Show simple item record

dc.creatorBergmann, Fabiane Borba
dc.date.accessioned2021-04-09T17:25:24Z
dc.date.available2021-04-09T17:25:24Z
dc.date.issued2016-05-30
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/20520
dc.description.abstractTrace elements exert influence on aquatic ecosystems. Some, such as copper and zinc are essential to living organisms in small concentrations, but they may become toxic at high concentrations. Others, with unknown biological function, such as cadmium and lead are important environmental contaminants. The increased of trace elements in aquatic environments can become harmful to water birds, causing several changes in these organisms. For the study of these relations, we used two approaches, one theoretical and one practical. In the first approach, we performed a systematic review and a meta-analysis on the association between the exposure to contaminated areas to lead in water birds and biochemical biomarkers. For this study, we searched databases such as Web of Science, Scopus Cab among other sources. Biomarkers like delta-aminolevulinic acid dehydratase, protoporphyrin, hematocrit and hemoglobin have been showing satisfactory results of association and detection of lead exposure. Whereas catalase, ceruloplasmin and glutathione reductase are still little explored. We concluded that there are biochemical changes due to the exposure of birds to contaminated areas, but the biomarkers may be affected by several factors. We suggest the proposition of a protocol to measure the biochemical changes to field studies and we advise the use of multiple biomarkers for the detection of the exposure of birds to lead contamination. In the second approach, we did a field study comparing the concentration of trace elements and biomarkers levels in water birds that are found at areas of organic and non-organic irrigated rice cultivation. We tested if: a) there are differences in water birds exposure to trace elements in organic and non-organic rice farming systems; b) there are differences between the aquatic birds that frequent areas of organic rice farming system and non-organic systems regarding the profile of biomarkers of oxidative stress: thiobarbituric acid reactive substances, non-proteic thiols and carbonyl protein in the liver and muscle, and in the activity of superoxide dismutase and catalase in the liver; c) there is an association between biomarkers of oxidative stress and the exposure to trace elements. For this study, we collected aquatic birds with a firearm in two irrigated rice systems. We separated feathers samples (to determine the concentrations of trace elements), liver and muscle (to determine the profile of biomarkers). We observed higher concentrations of cadmium and zinc in feathers of birds that were found at the organic farming systems and higher concentrations of lead and copper in feathers of those that were found at non-organic cultivation systems. We noticed that thiobarbituric acid reactive substances, non-protein thiols and carbonyl protein showed higher levels in organic cultivation system and superoxide dismutase and catalase showed higher activity in non-organic farming system. In this approach, we conclude that the water birds that are found at rice fields presented differences on exposure to trace elements and differences on their biomarkers profile. However, we found no consistent association between the exposure and the biochemical effects. We suggest that various internal and external not controlled factors may affect these relations.eng
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul, FAPERGS, Brasil.por
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectAnatidaepor
dc.subjectContaminaçãopor
dc.subjectExposiçãopor
dc.subjectMetaispor
dc.subjectPenaspor
dc.subjectThreskiornithidaepor
dc.subjectContaminationeng
dc.subjectExpositioneng
dc.subjectMetalseng
dc.subjectFeatherseng
dc.titleBiomarcadores bioquímicos e elementos-traço em aves aquáticas não passeriformes em áreas úmidaspor
dc.title.alternativeBiochemical biomarkers and trace element in water birds non- passeriformes in wetlandseng
dc.typeTesepor
dc.description.resumoElementos-traço exercem influência nos ecossistemas aquáticos. Alguns, como cobre e zinco são essenciais aos organismos vivos em pequenas concentrações, mas podem se tornar tóxicos em altas concentrações. Outros, sem função biológica conhecida, como cádmio e chumbo são importantes contaminantes ambientais. O aumento de elementos-traço em ambientes aquáticos pode se tornar nocivo para as aves aquáticas, causando diversas alterações nestes organismos. Para o estudo destas relações, utilizamos duas abordagens, uma teórica e outra prática. Na primeira, realizamos uma revisão sistemática e uma metanálise sobre a associação entre a exposição às áreas contaminadas ao chumbo em aves aquáticas e os biomarcadores bioquímicos. Para isto foram feitas buscas de estudos nas bases de dados Web of Science, Scopus, Cab entre outras fontes. Biomarcadores como ácido delta- aminolevulínico desidratase, protoporfirina, hematócrito e hemoglobina tem demonstrado resultados satisfatórios de associação e de detecção de exposição ao chumbo. Já catalase, ceroloplasmina e glutationa redutase ainda são pouco explorados. Concluímos que há alterações bioquímicas em decorrência da exposição das aves às áreas contaminadas, mas que os biomarcadores podem ser influenciados por diversos fatores. Sugerimos a proposição de um protocolo de medição de alterações bioquímicas para estudos de campo e aconselhamos a utilização de vários biomarcadores para a detecção da exposição das aves à contaminação por chumbo. Na segunda abordagem, fizemos um estudo de campo e comparamos a concentração de elementos-traço e os níveis de biomarcadores em aves aquáticas que frequentam áreas de cultivo de arroz irrigado orgânicos e não orgânico. Testamos se: a) existem diferenças na exposição de aves aquáticas a elementos traço em sistemas de cultivo de arroz orgânico e não orgânico; b) existem diferenças entre as aves aquáticas que frequentam o sistema de cultivo de arroz orgânico e as que frequentam o sistema não orgânico quanto ao perfil dos biomarcadores de estresse oxidativo: substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico, tióis não proteicos e proteína carbonil em fígado e músculo, e na atividade das enzimas superóxido dismutase e catalase em fígado; c) existe associação entre os biomarcadores de estresse oxidativo e a exposição aos elementos traço. Para isto realizamos coletas de aves aquáticas com arma de fogo em dois sistemas de cultivos de arroz irrigado. Separamos amostras de penas (para determinação das concentrações de elementos- traço), fígado e músculo (para a determinação dos perfis dos biomarcadores). Observamos maiores concentrações de cádmio e zinco nas penas das aves que utilizaram o sistema de lavouras orgânico e maiores concentrações de chumbo e cobre nas penas das que utilizaram o sistema de lavouras não orgânico. Observamos que substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico, tióis não proteicos e proteína carbonil apresentaram maiores níveis no sistema de lavouras orgânicas e que superóxido dismutase e catalase apresentaram maiores atividades no sistema de lavouras não orgânico. Nesta abordagem concluímos que as aves aquáticas que frequentam lavouras de arroz apresentam diferenças quanto à exposição a elementos-traço e diferenças no seu perfil de biomarcadores. Entretanto, não verificamos uma associação consistente entre a exposição e os efeitos bioquímicos. Sugerindo que diversos fatores internos e externos não controlados possam afetar estas relações.por
dc.contributor.advisor1Guadagnin, Demetrio Luis
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7127079460290707por
dc.contributor.referee1Behr, Everton Rodolfo
dc.contributor.referee1LattesXXXXXXXXXXXXXXXpor
dc.contributor.referee2Calabuig, Cecília Irene Pérez
dc.contributor.referee2LattesXXXXXXXXXXXXXXXXXXpor
dc.contributor.referee3Menezes, Charlene Cavalheiro de
dc.contributor.referee3LattesXXXXXXXXXXXXXXXpor
dc.contributor.referee4Amaral, Hugo Leoanrdo da Cunha
dc.contributor.referee4LattesXXXXXXXXXXXXXXXXXXpor
dc.contributor.referee5Oliveira, Guendalina Torcato
dc.contributor.referee5LattesXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXpor
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2233365650288575por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.departmentCiências Biológicaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biodiversidade Animalpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Naturais e Exataspor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.