Show simple item record

dc.creatorHofiço, Noé dos Santos Ananias
dc.date.accessioned2014-12-15
dc.date.available2014-12-15
dc.date.issued2014-02-21
dc.identifier.citationHOFIÇO, Noé dos Santos Ananias. SAMPLING SUFFICIENCY IN A MIOMBO WOODLAND IN MOCUBA DISTRICT, ZAMBEZIA PROVINCE, MOZAMBIQUE. 2014. 87 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais e Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2014.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/8747
dc.description.abstractThe aim of this study was to determine sample sufficiency for phytosociological studies and inventories of wood in a forest area of Miombo woodland in Mocuba district, Zambezia province, Mozambique. The study area was represented by a systematic sampling grid that contains 128 sampling units ranging from 0.1 to 1.0 ha, inserted into 16 tracks, with eight units in each, arranged randomly and independent of each other. All individuals with Cbh ≥ 31.5 cm were measured and identified. Obtained the parameters of the floristic composition, horizontal structure, diversity using Shannon-Wienner, by the evenness index of Pielou and sampling sufficiency was evaluated based on analysis of curve species/area. The behavior of the diameter distribution curves were fitted to the treatment function Meyer and statistically compared by Chi-square (χ2), adopting α = 5% and was found by analysis of covariance showed that the same level differences and gradients among themselves. The selection of the size of the sampling units was based on the stability of the coefficient of variation in the relative sampling error; the fewer sized sampling units and the practicality of applying the methodology in the field. In the area 36535 individuals distributed, on average occurred in 516.6 ind.ha-1, with a mean basal area of 26.21 m2.ha-1. The richest botanical family was Fabaceae. The most important species was the Brachystegia spiciformis forest showed a high species diversity and evenness. Observed stability curve species/area from 4.0 ha area covered with the occurrence of 86 species. The diameter distribution curves were not adherent by χ2 test for size 0.1 ha and 0.25 ha and covariance analysis showed no difference in slope between level and sizes can use a single regression. The sampling units of 0.25 ha (50m x 20m) had lower sampling errors of 10% in the estimation of basal area for groups of commercial species. The estimated basal area at the species level was found to be not accurate due to the low frequency of individuals per hectareeng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFloresta naturalpor
dc.subjectInventário florestalpor
dc.subjectÁrea basalpor
dc.subjectFitossociologiapor
dc.subjectCurva de acumulação de espéciepor
dc.subjectNatural foresteng
dc.subjectForest inventoryeng
dc.subjectBasal areaeng
dc.subjectPhytosociologyeng
dc.subjectSpecies curve accumulationeng
dc.titleSUFICIÊNCIA AMOSTRAL PARA UMA FLORESTA DE MIOMBO NO DISTRITO DE MOCUBA, PROVÍNCIA DA ZAMBÉZIA, EM MOÇAMBIQUE.por
dc.title.alternativeSAMPLING SUFFICIENCY IN A MIOMBO WOODLAND IN MOCUBA DISTRICT, ZAMBEZIA PROVINCE, MOZAMBIQUEeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO objetivo do presente trabalho foi o de determinar a suficiência amostral para estudos fitossociológicos e para estoques de madeira numa área de floresta de Miombo, no distrito de Mocuba, província da Zambézia, Moçambique. A área estudada foi representada por uma grade amostral sistemática que contém 128 unidades amostrais variando de 0,1 a 1,0 ha, inseridas em 16 faixas, com oito unidades em cada, dispostas aleatoriamente e independentes entre si. Todos os indivíduos lenhosos com Cap ≥ 31,5 cm foram medidos e identificados. Obtiveram-se os parâmetros da composição florística, estrutura horizontal, diversidade pelo índice de Shannon-Wienner, a equabilidade pelo índice de Pielou e a suficiência amostral foi avaliada com base na análise da curva espécie/área. O comportamento das curvas de distribuição diamétrica para os tratamentos foram ajustadas pela função de Meyer e comparadas estatisticamente pelo teste de Chi-quadrado (χ2), adotando α=5% e verificou-se, pela análise de covariância, se as mesmas apresentavam diferenças de níveis e inclinações entre si. A seleção do tamanho das unidades amostrais foi baseada na estabilidade do coeficiente de variação, no erro de amostragem relativo, no menor número dimensionado de unidades amostrais e na praticidade da aplicação da metodologia em campo. Na área, ocorreram 36535 indivíduos distribuídos, em média 516,6 ind.ha-1, e com área basal média de 26,21 m2.ha-1. A família botânica mais rica foi a Fabaceae. A espécie mais importante foi a Brachystegia spiciformis e a floresta mostrou-se com alta diversidade de espécie e equabilidade. Observou-se a estabilidade da curva espécie/área a partir de 4,0 ha de área amostrada com a ocorrência de 86 espécies. As curvas de distribuição de diâmetro não se mostraram aderentes pelo teste χ2 para os tamanhos 0,1 ha e 0,25 ha e a análise de covariância não mostrou diferença de inclinação e nível entre os tratamentos podendo-se usar uma única regressão. As unidades amostrais de 0,25 ha (50m x 20m) apresentaram erros de amostragem inferiores a 10% na estimativa de área basal para os grupos de espécies comerciais. A estimativa da área basal em nível de espécie mostrou-se não precisa devido à baixa frequência de indivíduos por hectare.por
dc.contributor.advisor1Fleig, Frederico Dimas
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4797343E4por
dc.contributor.referee1Marangon, Luiz Carlos
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6130999923981614por
dc.contributor.referee2Farias, Jorge Antonio de
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4786298U6por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9811350763984453por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentRecursos Florestais e Engenharia Florestalpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Florestalpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTALpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.