Show simple item record

dc.creatorRodrigues, Aline de Lima
dc.date.accessioned2007-11-14
dc.date.available2007-11-14
dc.date.issued2006-01-24
dc.identifier.citationRODRIGUES, Aline de Lima. Latifundium in Rio Grande do Sul: old forms in the functionality of new economical roles in geographical microregion of the Campanha Central. 2006. 165 f. Dissertação (Mestrado em Geociências) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2006.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/9483
dc.description.abstractThe formation processo of the latifundium in Rio Grande do Sul is directly related to the history of occupation and settlement of the space gaucho. It is highlighted that it was through the sesmarias that the latifundia appeared, that were lands distributed unequally, always in favor of detainers of great incomes, contributing to the earth concentration. The latifundium resisted economically and politically while the extensive livestock represented the base of the State s economy with the charqueadas and, later, with the freezing companies. However, with the decadence of that economical segment, because of the prices conjunctures and commercialization unfavorable to the livestock in Rio Grande do Sul, the latifundium has it gradual economical decadence, but it doesn´t decrease in earth concentration, at most, this segment incorporates more capital to earth through the practice of the lease to the managerial farming. This way, this present research has as central concern analyzing the formation process and the factors that allowed the permanence of latifundium in Geographical Microregion of the Campanha Central, that includes the districts of Rosário do Sul, Santa Margarida do Sul, Santana do Livramento e São Gabriel, front to the consolidation of new interests in the Rio Grande do Sul economy. Specifically, the research aimed at: (a) characterizing the process of formation of the latifundium in Rio Grande do Sul; (b) verifying the role of the latifundium, front to the consolidation of the new economical conjunctures, and also identifying is respective exploration form, in the four territorial units that compose MRG of the Campanha Central and, (c) establishing the factors that allowed the performanence of latifundium, in the Geographical Microregion of the Campanha Central, and the perspectives for this cut space front to the new economical factors. In what is referred to the investigative process, the work was divided in fundamental phases for the development of the thematic. Firstly, we tried to accomplish a wide bibliographical revision in seeking for theoretical subsidies on the proposed problem. Later, the research turned to the data collection in primary sources (fieldwork) and secondary through statistical data (IBGE and FEE). The field research based on two different instruments, addressed the representatives of the offices of EMATER in the municipal districts of the MRG and, to the municipal agriculture secretaries. The final phase was constituted in the analysis and interpretation of the data obtained during the fieldwork, the bibliographical research and the research in the statistical organs. As obtained results, it is observed that the current social economic transformations are originating new formas of economical appropriation of latifundia in MRG of the Campanha Central. Latifundia are not anymore, at least not exclusively, explored with the extensive livestock, because through the leases, the great properties the managerial farming of rice and soy penetrate. It is also highlighted that more recently, due to the sales of lands for the accomplishment of the forestation, the great properties watch the insert of the eucalyptus planting and pinus, is areas, previously occupied, only with the extensive creation of cattle. However, that spreading in relation to the economical use of the latifundia is still insufficient to determine a significant change in the agrarian structure, because the leases and the development form in great areas of forest activity contribute to the maintenance of the earth concentration.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectLatifúndiopor
dc.subjectEspaço ruralpor
dc.subjectDesenvolvimento ruralpor
dc.subjectLatifundiumeng
dc.subjectRural spaceeng
dc.subjectRural developmenteng
dc.titleO latifúndio no Rio Grande do Sul: velhas formas na funcionalidade de novos atores econômicos na microrregião geográfica da Campanha Centralpor
dc.title.alternativeLatifundium in Rio Grande do Sul: old forms in the functionality of new economical roles in geographical microregion of the Campanha Centraleng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO processo de formação do latifúndio no Rio Grande do Sul está diretamente relacionado aos antecedentes históricos de ocupação e povoamento do espaço gaúcho. Destaca-se que foram através das sesmarias que surgiram os latifúndios, que eram terras distribuídas desigualmente, sempre favorecendo aos poucos detentores de grandes rendas, contribuindo para a concentração da terra. O latifúndio resistiu econômica e politicamente enquanto a pecuária extensiva representava a base da economia do Estado com as charqueadas e, posteriormente, com os frigoríficos. Entretanto, com a decadência desse segmento econômico, em face de conjunturas de preços e comercialização desfavoráveis à pecuária gaúcha, o latifúndio tem sua gradativa decadência econômica, mas não diminui em concentração de terra, no máximo, esse segmento incorpora mais capital a terra através da prática do arrendamento à lavoura empresarial. Desse modo, a presente pesquisa tem como preocupação central analisar o processo de formação e os fatores que permitiram a permanência do latifúndio na Microrregião Geográfica da Campanha Central, que compreende os municípios de Rosário do Sul, Santa Margarida do Sul, Santana do Livramento e São Gabriel, frente à consolidação de novos interesses na economia gaúcha. Especificamente, a pesquisa objetivou: (a) caracterizar o processo de formação do latifúndio no Rio Grande do Sul; (b) verificar o papel do latifúndio frente à consolidação de novas conjunturas econômicas, além de identificar a sua respectiva forma de exploração, nas quatro unidades territoriais que compõem a MRG da Campanha Central e, (c) estabelecer os fatores que permitiram a permanência do latifúndio, na Microrregião Geográfica da Campanha Central, e as perspectivas para este recorte espacial frente aos novos atores econômicos.No que se refere ao cominho investigativo, o trabalho dividiu-se em fases fundamentais para o desenvolvimento da temática. Primeiramente, procurou-se realizar uma ampla revisão bibliográfica, buscando-se subsídios teóricos sobre o problema proposto. Posteriormente, a pesquisa direcionou-se para a coleta de dados em fontes primárias (trabalho de campo) e secundárias através de dados estatísticos (IBGE e FEE). A pesquisa de campo baseou-se em dois instrumentos distintos, direcionados aos representantes dos escritórios da EMATER nos municípios da MRG e, aos secretários municipais da agricultura. A fase final constituiu-se da análise e interpretação dos dados obtidos durante o trabalho de campo, a pesquisa bibliográfica e a pesquisa nos órgãos estatísticos. Como resultados obtidos, observa-se que as transformações socioeconômicas atuais, estão imprimindo novas formas de apropriação econômica dos latifúndios na MRG da Campanha Central. Esses não são mais, exclusivamente, explorados pela pecuária extensiva, pois através dos arrendamentos, penetra nas grandes propriedades a lavoura empresarial com o arroz e a soja. Destaca-se, também, que mais recentemente, em decorrência das vendas de terras para a realização do florestamento, as grandes propriedades assistem à inserção do plantio de eucalipto e pinus, em áreas, anteriormente ocupadas, somente com a criação extensiva de gado. Entretanto, essa desconcentração quanto ao uso econômico dos latifúndios ainda é insuficiente para determinar uma mudança significativa na estrutura fundiária, pois os arrendamentos e a forma de desenvolvimento em grandes áreas da atividade florestal contribuem ativamente para a manutenção da concentração da terra.por
dc.contributor.advisor1Bezzi, Meri Lourdes
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2051877280467001por
dc.contributor.referee1De David, Cesar
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2003244296217013por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2067314857532263por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGeociênciaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografia e Geociênciaspor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.