Show simple item record

dc.creatorAlves, Murilo Souto
dc.date.accessioned2009-09-09
dc.date.available2009-09-09
dc.date.issued2009-07-17
dc.identifier.citationALVES, Murilo Souto. THE TEACHING OF GEOGRAPHY AND STUDENTS / WORKERS - AN ANALYSIS FROM EXPERIENCE WITH EJA IN SAPIRANGA-RS. 2009. 123 f. Dissertação (Mestrado em Geociências) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/9297
dc.description.abstractThe organization of production activities, historically, has several relations which influence the world s socio-spatial design. One of the social groups which are most interested in understanding how such labor relations stipulate our social and spatial condition are the EJA (Education for Youngsters and Adults) students-workers, especially the EJA students from Dr. Décio Gomes Pereira School, located in Sapiranga-RS, which are the target of this work. The active teaching of Geography, focusing this group of people, may help to reveal and contextualize such relations, which contributes to the formation of citizens who are conscious of their socio-spatial reality. To do this, it was necessary a vast theoretical research about labor and the timespace, the economical factors and globalization, historical background of labor and worker s conditions, characterizing the city of Sapiranga-RS aiming to observe how this characterization of labor relations designed and continues to transform the space and the local social condition and, also, the connections existing among labor, education and the teaching of Geography through concepts and methods. Following these steps it was possible to elaborate a course program and also activities to place the Geography teaching into the students reality. The performance and description of the activities show the exchange of knowledge and experience between the teacher and students during class time going beyond the classroom and with influence in the way of thinking, observing and interpreting the world we live in. This reciprocity brought benefits to the teaching/learning relation in the Geography classes for the EJA students/workers, placing the geographical knowledge into the everyday life of these students.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectRelações de trabalhopor
dc.subjectEnsino de geografiapor
dc.subjectEstudantes/trabalhadorespor
dc.subjectLabor relationseng
dc.subjectGeography teachingeng
dc.subjectStudents/workerseng
dc.titleO ENSINO DE GEOGRAFIA E OS ESTUDANTES/TRABALHADORES UMA ANÁLISE A PARTIR DE EXPERIÊNCIA COM EJA EM SAPIRANGARSpor
dc.title.alternativeTHE TEACHING OF GEOGRAPHY AND STUDENTS / WORKERS - AN ANALYSIS FROM EXPERIENCE WITH EJA IN SAPIRANGA-RSeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoA organização das atividades de produção, em caráter histórico, possui diversas relações que influenciam na configuração sócio-espacial do mundo em que vivemos. Um dos grupos sociais mais interessados em compreender como tais relações de trabalho condicionam nossa condição social e espacial são os estudantes-trabalhadores da EJA (Educação para Jovens e Adultos), em especial os estudantes da EJA da Escola Dr. Décio Gomes Pereira, da cidade de Sapiranga-RS, que formam o público alvo deste trabalho. O ensino de Geografia atuante, voltado para este grupo de pessoas, pode auxiliar a desvelar e contextualizar tais relações contribuindo para a formação de cidadãos conscientes da sua realidade sócio-espacial. Para tanto, fez-se necessário realizar extensa pesquisa teórica acerca do trabalho e o tempo-espaço, os fatores econômicos e a globalização, histórico das condições de trabalho e do trabalhador, caracterização da cidade de Sapiranga-RS com o intuito de observar como a caracterização das relações de trabalho configurou e continua transformando o espaço e a condição social local e, ainda, as conexões existentes entre o trabalho, a educação e o ensino de Geografia através de conceitos e métodos. Tais passos foram seguidos para que fosse possível elaborar um programa curricular e atividades que aproximassem o ensino de Geografia da realidade dos alunos. A aplicação e descrição das atividades demonstram as trocas de experiências e conhecimento entre professor e estudantes ocorridas durante as aulas, indo além dos bancos escolares, influenciando no modo de pensar, observar e interpretar o mundo em que vivemos. Essa reciprocidade trouxe benefícios para a relação ensino/aprendizagem nas aulas de Geografia aos grupos de estudantes/trabalhadores da EJA, aproximando o conhecimento geográfico do cotidiano desses estudantes.por
dc.contributor.advisor1Cardoso, Eduardo Schiavone
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4736831A9por
dc.contributor.referee1Meurer, Ane Carine
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4792773D0por
dc.contributor.referee2Rego, Nelson
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4786453H9por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4246564H5por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGeociênciaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografia e Geociênciaspor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.