Show simple item record

dc.contributor.advisorLink, Dionisio
dc.creatorFreitas, Alice Molz
dc.date.accessioned2019-04-03T12:35:21Z
dc.date.available2019-04-03T12:35:21Z
dc.date.issued2011-07-29
dc.date.submitted2011
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/16047
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais, Curso de Especialização em Educação Ambiental, EaD, RS, 2011.por
dc.description.abstractThis study has as main objective to analyze the environmental and social implications related to the right of small property and the application of the Law of the Brazilian Forest Code, regarding to the APP's. Is justified by the environmental and social relevance, through the search for the right balance between the public interest in environmental preservation and the particular in exercising their right to property. The APP's need to be preserved, but the small producer also need to have decent conditions of living and to produce on their property. To verify that in practice, a field was conducted in two rural towns from the municipality of Condor, RS, which allowed to open paths in understanding this complex issue. The work is based on bibliographic research, virtual, interviews and field. Some of the data obtained are surprising, as the small area of land with presence of large water sources, index to the inappropriate use of the areas of APP's. The implications on family income on the application of the Law of APP's on the property and the lack of knowledge about the environmental legislation. The results obtained in this research have brought benefits for reflection and necessary changes to the small producer, environmental education and other segments of society. Focusing on leveraging a new culture and matrix production that protects the environment, produces income, and thus, bring environmental, economic and social benefits, that is, the agricultural sustainability in small property and the balance between the two rights guaranteed by the FA – Brazilian Federal Constitution.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectAPP’s (Áreas de Preservação Permanente)por
dc.subjectDireito de propriedadespor
dc.subjectPequeno produtorpor
dc.subjectRenda familiarpor
dc.subjectSustentabilidadepor
dc.subjectRight of propertieseng
dc.subjectSmall producereng
dc.subjectFamily incomeeng
dc.subjectSustainabilityeng
dc.titleUm olhar sobre o direito de propriedade e as áreas de preservação permanente no município de Condor - RSpor
dc.title.alternativeA look at the right of ownership and the areas of permanent preservation in the municipality of Condor – RSeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localPolo de Panambi, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationEducação Ambiental, EaDpor
dc.description.resumoEste estudo tem como objetivo geral analisar as implicações ambientais e sociais relativas ao direito da pequena propriedade e aplicação da Lei do Código Florestal Brasileiro, no que tange às APP’s. Justifica-se pela relevância ambiental e social da busca do equilíbrio entre o interesse público na preservação ambiental e o particular em exercer o seu direito de propriedade. As APP’s precisam ser preservadas, mas o pequeno produtor precisa ter condições dignas de viver e produzir em sua propriedade. Para constatar na prática, realizou-se uma pesquisa de campo em duas localidades rurais do município de Condor – RS, que possibilitou abrir caminhos no entendimento desta complexa questão. O trabalho está fundamentado em pesquisa bibliográfica, virtual, de campo e entrevistas. Alguns dados obtidos são surpreendentes, como a pequena extensão de terra com presença de grandes mananciais hídricos, o índice do uso inadequado das APP’s, as implicações na renda familiar na aplicação da Lei das APP’s na propriedade e a falta de conhecimentos sobre a legislação ambiental. Os resultados obtidos na pesquisa trouxeram subsídios para reflexão e mudanças necessárias ao pequeno produtor, à educação ambiental e demais segmentos da sociedade, com foco em alavancar uma nova cultura e matriz produtiva que proteja o meio ambiente, produza renda, trazendo benefícios ambientais, econômicos e sociais, ou seja, a sustentabilidade agrícola na pequena propriedade e o equilíbrio entre os dois direitos assegurados pela Constituição Federal Brasileira.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Ruraispor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Educação Ambiental - EaD [321]
    Coleção dos trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Educação Ambiental - EaD

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.