Show simple item record

dc.contributor.advisorJacobi, Luciane Flores
dc.creatorSilva, Edcarlos Vasconcelos da
dc.date.accessioned2018-11-22T14:51:31Z
dc.date.available2018-11-22T14:51:31Z
dc.date.issued2015-07-17
dc.date.submitted2015
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/14900
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Naturais e Exatas, Curso de Especialização em Estatística e Modelagem Quantitativa, RS, 2015por
dc.description.abstractAIDS is a notifiable disease that has no cure, but modern medicine can extend the life of the patient with drugs that minimize the effect of the disease on time, giving better quality of life for the person carrying the virus. In Brazil, cases of AIDS have stabilized at around 40,000 per year. The treatment in the National Health System and prevention campaigns enabled the country to stabilize the disease, but in the poorest states in public health structure, growth rates remain high, as is the case in northern Brazil. In this sense, this study aimed at using regression models for modeling of AIDS cases in the population of the States of Northern Brazil. The methodology used consisted of using linear and nonlinear models with use of CurveExpert and Statistica programs, the models were subjected to residual analysis that found normality, independence and homoscedasticity, and outlier analysis. The evaluation of the predictive capability was made via BIC and AIC criteria. Data were obtained from the DATASUS portal, we collected all AIDS data from 1984 to 2014. The main results stands out that for the northern region, the model that best fit the data was the non-linear model logistics designing future stability of AIDS cases for the North estimated at 4700 new cases annually.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectModelos de regressãopor
dc.subjectNão linearpor
dc.subjectAIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)por
dc.subjectRegião nortepor
dc.subjectRegression modelseng
dc.subjectNonlineareng
dc.subjectNorth regioneng
dc.titleModelos de regressão para incidência de HIV/AIDS na população dos estados da região Norte do Brasilpor
dc.title.alternativeRegression models for impact of hiv / aids in the population of the states of North region BRAZILeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationEstatística e Modelagem Quantitativapor
dc.description.resumoA AIDS é uma doença de notificação compulsória que não possui cura, mas, a medicina moderna consegue prolongar a vida do paciente com medicamentos que minimizam o efeito da enfermidade no tempo, dando mais qualidade de vida para a pessoa portadora do vírus. No Brasil, os casos de AIDS se estabilizaram em torno de 40 mil por ano. O tratamento no Sistema Único de Saúde e as campanhas de prevenção permitiram ao país estabilizar a doença, mas, nos estados mais carentes de estrutura em saúde pública, as taxas de crescimento continuam elevadas, como é o caso da região Norte do Brasil. Neste sentido, esse estudo teve por objetivo aplicar modelos de regressão para modelagem de casos de AIDS na população dos Estados da Região Norte do Brasil. A Metodologia utilizada consistiu em utilizar modelos lineares e não lineares com uso dos programas CurveExpert e Statistica 9.0, os modelos foram submetidos a análise residual que verificou normalidade, independência e homocedasticidade, além de análises de outliers. A avaliação da capacidade de previsão foi feita via critérios BIC e AIC. Os dados foram obtidos no portal do DATASUS, foram coletados todos os dados de AIDS no período de 1984 a 2014. Entre os principais resultados destaca-se que, para a região Norte, o modelo que melhor se ajustou aos dados foi o modelo não linear logístico que projeta uma estabilidade futura de casos de AIDS para o Norte estimado em 4700 casos novos anuais.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::PROBABILIDADE E ESTATISTICApor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Naturais e Exataspor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.