Show simple item record

dc.creatorFerreira, Fabiana Vargas
dc.date.accessioned2010-12-01
dc.date.available2010-12-01
dc.date.issued2009-11-11
dc.identifier.citationFERREIRA, Fabiana Vargas. IMPACT OF DENTAL EROSION ON CHILD ORAL HEALTH-RELATED QUALITY OF LIFE. 2009. 88 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/6067
dc.description.abstractBackground: Prevalence data about dental erosion has attracted increasing attention in dental community. However, none study has addressed the impact of this condition on child oral health-related quality of life (COHRQoL). Aim: We assessed whether dental erosion impacted COHRQoL. Material and Methods: A Crosssectional study of a multistage random sample of 944, 11-to 14-years-old Brazilians schoolchildren was examined for recording the prevalence and severity of dental erosion (O Sullivan), dental caries and dental trauma by two examiners. Children completed the Brazilian version of Child Perceptions Questionnaire (CPQ11-14) and data about socioeconomic variables of the target population were collected by means of a structured questionnaire. Poisson regression model using robust variance were performed to assess the association between the predictor variables and the outcomes. Results: Prevalence of dental erosion (7.2%) and severity of dental erosion were low. Poisson regression models showed a distinct gradient in mean CPQ 11-14 scores by socioeconomic indicators and clinical conditions. Children with dental erosion, with low levels of severity, did not reported higher means in the total scores or domains of CPQ11-14. Conclusion: Presence of dental erosion, in low levels of severity, does not have a significant negative impact on the child s perception of oral health and on their daily performance.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectErosão dentáriapor
dc.subjectSaúde bucalpor
dc.subjectQualidade de vidapor
dc.subjectEpidemiologyeng
dc.subjectQuality of lifeeng
dc.subjectDental erosioneng
dc.subjectChildreneng
dc.subjectOral healtheng
dc.titleImpacto de erosão dentária na qualidade de vida relacionada à saúde bucal de escolarespor
dc.title.alternativeImpact of dental erosion on child oral health-related quality of lifeeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoJustificativa: A erosão dentária tem atraído a atenção da comunidade científica sendo crescente o número de publicações a respeito de sua prevalência e fatores associados. No entanto, não há estudos que avaliam o impacto dessa condição na qualidade de vida de crianças relacionada à saúde bucal. Objetivo: O objetivo desta dissertação é apresentar um artigo a respeito do impacto da erosão dentária na qualidade de vida relacionada de crianças brasileiras. Material e Métodos: Foi realizado um estudo transversal com amostra representativa de 944 escolares entre 11 e 14 anos de idade selecionada aleatoriamente através de um processo de conglomerado em duplo estágio em escolas públicas da cidade de Santa Maria-RS, Brasil. Dados a respeito da prevalência e severidade de erosão dentária (O Sullivan), cárie e trauma dental foram avaliados por dois examinadores calibrados. As crianças completaram a versão brasileira do Child Perceptions Questionnaire CPQ11-14 e dados socioeconômicos foram coletados mediante emprego de um questionário semi-estruturado. Os dados foram analisados utilizando o Modelo de Regressão de Poisson para avaliar as variáveis preditoras e o desfecho. Resultados: A prevalência de erosão foi de 7,2% e os níveis de severidade foram baixos. Houve um gradiente distinto nas médias dos escores do CPQ11-14 de acordo com variáveis socioeconômicas e clínicas. Crianças com erosão não reportaram maiores impactos nos escores totais e subdomínios do CPQ11-14. Conclusão: A presença de erosão dentária, em níveis de baixa severidade, não impactou significativamente a percepção da saúde bucal da criança e as atividades diárias dos escolares afetados.por
dc.contributor.advisor1Ardenghi, Thiago Machado
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4779009Z1por
dc.contributor.referee1Paiva, Saul Martins de
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4707370U1por
dc.contributor.referee2Oliveira, Marta Dutra Machado
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4771061P2por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4509187A3por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentOdontologiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciências Odontológicaspor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.