Show simple item record

dc.creatorRicchetti, Patrícia
dc.date.accessioned2011-03-17
dc.date.available2011-03-17
dc.date.issued2010-10-20
dc.identifier.citationRICCHETTI, Patrícia. Certificações e indicadores socioambientais: relação, discurso e valor da materialização espacial.. 2010. 144 f. Dissertação (Mestrado em Geociências) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/9333
dc.description.abstractThis paper presents a comparative analysis of hierarchical variables indicators of socioenvironmental certification from the scene. The indicators take values handled in the business to the environment. For such understanding, we begin with assumptions that each society conceives the nature of the built environment and social relations. From this perspective, it is understood that the relationship that societies construct themselves and together with the building with the building with nature, materialize in space. Hence, when we speak of production space we are considering that this is the product of the inseparability of social and natural, like a hybrid of historical processes that have developed as forms of social organization and uses of nature. Since the construction of the environmental scene take the concept of public sphere as a locus of realization spaces of argument, which echoes and integrates the policy as a whole interrelated. In both speeches that no originals of the formal resolutions (that support micro) as institutionalized make incursions into the public sphere, moving public opinion and pressure various sectors such as government and civil organizations, intent on (re) introduce the man as the subject of actions in the political scene, and environmental discourse. The methodology was qualitative, based on analysis of questionnaires between the groups: researchers associated with the National Association of Graduate Studies and Research in Environment and Society-ANPPAS, professionals working in environmental, nongovernmental organizations related to environmental issues , state environmental agencies, state sanitation companies (respondents to the questionnaire 1) and state sanitation company certified by ISO 14001 (questionnaire respondent 2). What was found was that the indicators incorporate social and environmental variables in a psychosphere originating in non-institutionalized social spheres. These variables are operationalized in the strategies and actions to generate competitive advantage, market access, and to generate confidence among the various stakeholders. Where the certificates are presented as network variables tailoring sectors, constitute and embody the company's relations with its parts.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectElemento do espaçopor
dc.subjectEsfera públicapor
dc.subjectCertificações ambientaispor
dc.subjectCultura organizacionalpor
dc.subjectValor socioambientalpor
dc.subjectSpace elementeng
dc.subjectThe public sphereeng
dc.subjectEnvironmental certificationseng
dc.subjectOrganizational cultureeng
dc.subjectSocial and environmental valueeng
dc.titleCertificações e indicadores socioambientais: relação, discurso e valor da materialização espacial.por
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoEste trabalho apresenta a análise comparativa hierarquizada de variáveis dos indicadores das certificações da cena socioambiental. Os indicadores são tomados como valores agenciados na relação empresa- meio ambiente. Para tal entendimento, partimos de pressupostos que cada sociedade concebe natureza o ambiente construído pelas e para as relações sociais. Nessa perspectiva, compreende-se que a relação que as sociedades constroem em si e, juntamente, com a que constroem com a natureza, materializam-se no espaço. Daí que, ao falarmos de produção de espaço estamos considerando que esse é produto da indissociabilidade do social e do natural, como um híbrido de processos históricos que se desenvolveram como formas de organização social e dos usos da natureza. Sendo que na construção da cena ambiental tomamos o conceito de esfera pública como lócus de realização dos espaços de argumentação, que repercute e integra a política como um todo interrelacionada. Em que tanto os discursos não originais dos espaços formais de deliberação (que dão suporte à micropolítica) como os institucionalizados fazem incursões pela esfera pública, movimentando a opinião pública e pressionando diversos setores tais como governo, organizações e civis, na intenção de (re)introduzir o homem como sujeito das ações na cena política-discursivaambiental. A metodologia aplicada foi qualitativa, baseada em análise de questionários aplicados entre os grupos: pesquisadores associados à Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade- ANPPAS, profissionais liberais que trabalham na área ambiental, organizações não-governamentais ligadas à temática ambiental, órgãos ambientais estatais, empresas estaduais de saneamento (respondentes do questionário 1) e empresa estadual de saneamento certificada pela ISO 14001 ( respondente do questionário 2). O que se constatou foi que os indicadores incorporam as variáveis socioambientais de uma psicosfera originária de esferas sociais não institucionalizadas. Estas variáveis são operacionalizadas nas estratégias e ações para geração de vantagem competitiva, acesso a mercados, e para a geração de confiança entre os diversos públicos de interesse. Em que as certificações se apresentam como uma rede de variáveis que costuram setores, constituem e materializam as relações da empresa com suas partes.por
dc.contributor.advisor1Pereira Filho, Waterloo
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0357112879415627por
dc.contributor.referee1Costa, Benhur Pinós da
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6758952717155318por
dc.contributor.referee2Lima, Joao Vicente Ribeiro Barroso da Costa
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/5278455249783896por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGeografiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografiapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.