from group 4 and 5 were prepared with the same burs of groups 3 and 4, nevertheless remained just 1 mm of dentinal thickness at cervical 5 mm and measured with digital caliper. The post luting process was made with Scotch Bond Multipurpose and RelyX ARC. Resin composite cores with Filtek Z-350 and metallic crowns were made. The specimens were stored at distillated water during 72 hours at 370C until use at fracture strength test. A universal testing machine (Emic) was used and the specimens were loaded at 1350 with the teeth long axis at crosshead speed 0.5 mm/min. The results did not indicated difference statistically significant among the groups (ANOVA 1-factor, α = 0.05). All the groups showed predominant failure patterns favorable to remaining teeth.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPino de fibrapor
dc.subjectPinos intra-radicularespor
dc.subjectResistência à fraturapor
dc.subjectFiber posteng
dc.subjectIntra-radicular postseng
dc.subjectFracture strengtheng
dc.titleRESISTÊNCIA À FRATURA DE DENTES COM DIFERENTES GRAUS DE FRAGILIZAÇÃO RADICULAR RECONSTRUÍDOS COM OU SEM PINOS ACESSÓRIOSpor
dc.title.alternativeFRACTURE STRENGTH OF WEAKENED TEETH RESTORED WITH OR WITHOUT ACCESSORY POSTS.eng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoNo presente trabalho foi avaliada a resistência à fratura de dentes bovinos com diferentes graus de alargamento do conduto radicular e reconstruídos com pinos de fibra de vidro utilizados isoladamente ou associados a pinos acessórios de fibra de vidro. Foram selecionados 50 incisivos inferiores bovinos, de dimensões mésio-distal e vestíbulo-lingual similares, seccionados transversalmente a 14 mm do ápice radicular. O tecido pulpar foi removido e os dentes foram fixados em blocos de resina acrílica, sendo a seguir distribuídos aleatoriamente em 5 grupos: G1) conduto com alargamento normal e cimentação de pino de fibra de vidro Exacto n0 3, que possui 2 mm diâmetro na porção cervical e 1,1 mm de diâmetro apical (grupo controle); G2) conduto medianamente alargado e cimentação do mesmo pino de fibra de vidro usado no grupo 1 (alargamento médio); G3) conduto medianamente alargado e cimentação de pino de fibra de vidro Exacto n0 3 associado a dois pinos de fibras de vidro acessórios Reforpin ; G4) conduto amplamente alargado e cimentação de pino de fibra de vidro Exacto n0 3 (alargamento amplo); G5) conduto amplamente alargado e cimentação de pino de fibra de vidro principal Exacto n0 3 associado a 5 pinos acessórios Reforpin (alargamento amplo). Os espécimes do grupo 1 tiveram seus condutos preparados em 10 mm de profundidade utilizando broca n0 3 do sistema Exacto (diâmetro extremidade apical: 1,1 mm; diâmetro em 10 mm: 2 mm). Os espécimes do grupo 2 e 3 foram preparados com a mesma broca do sistema de pinos em profundidade de preparo idêntica ao grupo 1, associado ao preparo dos 5 mm cervicais com pontas diamantadas 3018 HL (no diâmetro da broca 2,9 mm). Nos espécimes dos grupos 4 e 5 foram utilizadas as mesmas pontas diamantadas dos grupos 2 e 3, entretanto o desgaste dos 5 mm cervicais foi realizado de modo que permanecesse espessura dentinária radicular de apenas 1 mm, verificada através de paquímetro digital. A cimentação dos pinos foi realizada com o sistema adesivo Scotch Bond Multiuso Plus e cimento resinoso RelyX ARC. As porções coronárias dos núcleos foram reconstruídas com resina composta Filtek Z-350 e coroas totais metálicas foram cimentadas com cimento de ionômero de vidro modificado por resina RelyX Luting sobre os núcleos de preenchimento. Os espécimes foram armazenados em água destilada durante 72 horas a 370C até serem submetidos ao teste de compressão mecânica. Para tal, foi utilizada máquina de ensaios universal Emic e aplicação da carga em angulação de 1350 em relação ao longo eixo do dente, à velocidade de 0,5 mm/min. Os resultados não indicaram diferença estatística significativa entre os grupos testados (ANOVA 1-fator, α = 0,05). Todos os grupos apresentaram predomínio de falhas favoráveis para o remanescente dentário.por
dc.contributor.advisor1Kaizer, Osvaldo Bazzan
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4770004E0por
dc.contributor.referee1Burmann, Paulo Afonso
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4794806Z6por
dc.contributor.referee2Maccari, Paulo Cesar Armani
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4730267J4por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4138865E7por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentOdontologiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Odontológicaspor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.