Show simple item record

dc.creatorViero, Viviani
dc.date.accessioned2014-10-13
dc.date.available2014-10-13
dc.date.issued2014-03-26
dc.identifier.citationVIERO, Viviani. PLEASURE AND SUFFERING OF NURSING WORKERS IN PEDIATRIC ONCOLOGY. 2014. 187 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/7397
dc.description.abstractThe nursing work is highlighted through requirements and singularities, especially in pediatric oncology area. In this way, this study aimed to comprehend the livings of pleasure and suffering of nursing workers who act in this specialty; to know the dynamic of work in which they are inserted and identify the defensive strategies used in front of the suffering at work. It is an exploratory, descriptive study, with qualitative approach, performed with 20 workers of nursing who act in pediatric oncology from a teaching hospital in the countryside of Rio Grande do Sul, in the period of February to May of 2013. It was used the simple observation, a questionnaire to socio-demographic data collection and the Focal Group, which totalized four sessions. To the analysis of data from the questionnaire it was used the descriptive statistic, being performed the participants characterization. The data from Focal Group was analyzed through analysis of content, aiming the construction of thematic representative categories of the analyzed phenomenon, and doing itself approaches with the theoretical framework of Psychodynamics of Work. The observation totalized 60 hours and helped in the description of work dynamics and to reflections about the investigation object. The study attended to the Resolution 196/96 from Conselho Nacional de Saúde, with Certificado de Apresentação para Apreciação Ética, under the number 11366112.5.0000.5346. The participants of research were at the most women, with kids, nurses, between 26 to 56 years old, with a time of service in nursing relatively large, at the most post-graduated, with a day job and no other employments. About the thematic axis, it is resulted three: Between the real work and the prescribed work, which approached the work dynamic of nursing in pediatric oncology, the singularities of work with children and the nursing staff; Pleasure and suffering of nursing workers in pediatric oncology, in which the suffering appeared associated to the assistance to the child; to the living together, with family of this and the questions about work organization; while the pleasure was bound to the child care; recognition of work; interpersonal relationship with colleagues of work and staff and being everything okay at workplace; and, by the end, the thematic axis Defensive strategies used in front of the suffering at the nursing work in pediatric oncology, which approaches the strategies focus on the suffering in the beginning of the assistance; in front of relapses, death and palliative management and other general strategies. These results can serve to the preposition of interventional actions in order to prevent possible risks and health hazards to workers, from building a body of knowledge to assist in raising awareness about the issue in academic and institutional framework.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEnfermagempor
dc.subjectSaúde do trabalhadorpor
dc.subjectServiço hospitalar de oncologiapor
dc.subjectPediatriapor
dc.subjectNursingeng
dc.subjectOccupational healtheng
dc.subjectOncology serviceeng
dc.subjectHospitaleng
dc.subjectPediatricseng
dc.titlePRAZER E SOFRIMENTO DOS TRABALHADORES DE ENFERMAGEM EM ONCOLOGIA PEDIÁTRICApor
dc.title.alternativePLEASURE AND SUFFERING OF NURSING WORKERS IN PEDIATRIC ONCOLOGYeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO trabalho da enfermagem é marcado por exigências e singularidades, especialmente na área da oncologia pediátrica. Assim, este estudo objetivou compreender as vivências de prazer e sofrimento dos trabalhadores de enfermagem atuantes nessa especialidade; conhecer a dinâmica de trabalho na qual estão inseridos e identificar as estratégias defensivas utilizadas frente ao sofrimento no trabalho. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, com abordagem qualitativa, realizado com 20 trabalhadores de enfermagem atuantes em oncologia pediátrica de um hospital universitário do interior do estado do Rio Grande do Sul, no período de fevereiro a maio de 2013. Foi empregada a observação simples, um questionário para levantamento de dados sociodemográficos e o Grupo Focal, o qual totalizou quatro sessões. Para análise dos dados do questionário utilizou-se a estatística descritiva, sendo realizada a caracterização dos participantes. Os dados do Grupo Focal foram compreendidos por meio da análise de conteúdo, buscando-se a construção de categorias temáticas representativas do fenômeno analisado e fazendo-se aproximações com o referencial teórico da Psicodinâmica do Trabalho. As observações totalizaram 60 horas e auxiliaram na descrição da dinâmica de trabalho e para reflexões acerca do objeto de investigação. O estudo atendeu à Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde, com Certificado de Apresentação para Apreciação Ética sob o número 11366112.5.0000.5346. Os participantes da pesquisa foram em sua maioria mulheres, com filhos, enfermeiras, na faixa etária de 26 a 56 anos, apresentando um tempo de serviço na enfermagem relativamente grande, a maioria pós-graduada, com turno de trabalho diurno e sem outros vínculos empregatícios. Quanto aos eixos temáticos resultaram três: Entre o trabalho real e o trabalho prescrito, o qual abordou a dinâmica de trabalho da enfermagem em oncologia pediátrica, as singularidades do trabalho com a criança e da equipe de enfermagem; Prazer e sofrimento dos trabalhadores de enfermagem em oncologia pediátrica, no qual o sofrimento apareceu associado à assistência a criança; ao convívio com os familiares desta e às questões da organização do trabalho; ao passo que o prazer foi vinculado ao cuidado da criança; reconhecimento do trabalho; relacionamento interpessoal com os colegas de trabalho e equipe e estar tudo bem no ambiente laboral; e, por fim, o eixo temático Estratégias defensivas empregadas frente ao sofrimento no trabalho da enfermagem em oncologia pediátrica, o qual aborda o emprego de estratégias direcionadas ao sofrimento no início da assistência; frente às recidivas, manejo paliativo e morte e outras estratégias gerais. Esses resultados podem servir para a proposição de ações interventivas no intuito de prevenir possíveis riscos e agravos à saúde dos trabalhadores, a partir da construção de um corpo de conhecimentos que auxilie na sensibilização quanto à temática em âmbito acadêmico e institucional.por
dc.contributor.advisor1Beck, Carmem Lúcia Colomé
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700118Y2por
dc.contributor.advisor-co1Weiller, Teresinha Heck
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4785221T0por
dc.contributor.referee1Pai, Daiane Dal
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5647966821704117por
dc.contributor.referee2Lima, Suzinara Beatriz Soares de
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4734730A0por
dc.contributor.referee3Paula, Cristiane Cardoso de
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4733546E8por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9398451088137563por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentEnfermagempor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Enfermagempor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEMpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.