Show simple item record

dc.contributor.advisorMourad, Leonice Aparecida de Fatima Alves Pereira
dc.creatorPedroso, Jocasta Vandes
dc.date.accessioned2019-11-07T11:59:02Z
dc.date.available2019-11-07T11:59:02Z
dc.date.issued2015-10-21
dc.date.submitted2015
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/18826
dc.descriptionArtigo (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais, Curso de Especialização em Agricultura Familiar Camponesa e Educação no Campo, RS, 2015.por
dc.description.abstractThis article deals with the permanence of rural young couples in agrarian reform settlements of the interior of the Black Coal county - RS and what their identifies life projects. As we know, there are many literatures which claim that the field is becoming an empty space due to the rural exodus, led by rural youth, particularly young women. However, in the course of observations and studies within the municipality, it was possible to visualize the presence of many young couples settled in various localities of Coal Black. In order to be able to earn an income to ensure their survival in the field, these couples develop various agricultural activities and even non-agricultural. To do so, were pre-selected a sample of three young couples to be interviewed, each couple generates its income from different activities, but with some common ground. One of the couples has milk production primarily engaged in their lot; another couple cultivated soybean crops; and finally the third couple cultivates seed, prepares and sells bakery at the Fair of Agrarian Reform that occurs in the city, make crafts and assists in dairy farming parents of the young man in cooperativado regime. This research has as main objective to analyze the motivations for young people to remain in the field, face the adversities of rural areas and what are the strategies and life plans of these rural couples who remain in the settlements of Agrarian Reform in the municipality of Coal Black / RS. The specific objectives are to check which economic motivations that encourage young people to remain in the field; identify which are the non-economic factors that motivate the permanence of young people in the field; determine the profile of the young man who remains in the field and analyze what their life projects.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectAssentamentos ruraispor
dc.subjectJuventude ruralpor
dc.subjectAtividades produtivaspor
dc.subjectProjetos de vidapor
dc.subjectRural settlementseng
dc.subjectRural youtheng
dc.subjectProductive activitieseng
dc.subjectLife projectseng
dc.titleJovens casais rurais e seus projetos de vida estudo de caso de Hulha Negra/RSpor
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationAgricultura Familiar Camponesa e Educação no Campopor
dc.description.resumoO presente artigo trata da permanência de jovens casais rurais, nos assentamentos de reforma agrária do interior do município de Hulha Negra – RS e identifica quais são seus projetos de vida. Como se sabe, muitas são as literaturas que afirmam que o campo está se tornando um espaço vazio em decorrência do êxodo rural, liderado pelos jovens rurais, em especial as jovens. Contudo, no decorrer das observações e estudos realizados no interior do município, foi possível visualizar a presença de diversos casais de jovens assentados em várias localidades de Hulha Negra. A fim de poderem obter uma renda que assegure sua sobrevivência no campo, estes casais desenvolvem diversas atividades agrícolas e até mesmo não agrícolas. Para tanto, foram pré-selecionados uma amostra de três casais de jovens para serem entrevistados, sendo que cada casal gera sua renda a partir diferentes atividades, porém, com alguns pontos em comum. Um dos casais tem a produção leiteira como atividade principal no seu lote; outro casal cultiva lavouras de soja; e por fim o terceiro casal cultiva sementeiras, prepara e comercializa panificados na Feira da Reforma Agrária que ocorre no município, e auxilia na atividade leiteira dos pais do jovem, em regime cooperativado. Esta pesquisa tem como objetivo geral analisar quais as motivações para os jovens permanecerem no campo frente às adversidades do meio rural e quais são as estratégias e projetos de vida destes casais rurais que permanecem nos assentamentos de Reforma Agrária no município de Hulha Negra/RS. Os objetivos específicos são verificar quais as motivações econômicas que estimulam os jovens a permanecerem no campo; identificar quais são os fatores não econômicos que motivam a permanência dos jovens no campo; analisar qual o perfil do jovem que permanece no assentamento e averiguar quais são seus projetos de vida.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIASpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Ruraispor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.