Show simple item record

dc.contributor.advisorAraujo, Luiz Ernani Bonesso de
dc.creatorCoelho, Maria Luiza Lima de Sá
dc.date.accessioned2017-08-03T13:30:54Z
dc.date.available2017-08-03T13:30:54Z
dc.date.issued2016-01-12
dc.date.submitted2016
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/11294
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais, Curso de Especialização em Educação Ambiental, RS, 2016.por
dc.description.abstractThe 1988 Federal Constitution instituted in his artigo 225 that an ecologically balanced environment consists of the right of all, imposing both the Government and the community the duty to defend it and preserve it. In this context, the Judiciary of the State of Rio Grande do Sul, taking into account Recommendation No. 11/2007 of the National Council of Justice, has developed projects such as "ECOJUS" and "PETITION 10, SENTENCE 10" seeking to meet the principles of sustainability and introducing good environmental management practices that result in responsible citizenship through changes in values, attitudes and behaviors that restrain the exaggerated consumption and waste of resources. Through an environmental assessment, we have listed them problems with some servers and forums. Appropriating the ideals of management and environmental education, the Court has developed the Waste Management Plan Solid and Sustainable Logistics Plan, endowed with objectives, management tool and targets directed to responsible consumption, the reduction of public spending and promotion of environmental initiatives as a means of implementing sustainability within the Court, its forums, counties and autonomous departments. Moves Like ECOJUS spread the ideals of environmental education, strengthening its importance and reaching distant individuals from universities and graduate courses, and meet the goals of environmental education at enabling the development of the activity of "garbage collectors" and development of recycled materials cooperatives, generating income for the participants and promoting citizenship through dialogue, solidarity and cooperation of individuals.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectEducação ambientalpor
dc.subjectPoder judiciáriopor
dc.subjectConstituição federalpor
dc.subjectSustentabilidadepor
dc.subjectPreservaçãopor
dc.subjectEnvironmental educationeng
dc.subjectJudicial powereng
dc.subjectFederal constitutioneng
dc.subjectSustainabilityeng
dc.subjectPreservationeng
dc.titleGestão ambiental no poder judiciário: análise do projeto "Ecojus" e "Petição 10, Sentença 10" do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sulpor
dc.title.alternativeEnvironmental management in the courts: project analysis "Ecojus" and "Petition 10, Sentence 10" the Court of Justice of the State of Rio Grande do Suleng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasil.por
dc.degree.specializationEducação Ambientalpor
dc.description.resumoA Constituição Federal de 1988 instituiu em seu artigo 225 que o meio ambiente ecologicamente equilibrado consiste em direito de todos, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo. Neste contexto, o Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Sul, atendendo à Recomendação nº 11/2007 do Conselho Nacional de Justiça, desenvolveu projetos como o "ECOJUS" e o "PETIÇÃO 10, SENTENÇA 10" buscando atender aos princípios da sustentabilidade e introduzir boas práticas de gestão ambiental que acarretem no exercício responsável da cidadania, através de mudanças de valores, atitudes e comportamentos que coíbam o consumo exacerbado e desperdício de recursos. Através de um diagnóstico ambiental, elencou-se os problemas com alguns servidores e foros. Apropriando-se dos ideais de gestão e educação ambiental, o Tribunal de Justiça desenvolveu o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos e Plano de Logística Sustentável, dotados de objetivos, ferramenta de gestão e metas direcionadas ao consumo responsável, à redução do gasto público e o fomento de ações ambientais, como forma de implementação da sustentabilidade no âmbito do Tribunal, seus foros, comarcas e departamentos autônomos. Ações como o ECOJUS disseminam os ideais da Educação Ambiental, fortalecendo sua importância e alcançando indivíduos distantes das universidades e cursos de pós-graduação, e vão ao encontro dos objetivos da Educação Ambiental ao possibilitando o fomento da atividade dos “catadores de lixo” e o desenvolvimento das cooperativas de materiais reciclados, gerando renda para os participantes e promovendo a cidadania através do diálogo, da solidariedade e da cooperação dos indivíduos.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Ruraispor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Educação Ambiental [141]
    Coleção de trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Educação Ambiental

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.