Show simple item record

dc.creatorNascimento, Taiane Flores do
dc.date.accessioned2016-09-28
dc.date.available2016-09-28
dc.date.issued2016-06-27
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Taiane Flores do. THE AFRO-BRAZILIAN AND AFRICAN ROOTED CULTS YARDS AS POSSIBLE SPACES TO TRAVESTIS AND TRANSEXUAIS EXPERIENCE. 2016. 103 f. Dissertação (Mestrado em Geociências) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2016.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/9470
dc.description.abstractThe approaches involving gender and sexuality are increasingly connected to geographic analysis. Spaces such as urban and religious, are pointed in social relationships of groups excluded of the heteronormative society, as homosexuals, travestis, transexuais, among others. Given this, the research aims to relate gender studies, sexuality and religion in the geographic perspective, highlighting, mainly, discourse analysis of transvestite and transsexual subjects that integrate the space of Afro-Brazilian and African origin cults yards. A priori, gender, sexuality and religion are themes little discussed in geography and are specially connected to the marginal studies of science. However, with the current expansion and demonstration of different gender expressions, and demonstrations of religious nature in space, geographic science, allied to social sciences, follow the track of society in this temporality, becoming an interdisciplinary and plural science. Parallel to this, the phenomenology may be a way to comprehend the relationship between the transvestite and transsexual subject with the space in which they live and establishes different interpersonal relationships. In this sense, as results in/or research impacts, we have the systematization of information connected to the thematic of study with the intent to provide theoretical and pratical subsides about the feminist and queer themes, together with the matter of religiosity, highlighting mainly Afro-Brazilian and African roots religions as possible spaces to different expressions of gender and sexuality relationships.eng
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo a Pesquisa no Estado do Rio Grande do Sul
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectGêneropor
dc.subjectSexualidadepor
dc.subjectReligiãopor
dc.subjectGeografiapor
dc.subjectGendereng
dc.subjectSexualityeng
dc.subjectReligioneng
dc.subjectGeographyeng
dc.titleOS TERREIROS DE CULTOS AFRO-BRASILEIROS E DE ORIGEM AFRICANA COMO ESPAÇOS POSSÍVEIS ÀS VIVÊNCIAS TRAVESTIS E TRANSEXUAISpor
dc.title.alternativeTHE AFRO-BRAZILIAN AND AFRICAN ROOTED CULTS YARDS AS POSSIBLE SPACES TO TRAVESTIS AND TRANSEXUAIS EXPERIENCEeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoAs abordagens que envolvem gênero e sexualidade estão cada vez mais interligadas nas análises geográficas. Espaços como o urbano e religioso, são evidenciados nas relações sociais dos grupos excludentes da sociedade heteronormativa, como os homossexuais, travestis, transexuais, entre outros. Neste sentido, a pesquisa busca relacionar os estudos de gênero, sexualidade e religião na perspectiva geográfica, destacando, principalmente, a análise do discurso dos sujeitos travestis e transexuais que integram o espaço do terreiro de cultos afro-brasileiros e de origem africana. A priori, gênero, sexualidade e religião são temáticas pouco discutidas dentro da geografia, e que estão essencialmente ligadas aos estudos marginais da ciência. Entretanto, com a atual expansão e manifestações de diferentes expressões de gêneros, quanto manifestações de cunho religioso no espaço, a ciência geográfica, aliada as ciências sociais, acompanha a trajetória da sociedade nesta temporalidade, se tornando uma ciência interdisciplinar e plural. Paralelo a isso, a fenomenologia poderá ser a opção de um caminho para compreender a relação do ser social travesti e transexual com o espaço em que vivencia e estabelece diferentes relações interpessoais. Nesse sentido, como resultados e/ou impactos da pesquisa, tem-se a sistematização de informações ligadas à temática de estudo com o intuito de fornecer subsídios teóricos e práticos sobre as temáticas feministas e queer, juntamente com a questão da religiosidade, destacando principalmente as religiões afro-brasileiras e de matriz africana como espaços possíveis a diferentes expressões das relações de gênero e sexualidades.por
dc.contributor.advisor1Costa, Benhur Pinós da
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4778144A6por
dc.contributor.referee1Wizniewsky, Carmen Rejane Flores
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4772350P6por
dc.contributor.referee2Souza, Martha Helena Teixeira de
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4777213H1por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8948383759739771por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGeociênciaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografia e Geociênciaspor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.