Show simple item record

dc.contributor.advisorPereira, Breno Augusto Diniz
dc.creatorFerreira, Robson Diego
dc.date.accessioned2019-04-09T14:12:24Z
dc.date.available2019-04-09T14:12:24Z
dc.date.issued2011-07-09
dc.date.submitted2011
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/16113
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Sociais e Humanas, Curso de Especialização em Gestão Pública, EaD, RS, 2011.por
dc.description.abstractThis study aims to characterize the functioning of open government activities on electronic State Executive Powers held in regions South and Southeast of Brazil, covering the States of Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo and Minas Gerais. The informations were collected in the first quadrimester of the year 2011, and these formed the subsidy to the structure of the work, which involved two forms of search: one by means of structured electronic questionnaire applied to managers of the governments who were studied, another developed by evaluation of official electronic governmental sites using structured schedule. The results obtained on the intersection of the data show that there is a multiplicity of actions in open Government in electronic format, but the stage of evolution of institutions which were studied is discharged as a variable. Also, there are important aspects to be improved in Governments regarding the theme of this study. A fact that proves this is the difficulty of obtaining data by form applied to public managers, where we can see bureaucracy and slow response by some institutions. It was found that there are several actions under development geared to transparency, collaboration and participation in electronic format, which are the basis for an open government. This fact raises the expectation of a continued evolution, including the possibility of benchmarking among the ones studied.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectGoverno abertopor
dc.subjectGoverno eletrônicopor
dc.subjectTransparênciapor
dc.subjectParticipaçãopor
dc.subjectColaboraçãopor
dc.subjectOpen governmenteng
dc.subjectElectronic governmenteng
dc.subjectTransparencyeng
dc.subjectParticipationeng
dc.subjectCollaborationeng
dc.titleO governo aberto nas regiões Sul e Sudeste do Brasil: uma caracterização das atividades eletrônicas desenvolvidaspor
dc.title.alternativeThe opened government in South and Southeast regions of Brazil: a characterization of the electronic developed activitieseng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localPolo de Picada Café, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationGestão Pública, EaDpor
dc.description.resumoO presente estudo tem como objetivo caracterizar o funcionamento das atividades de governo aberto em meio eletrônico realizadas nos Poderes Executivos Estaduais das Regiões Sul e Sudeste do Brasil, que abrangem os Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catariana, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais. As informações foram colhidas no primeiro quadrimestre do ano de 2011, sendo que, essas formaram o subsidio para a estrutura do trabalho, que envolveu duas formas de pesquisa: uma por meio de questionário eletrônico estruturado aplicado a gestores dos governos estudados, outra desenvolvida via avaliação dos sítios eletrônicos governamentais oficiais utilizando roteiro estruturado. Os resultados obtidos diante do cruzamento dos dados mostram que existe uma multiplicidade de ações em governo aberto no formato eletrônico, porém o estágio de evolução dos entes estudados é apurado como variável. Igualmente, verificam-se aspectos importantes a serem aprimorados nos governos no que tange ao tema desse estudo. Um fato que comprova isso é a própria dificuldade de obtenção de dados via formulário aplicado aos gestores públicos, onde se pode constatar a burocracia e a morosidade de resposta por parte de alguns entes. Constatou-se que existem diversas ações em desenvolvimento voltadas à transparência, colaboração e participação em formato eletrônico, que são a base para um governo aberto. Esse fato gera a expectativa de uma evolução contínua, inclusive com a possibilidade de benchmarking dentre os entes estudados.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICApor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Sociais e Humanaspor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Gestão Pública - EaD [303]
    Coleção dos trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Gestão Pública - EaD

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.