Show simple item record

dc.creatorKönig, Rodrigo
dc.date.accessioned2014-07-31
dc.date.available2014-07-31
dc.date.issued2013-03-08
dc.identifier.citationKÖNIG, Rodrigo. LEAF LITTER IN SUBTROPICAL STREAMS: DYNAMICS OF ORGANIC MATTER, DECOMPOSITION PROCESS AND ASSOCIATED MACROFAUNA.. 2013. 102 f. Tese (Doutorado em Ciencias Biológicas) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2013.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/3284
dc.description.abstractLow-order forested streams are dependent on allochthonous material input and the main energy source is obtained from leaf litter provided by the surrounding vegetation. Several gaps need to be filled to the knowledge of this process in subtropical environments and, accordingly, the thesis aimed to conduct some investigations considering the decomposition of leaf litter in streams. Four studies were conducted in subtropical streams with the following objectives: a) to verify the quantitative importance of the leaf input into streams, the main sources of input and its variation over the year; b) to analyze the influence of the leaf litter quality on decomposition and macroinvertebrate colonization; c) to evaluate the influence of the land use on the decomposition process, including the macroinvertebrate community and fungi; d) to conduct an initial investigation about the influence of insecticide application on the macroinvertebrate community that colonizes leaves in streams. Leaf litter was the main plant component to come in stream and the main route of entry allochthonous material was vertical. We observed the influence of season on this entry, with an increase mainly in the autumn and in the months with high rainfall. The chemical characteristic of leaves influenced the decomposition of leaf litter and its colonization by the macroinvertebrate community. Leaves with higher nitrogen content and lower amount of components that hinder decomposition were processed more quickly and, for these reasons, showed a higher amount of shredders. Moreover, different land uses did not significantly influence the decomposition process, just modifying some aspects of the macroinvertebrate community, especially in streams with urban influence. The results may be due to high currents found in local streams that make homogeneous its consequences for water quality, for the biological component and hence for ecological processes such as decomposition. We observed an influence of insecticide application on the macroinvertebrate community, decreasing the abundance of the target groups of the product, but generating an increase in the richness and abundance of other groups after an initial period of colonization.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectVegetação ripáriapor
dc.subjectEntrada de matéria orgânicapor
dc.subjectFungos filamentosospor
dc.subjectInvertebrados aquáticospor
dc.subjectRiparian vegetationeng
dc.subjectOrganic matter inputeng
dc.subjectHyphomyceteseng
dc.subjectAquatic invertebrateseng
dc.titleDetritos foliares em riachos subtropicais: dinâmica de matéria orgânica, processo de decomposição e macrofauna associadapor
dc.title.alternativeLeaf litter in subtropical streams: dynamics of organic matter, decomposition process and associated macrofauna.eng
dc.typeTesepor
dc.description.resumoOs riachos florestados de baixa ordem são dependentes da entrada de material alóctone e a principal fonte de energia é obtida de detritos foliares provenientes da vegetação de entorno. Várias lacunas precisam ser preenchidas para o conhecimento desse processo em ambientes subtropicais e, nesse sentido, esta tese teve como objetivo realizar algumas investigações considerando o processamento de detritos foliares em riachos. Foram conduzidos quatro estudos em riachos subtropicais com os seguintes objetivos: a) verificar a importância quantitativa da entrada foliar em riachos, as principais vias de entrada e sua variação ao longo do ano; b) analisar a influência da qualidade do detrito foliar sobre a decomposição e colonização por macroinvertebrados; c) avaliar a influência do uso e ocupação da terra sobre o processo de decomposição, incluindo a comunidade de macroinvertebrados e fungos; d) realizar uma investigação inicial acerca da influência da aplicação de inseticida sobre a comunidade de macroinvertebrados que coloniza folhas em riachos. Detritos foliares foram o principal componente vegetal a entrar no riacho e a principal via de entrada do material alóctone foi a lateral. Foi observada influência da época do ano sobre esta entrada, com aumento principalmente nos meses do outono e com alta pluviosidade. A característica química das folhas influenciou a decomposição de detritos foliares e sua colonização pela comunidade de macroinvertebrados. Folhas com maior teor de nitrogênio e menor quantidade de componentes que dificultam a decomposição foram processadas mais rapidamente e apresentaram maior quantidade de fragmentadores. Por outro lado, diferentes usos da terra não influenciaram significativamente o processo de decomposição, apenas modificando alguns aspectos da comunidade de macroinvertebrados, principalmente em riachos com influência urbana. Os resultados podem ter ocorrido devido às altas correntezas encontradas nos riachos da região, que tornam homogêneas suas consequências para a qualidade da água, para o componente biológico e, consequentemente, para os processos ecológicos como a decomposição. Foi observada uma influência da aplicação de inseticida sobre a comunidade de macroinvertebrados, diminuindo a abundância dos grupos-alvo do produto, mas gerando um aumento na riqueza e abundância dos demais grupos após um período inicial de colonização.por
dc.contributor.advisor1Hepp, Luiz Ubiratan
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0784893347159686por
dc.contributor.referee1Gonçalves Júnior, José Francisco
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1415005734830737por
dc.contributor.referee2Peres, Luciane Ayres
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/5408553163437068por
dc.contributor.referee3Moretti, Marcelo da Silva
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/3547610267125711por
dc.contributor.referee4Fornel, Rodrigo
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/9519038691227013por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4756440E7por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentCiências Biológicaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biodiversidade Animalpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.