Show simple item record

dc.creatorFernandes, Marcelo Nunes da Silva
dc.date.accessioned2014-10-29
dc.date.available2014-10-29
dc.date.issued2013-12-20
dc.identifier.citationFERNANDES, Marcelo Nunes da Silva. PLEASURE AND SUFFERING IN THE PROCESS OF FORMATION OF RESIDENTS MULTIDISCIPLINARY HEALTH. 2013. 118 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/7399
dc.description.abstractThis study aims to identify the perceptions of residents multidisciplinary health on situations of pleasure and suffering in the process of formation and characterize them sóciodemograficamente. For the basis of this study we adopted the theoretical framework of psychodynamics of work in perspective Dejours. Nine subjects participated in the study who worked in the Integrated Multidisciplinary Residency Programs in Public Health System, Federal University of Santa Maria. Self-administered sociodemographic data and focus group, which totaled three sessions and occurred in April 2013, taking into account the objectives of the study structured questionnaire: two instruments for data collection were used. For the treatment of sociodemographic data Simple descriptive statistics were used and qualitative data collected through the focus groups, content analysis proposed by Bardin was performed. In the focus group sessions categories which covered situations of pleasure and suffering in the process of training of residents, especially the structure and organization of the residence and its interface with the multidisciplinary approach emerged. This study met the Resolution Nº. 196/96 of the National Health Council Regarding sociodemographic results most are female, aged between 22 and 45, higher education, length of service less than a year and approved in the first selection process. Most residents had as a reason for admission to one of Residency Programs the opportunity to acquire knowledge related to health. As regards the situations of pleasure in the training of residents multidisciplinary health-related structure and organization of such Residence proceedings relate to the possibilities of learning with different areas of expertise, sharing knowledge and recognition and professional gratification user. Suffering is evidenced by work overload, the difficulty of understanding the methodology, teaching classes and linkage for the transmission of content, the extensive workload, lack of understanding of the meaning of theoretical concepts and their absence in the working practices of teams health. Regarding the situations of pleasure with the multidisciplinary approach of the Residence, the study reveals that, for the residents of multidisciplinary health, these are due to the development of multicharacter actions. Suffering is related to negative feelings conveyed by workers of health services, demotivation of preceptors and mentors, lack of recognition, the difficulties of integrating the different areas of emphasis of the Residence, the difficulties to participate in other educational activities, actions bureaucratized of Housing Programs, the idea of hand labor and mental suffering. Soon, with the grounding assumptions psychodynamics of work, it is suggested initiatives that can help to overcome the painful situations, such as: the creation of formal spaces for discussion of proposals and exchanges of experiences between and Residency Programs health services, the building shared among health care workers and residents of the matricial multidisciplinary health and natural therapeutic project, the construction of user-centered interventions and recovery of multidisciplinary health residents as active subjects in the teaching-learning process.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEnfermagempor
dc.subjectPrazerpor
dc.subjectSofrimento Psíquicopor
dc.subjectResidênciapor
dc.subjectNursingeng
dc.subjectPleasureeng
dc.subjectPsychic Distresseng
dc.subjectResidenceeng
dc.titlePrazer e sofrimento no processo de formação de residentes multiprofissionais de saúdepor
dc.title.alternativePleasure and suffering in the process of formation of residents multidisciplinary healtheng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoEste estudo teve como objetivos conhecer a percepção dos residentes multiprofissionais de saúde sobre as situações de prazer e de sofrimento no seu processo de formação e caracterizá-los sóciodemograficamente. Para o embasamento do estudo adotou-se o referencial teórico da Psicodinâmica do Trabalho na perspectiva de Dejours. Participaram nove sujeitos do estudo que atuavam nos Programas de Residência Multiprofissional Integrada em Sistema Público de Saúde da Universidade Federal de Santa Maria. Foram utilizados dois instrumentos de coleta de dados: questionário estruturado autoaplicável de levantamento de dados sóciodemográficos e o grupo focal, o qual totalizou três sessões e ocorreu no mês de abril de 2013, atendendo aos objetivos do estudo. Para o tratamento dos dados sóciodemográficos foi utilizada a estatística descritiva simples e para os dados qualitativos, coletados por meio dos grupos focais, foi realizada a análise de conteúdo proposta por Bardin. Nas sessões de grupo focal emergiram as categorias que abarcaram as situações de prazer e de sofrimento no processo de formação dos residentes, destacando-se a estrutura e a organização da Residência e sua interface com o trabalho multiprofissional. Este estudo atendeu à Resolução Nº. 196/96 do Conselho Nacional de Saúde. Quanto aos resultados sociodemográficos a maioria é do sexo feminino, com idade entre 22 e 45 anos, ensino superior, tempo de serviço menor de um ano e com aprovação no primeiro processo seletivo. A maioria dos residentes teve como motivo de ingresso em um dos Programas de Residência a possibilidade de adquirir conhecimentos relacionados à saúde. No que se refere as situações de prazer no processo de formação dos residentes multiprofissionais de saúde relacionados a estrutura e a organização da Residência estas relacionam-se as possibilidades de aprendizado com as diferentes áreas de conhecimento, o compartilhamento de saberes e o reconhecimento e a gratificação profissional do usuário. O sofrimento se evidencia pela sobrecarga de trabalho, a dificuldade de entendimento da metodologia, didática das aulas e articulação para a transmissão dos conteúdos, a extensa carga horária, a falta de entendimento do significado dos conceitos teóricos e a ausência destes nas práticas de trabalho das equipes de saúde. Em relação as situações de prazer com o trabalho multiprofissional da Residência, o estudo revela que, para os residentes multiprofissionais de saúde, estas ocorrem devido ao desenvolvimento de ações de caráter multiprofissional. O sofrimento se relaciona aos sentimentos negativos transmitidos pelos trabalhadores dos serviços de saúde, a desmotivação dos preceptores e tutores, a falta de reconhecimento, as dificuldades de integração das diferentes áreas de ênfase da Residência, as dificuldades de participar de outras atividades educacionais, as ações burocratizadas dos Programas de Residência, a ideia de mão-de-obra e o sofrimento mental. Logo, tendo por embasamento os pressupostos da Psicodinâmica do Trabalho, sugere-se iniciativas que possam contribuir para superar as situações de sofrimento, tais como: a criação de espaços formais para discussão de propostas e de trocas de experiências entre os Programas de Residência e os serviços de saúde, a construção compartilhada entre trabalhadores de saúde e residentes multiprofissionais de saúde do matriciamento e do projeto terapêutico singular, a construção de intervenções centradas no usuário e a valorização dos residentes multiprofissionais de saúde como sujeitos ativos no processo de ensino-aprendizado.por
dc.contributor.advisor1Beck, Carmem Lúcia Colomé
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700118Y2por
dc.contributor.advisor-co1Weiller, Teresinha Heck
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4785221T0por
dc.contributor.referee1Amestoy, Simone Coelho
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0300621484363251por
dc.contributor.referee2Terra, Marlene Gomes
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700560T2por
dc.contributor.referee3Schimith, Maria Denise
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/1266040963485514por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4773420519205999por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentEnfermagempor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Enfermagempor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEMpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.