Show simple item record

dc.contributor.advisorSilveira, Vicente Celestino Pires
dc.creatorFabricio, Luis Fernando Rücker
dc.date.accessioned2019-04-04T14:37:19Z
dc.date.available2019-04-04T14:37:19Z
dc.date.issued2011-08
dc.date.submitted2011
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/16069
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais, Curso de Especialização em Agricultura Familiar Camponesa e Educação do Campo, RS, 2015.por
dc.description.abstractThrough empirical observation that identifies the families settled, coming predominantly from the northern half of the state, repeat the production model of the region in the early colonial years in the settlement. Subsequently, over the years and successive losses of rainfed grain crops, end up reproducing the matrix of the region's productive campaign.The aim of the thesis is to study the causes and factors of production matrix conversion occurred in three settlements in the municipality of Don Pedrito - RS. The initial hypothesis is that the process of restructuring of production has relevance in the settlements Alto Alegre, New Upacaraí and Vista. The work is constituted as a case study, based on documental analysis and semistructured interviews with three families settled, one in each settlement quoted. Documentary analysis found that 100% of the plots of the three settlements systems work with beef cattle and 36 families have as their main source of income in the beef cattle or milk. Families were selected from the original list of beneficiaries of the settlement or are more than 15 years settled in the city, which have originated in the northern half of the state and working with livestock production systems.The study shows that the region of Rio Grande do Sul campaign has different structural and environmental conditions. As a result, the interviews have identified that the process of productive restructuring of settlers was caused by the region's environmental conditions (climate, soil, topography and vegetation) and lack of local infrastructure and regional (roads and market access) . The motivation of families to the production of beef cattle are the safety and low risk activity, given this to be the best technical and economic conditions in a sustainable way of settlement and region. To support families and ensure the social reproduction, the respondents sought ways to increase the area explored, due to the small size of the lots in the three settlements and the need for larger scale production to compensate for the low economic profitability of beef cattle. In the history of past migrations occurred in the region, such as the installation of Trigolândia in 1925, the Cologne New Cologne Salvador in 1950 and the Garden in 1964, it is clear that there was the same process of adaptation of settlers to the regional agroecosystem. Different times, different backgrounds, different cultures, different religions, different constitutive forms, similar cases. Depending on the evidence presented, we suggest different strategies of land reform campaign in Gaucho. Appropriate sizes of lots and prioritization of families in the region are important factors for the installation of different models of settlements in the Campaign Gaucho.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectReconversão da matriz produtivapor
dc.subjectEstratégia de reproduçãopor
dc.subjectAssentamentospor
dc.subjectConversion of productive matrixeng
dc.subjectReproduction strategyeng
dc.subjectSettlementseng
dc.titleEstudo da estratégia de reprodução em três assentamentos no município de Dom Pedrito RSpor
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationAgricultura Familiar Camponesa e Educação do Campopor
dc.description.resumoAtravés de observação empírica identifica-se que as famílias assentadas, oriundas predominantemente da metade norte do estado, repetem o modelo produtivo da região colonial em seus primeiros anos no assentamento. Posteriormente, com o passar dos anos e sucessivas perdas das lavouras de grãos de sequeiro, acabam reproduzindo a matriz produtiva da região da Campanha. O objetivo da monografia é o estudo das causas e fatores da reconversão da matriz produtiva ocorrida em três assentamentos no município de Dom Pedrito – RS. A hipótese inicial é de que o processo de reconversão produtiva tenha relevância nos assentamentos Alto Alegre, Upacaraí e Vista Nova. O trabalho se constitui como um estudo de caso, com base em análise documental e realização de entrevistas semi-estruturadas com três famílias assentadas, uma em cada assentamento citado. Análise documental identificou que 100% dos lotes dos três assentamentos trabalham com sistemas de pecuária de corte e que 36 famílias apresentam como principal fonte de renda a pecuária de corte ou de leite. Foram selecionadas famílias da relação de beneficiários original do assentamento ou que estão há mais de 15 anos assentadas no município, que possuem origem na metade norte do estado e que trabalham com sistemas produtivos pecuários. O estudo realizado evidencia que a região da Campanha Gaúcha apresenta condições ambientais e estruturais diferenciadas. Em função disso, as entrevistas realizadas permitiram identificar que o processo de reconversão produtiva das famílias assentadas foi causado pelas condições ambientais da região (clima, solo, relevo e vegetação) e falta de infra-estrutura local e regional (estradas e acesso ao mercado). A motivação das famílias para produção de bovinos de corte são a segurança e o baixo risco da atividade, em função desta ser a melhor alternativa técnica e econômica de forma sustentável nas condições do assentamento e região. Para sustento das famílias e garantia da reprodução social, os entrevistados buscaram formas de aumento da área explorada, em função do tamanho reduzido dos lotes nos três assentamentos e da necessidade de maior escala de produção para compensar a baixa rentabilidade econômica da pecuária de corte. Na história das migrações anteriores ocorridas na região, como a instalação da Trigolândia em 1925, a Colônia Nova em 1950 e a Colônia Salvador Jardim em 1964, percebe-se que ocorreu o mesmo processo de adaptação das famílias assentadas ao agroecossistema regional. Diferentes épocas, diferentes origens, diferentes culturas, diferentes religiões, diferentes formas constitutivas, processos semelhantes. Em função das evidências apresentadas, sugerem-se estratégias diferenciadas de reforma agrária na Campanha Gaúcha. Tamanhos adequados de lotes e priorização de famílias da própria região são fatores importantes para instalação de modelos diferenciados de assentamentos na Campanha Gaúcha.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIASpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Ruraispor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.