Show simple item record

dc.contributor.advisorNishijima, Toshio
dc.creatorMartins, Luciana Aparecida Ramos
dc.date.accessioned2017-06-29T13:16:04Z
dc.date.available2017-06-29T13:16:04Z
dc.date.issued2010-03-20
dc.date.submitted2010
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/3035
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais, Curso de Especialização em Educação Ambiental, EaD, RS, 2010.por
dc.description.abstractThis study aimed to greater awareness in the Quilombola community Passo do Maia, located in Formigueiro, in the central region of the state of Rio Grande do Sul, Brazil, the importance of environmental preservation, as well as its correlation with the health and quality of life residents. In order to make environmental education, was made a map of the environmental conditions of this community, as well as a survey of his views about the concepts of environment, pollution, methods of environmental preservation, environmentally friendly everyday practices, such as destination proper household waste through interview questionnaire consisting of both the mi-structured, whereby it was found that the community currently consists of 55 residents, with only 17 of them engaged in paid activities, only 4 work the formal economy, have employment relatioship and guaranteed income. Regarding the salary issue, only two of the interviewed families reported an income of 3 minimum wages, a family has 2 times the minimum wage, eight of the families living on minimum wage and three of them have incomes below the minimum wage. Despite the low family income included only 06 of the 14 interviewed families are assisted by social programs, and all of them are assisted by Bolsa Família. The vast majority of adults in this community have the primary school, some are illiterate and only one of the respondents have attended high school, but did not conclude it. The results showed that the concepts of environment, environmental degradation and ecologically sound practices are quite rudimentary.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectEducação ambientalpor
dc.subjectComunidade quilombolapor
dc.subjectLixopor
dc.subjectÁguapor
dc.titlePreservação ambiental e qualidade de vida em comunidades quilombolaspor
dc.title.alternativeEnvironmental preservation and quality of life in community ties quilombolaeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localPolo de São Sepé, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationEducação Ambiental, EaDpor
dc.description.resumoO presente trabalho teve como objetivo geral aprofundar o conhecimento a respeito da realidade da comunidade quilombola Passo do Maia, localizada no município de Formigueiro, região central do Rio Grande do Sul, verificando seus êxitos e suas necessidades, com vistas a sensibilizar a comunidade quanto à importância da preservação ambiental, bem como sua correlação com a saúde e a qualidade de vida dos moradores. A fim de viabilizar ações de educação ambiental, foi efetuado um mapeamento das condições ambientais da comunidade, através de entrevista por questionário composto de questões semi-estruturadas, através do qual se constatou que atualmente a comunidade é formada por 55 moradores, sendo que apenas 17 deles exercem atividades remuneradas, destes, apenas 04 atuam na economia formal, possuem vínculo empregatício e renda garantida. Quanto à questão salarial, apenas duas das famílias entrevistadas possuem renda de 3 salários mínimos, uma família conta com 2 salários mínimos, oito das famílias sobrevivem com 1 salário mínimo e três delas possuem renda inferior a um salário mínimo. Apesar da baixa renda familiar, apenas 06 das 14 famílias entrevistadas são assistidas por programas sociais, sendo todas elas, pelo bolsa família. A grande maioria dos adultos desta comunidade possui o ensino fundamental incompleto, alguns são analfabetos e apenas um dos entrevistados possui o ensino médio incompleto. Os resultados apontaram que as noções de meio ambiente, degradação ambiental e práticas ecologicamente adequadas são bastante rudimentares.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências Ruraispor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Educação Ambiental - EaD [321]
    Coleção dos trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Educação Ambiental - EaD

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.