Show simple item record

dc.creatorPinno, Camila
dc.date.accessioned2016-05-31
dc.date.available2016-05-31
dc.date.issued2016-02-22
dc.identifier.citationPINNO, Camila. WORK OF THE NURSE IN CLINIC SURGICAL UNIT FROM THE PERSPECTIVE OF ERGOLOGY. 2016. 105 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2016.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/7473
dc.description.abstractThe work of nurse in a hospital environment is characterized by care, manage and administer various situations, disputes and problems that are part of this process; needing to use knowledge, involving the use of self / subjectivity to the effectiveness of the work process. So, it is questioned how occurs the nursing work in surgical clinic unit from the perspective of ergology? The study aimed to know the work of nurses in surgical clinical unit from the perspective of ergology. The specific objectives were to identify as occurs the prescribed work and real work of nurses in surgical clinic unit and identify as is the use of him by the nurse in surgical clinic unit. It is a qualitative research, type case study. The study site was an Adult surgical clinical unit of a university hospital in the RS. The data collection occurred from March to September 2015. The study participants were 12 nurses, working in surgical clinical unit for more than six months. The data collection was realized using the triangulation of data, consisting of documentary research, systematic observation and semi-structured interview. In the data analysis was used thematic analysis of Minayo. They were respected all ethical aspects according to Resolution 466 of December 2012 the National Health Council, and the project is approved by the Research Ethics Committee under number CAAE 41040815.9.0000.5346. After analyzing the data emerged the following thematic categories: 'Work of the nurse in Surgical clinical unit 'and' use of self during the work of nurse in surgical clinical unit. In the first category emerged specific aspects of the nursing work in relation to the prescribed work and real work, involving routine activities, Systematization of the nursing care, pre and post-operative guidelines, visit for the patients, standards and Operational Procedure Standard. The second category show characteristics from use of self for nurses during the work involving the use of self on specific priorities with the patient or with the team, development of activities / procedures, importance of 'knowledge' and acquired experience, autonomy of nurses and the use of self in the complications in Surgical clinical unit. Thus, it is concluded that the work is based on specific rules and routines, however the nurse makes use of self during the various activities developed, which is guided primarily in your knowledge, this enables greater autonomy in your work process.eng
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo a Pesquisa no Estado do Rio Grande do Sul
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEnfermagempor
dc.subjectTrabalhopor
dc.subjectErgologiapor
dc.subjectCentros cirúrgicospor
dc.subjectUnidades hospitalarespor
dc.subjectAssistência hospitalarpor
dc.subjectNursingeng
dc.subjectWorkeng
dc.subjectErgologyeng
dc.subjectSurgicenterseng
dc.subjectHospital unitseng
dc.subjectHospital careeng
dc.titleO TRABALHO DO ENFERMEIRO EM UNIDADE DE INTERNAÇÃO CLÍNICA CIRÚRGICA SOB A ÓTICA DA ERGOLOGIApor
dc.title.alternativeWORK OF THE NURSE IN CLINIC SURGICAL UNIT FROM THE PERSPECTIVE OF ERGOLOGYeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO trabalho do enfermeiro em âmbito hospitalar caracteriza-se por cuidar, gerenciar e administrar várias situações, pendências e problemáticas que fazem parte desse processo; necessitando que utilize conhecimento, envolvendo seu uso de si/ subjetividade para a efetividade do processo de trabalho. Assim, questiona-se como ocorre o trabalho de enfermagem em unidade de internação clínica cirúrgica a partir da ótica da ergologia? O estudo teve como objetivo geral conhecer o trabalho do enfermeiro em Unidade de internação clínica cirúrgica sob a ótica da ergologia. Os objetivos específicos foram: identificar como ocorre o trabalho prescrito e o trabalho real do enfermeiro em unidade de internação clínica cirúrgica e identificar como ocorre o uso de si pelo enfermeiro em unidade de internação clínica cirúrgica. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso. O local de estudo foi uma Unidade de internação clínica cirúrgica adulta de um hospital universitário do interior do RS. A coleta dos dados ocorreu no período de março a setembro de 2015. Os participantes do estudo foram 12 enfermeiros, atuantes na Unidade de internação clínica cirúrgica a mais de seis meses. A coleta de dados foi realizada, utilizando-se a triangulação de dados, constando de pesquisa documental, observação sistemática e entrevista semiestruturada. Na análise dos dados foi usada a análise temática de Minayo. Foram respeitados todos os aspectos éticos conforme Resolução 466 de Dezembro de 2012 do Conselho Nacional de Saúde, sendo o projeto aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa sob o nº CAAE 41040815.9.0000.5346. Após análise dos dados, emergiram as seguintes categorias temáticas: trabalho do enfermeiro em Unidade de internação clínica cirúrgica‟ e uso de si durante o trabalho do enfermeiro em Unidade de internação clínica cirúrgica. Na primeira categoria, surgem aspectos específicos do trabalho do enfermeiro, em relação ao trabalho prescrito e o trabalho real, envolvendo atividades rotineiras, Sistematização da Assistência de Enfermagem, orientações pré e pós-operatórias, visita aos pacientes, normas e Procedimentos Operacionais Padrão. Na segunda categoria, aparecem características do uso de si dos enfermeiros durante o trabalho, envolvendo o uso de si em prioridades específicas com o paciente ou com a equipe, desenvolvimento das atividades/procedimentos, importância do conhecimento‟ e experiência adquiridos, autonomia dos enfermeiros e o uso de si nas intercorrências da Unidade de internação clínica cirúrgica. Com isso, conclui-se que, o trabalho está ancorado em normas e rotinas específicas, no entanto o enfermeiro faz uso de si durante as diversas atividades desenvolvidas, o qual está pautado, principalmente no conhecimento que possui, o que lhe possibilita maior autonomia em seu processo de trabalho.por
dc.contributor.advisor1Camponogara, Silviamar
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700146T7por
dc.contributor.referee1Vargas, Mara Ambrosina de Oliveira
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9247403670441395por
dc.contributor.referee2Beck, Carmem Lúcia Colomé
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700118Y2por
dc.contributor.referee3Costa, Valdecir Zavarese da
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/9774929120349862por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2258495550515842por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentEnfermagempor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Enfermagempor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEMpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.