Show simple item record

dc.creatorCruz, Claudete Robalos da
dc.date.accessioned2017-02-06
dc.date.available2017-02-06
dc.date.issued2009-10-23
dc.identifier.citationCRUZ, Claudete Robalos da. Perception in the Park and territorial Itaimbé - Santa Maria/RS. 2009. 114 f. Dissertação (Mestrado em Geociências) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/9307
dc.description.abstractThis study aimed to understand the process of formation of territoriality from the biological and cognitive perception (Maturana, 1995) who frequented the park Itaimbé Santa Maria / RS. Perception is defined as a configuration object for the conduct. The conduct, in turn, presents itself as a discursive action that builds and re-build in the geographic space, turning it constantly, setting territoriality. Humanistic Geography and the phenomenological method served as philosophical contribution of the research, because of its commitment to understanding the phenomena not only through observation, but the lived space of immediate experience. Discourse analysis was chosen as the research methodology, whose purpose was to record how the language expresses the perception and behavior as manifested in perception. To this end, we adopted as a tool for collection and analysis of the perceptions, three themes with guiding questions. Thus, through the perceptions of park goers Itaimbé Santa Maria / RS, it was possible to identify the functionality, territoriality and understand the meaning and the relations established between the park goer. As regards the features of the park Itaimbé respondents, there are two specific functions, one appointed by the individuals who use this space as a result of recreational activity and the other by those who do their daily work there, thus revealing two large groups of goers. Indeed, it was observed that these groups are not hegemonic groups in relation to identity, but heterogeneous and dynamic contributing to the establishment of territoriality in the park Itaimbé Santa Maria / RS. Thus, the territoriality were diagnosed by identifying the reasons why the frequently uses the geographical area studied, and mapped into 6 subgroups. Accordingly, the definition of perception as object configuration for the conduct, enabled to understand that perception is not a representation of a world pre-determined, or the territory is perceived as stable as a result of a territorial or political, but as a function of conduct. Thus, territoriality has not immutable, but transient and flexible as the conduct of the postmodern subject.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAnálise de discursopor
dc.subjectPercepçãopor
dc.subjectCondutapor
dc.subjectTerritorialidadepor
dc.subjectDiscourse analysiseng
dc.subjectPerceptioneng
dc.subjectBehavioreng
dc.subjectTerritorialityeng
dc.titlePercepção e territorialidade no Parque Itaimbé de Santa Maria/RSpor
dc.title.alternativePerception in the Park and territorial Itaimbé - Santa Maria/RSeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoA presente pesquisa teve o objetivo de entender o processo de formação de territorialidades a partir da percepção cognitiva e biológica (Maturana, 1995) dos frequentadores do parque Itaimbé de Santa Maria/RS. A percepção é conceituada como uma configuração do objeto pela conduta. A conduta, por sua vez, se apresenta como uma ação discursiva que se constrói e re-constrói no espaço geográfico, transformando-o constantemente, configurando territorialidades. A Geografia Humanista e o método fenomenológico serviram como aporte filosófico da pesquisa, em razão do seu empenho pela compreensão dos fenômenos não somente através da observação, mas sim do espaço vivido, da experiência imediata. A análise do discurso foi escolhida como metodologia de investigação, cuja finalidade foi registrar a maneira como a linguagem expressa à percepção e como a conduta se manifesta na percepção. Para tanto, adotou-se como instrumento para coleta e análise das percepções, três eixos temáticos com questões norteadoras. Desse modo, por meio das percepções dos frequentadores do parque Itaimbé de Santa Maria/RS, foi possível identificar a funcionalidade, as territorialidades e compreender o significado e a relações estabelecidas entre o frequentador e o parque. No que diz respeito à funcionalidade do parque Itaimbé aos entrevistados, verificou-se duas funções específicas, uma apontada pelos indivíduos que utilizam esse espaço em virtude da atividade recreativa e a outra por aqueles que realizam seu trabalho diário nesse local, evidenciando assim dois grandes grupos de frequentadores. Com efeito, observou-se que esses grupos não constituem grupos hegemônicos em relação à identidade, mas heterogêneos e dinâmicos contribuindo na constituição de territorialidades no parque Itaimbé de Santa Maria/RS. Assim, as territorialidades foram diagnosticadas a partir da identificação dos motivos pelos quais o frequentador utiliza o espaço geográfico estudado, e foram mapeadas em 6 subgrupos. Nesses termos, a definição de percepção como configuração do objeto pela conduta, permitiu entender que a percepção não é uma representação de um mundo pré-determinado, nem o território é entendido como estável, como sendo resultado da demarcação territorial ou política, mas como uma função da conduta. Desse modo, a territorialidade não se apresenta imutável, mas sim transitória e flexível tal como a conduta do sujeito pós-moderno.por
dc.contributor.advisor1Souza, Bernardo Sayão Penna e
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4162826845630069por
dc.contributor.referee1Wizniewsky, Carmen Rejane Flores
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9604409518707631por
dc.contributor.referee2Teixeira, Salete Kozel
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0142296221294624por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3319979476636319por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGeografiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.