Show simple item record

dc.contributor.advisorLopes, Sonia Terezinha dos Anjos
dc.creatorCorrêa, Marcos Matoso Burgo
dc.date.accessioned2018-07-30T14:46:49Z
dc.date.available2018-07-30T14:46:49Z
dc.date.issued2012-06-08
dc.date.submitted2012
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/13945
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais, Curso de Especialização em Residência Médico-Veterinária , RS, 2012.por
dc.description.abstractThis paper seeks to review the evaluation methods renal function and its use in veterinary clinics of cats and dogs. For that, physiological concepts were reviewed, as the possible interpretations of laboratory results that are obtained on the investigation of alterations, transitory or permanent, of renal function. The basic methodology of auxiliary diagnostic, such as serum creatinine and urea dosages, is extremely limited, due to only bring information when over three quarters of the renal function is compromised. Urinalisys, an exam also seen as basic, even though less frequently used as the previous, allow obtain information more sensible to the presence of lesions and lowered function, because of the concentration capacity of urine (water reabsortion) becomes compromised due to azotemia “installation” (non proteic nitrogen elevation on circulation). Also through urinalysis it is possible to identify glomerular (proteinuria) and tubular (high quantity of cylinders and lower reabsortion of solutes as glucose) lesions. Being said that, in here, are mencioned auxiliary methods, of low cost and easy access, that are not broadly diffused through veterinary medicine, but with relevant studies that allow their use with scientific prove, as it is the case in urine dosage of gama glutamyltranspeptidase (GGT), alkaline phospatase (AP), protein and creatinine as their ratio.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectInsuficiência renalpor
dc.subjectUrinálisepor
dc.subjectDiagnóstico precocepor
dc.subjectLesão renalpor
dc.subjectAnimais de companhiapor
dc.subjectRenal failureeng
dc.subjectUrinalisyseng
dc.subjectEarly diagnosiseng
dc.subjectRenal lesioneng
dc.subjectCompany animalseng
dc.titleAvaliação laboratorial das alterações renais em cães e gatospor
dc.title.alternativeLaboratory evaluation of renal alterations in dogs and catseng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationResidência Médico-Veterináriapor
dc.description.resumoEste trabalho procura revisar os métodos de avaliação da função renal e seu uso na clínica veterinária de cães e gatos. Para isto, conceitos fisiológicos foram revisados, assim como as possíveis interpretações dos resultados laboratoriais, que são obtidas na investigação de alterações, transitórias ou permanentes, da função renal. A metodologia básica de auxílio diagnóstico, como dosagens de creatinina e uréia séricas são extremamente limitadas, pois podem apenas trazer informações quando mais de três quartos da função renal está comprometida. Também pode-se citar a urinálise, é um exame simples, porém pouco utilizado. Este exame permite obter informações mais sensíveis com relação à presença de lesões e diminuição funcional, devido à perda da capacidade de concentração da urina (reabsorção de água) ocorrer previamente a instalação da azotemia (elevação de nitrogênio não protéico na circulação). Também pela urinálise é possível identificar lesão glomerular (proteinúria) e tubular (alta quantidade de cilindros e diminuição da reabsorção de solutos como a glicose). Além disso, foram mencionados métodos auxiliares, de baixo custo e fácil acesso, que ainda não são amplamente difundidos na medicina veterinária, mas que possuem estudos relevantes que permitem seu uso através de comprovação científica, como é o caso da dosagem urinária de gama glutamiltranspeptidase (GGT), fosfatase alcalina (FA), proteína e creatinina e sua relação. Portanto este trabalho procura salientar a importância do uso destes métodos, exemplificando com casos da rotina acompanhada durante a residência.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIApor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Ruraispor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.