Show simple item record

dc.creatorGonçalves, Alberto Senra
dc.date.accessioned2016-11-23
dc.date.available2016-11-23
dc.date.issued2015-03-16
dc.identifier.citationGONÇALVES, Alberto Senra. DISTRIBUTION PATTERN OF THE GENUS Aegla Leach, 1820 (Crustacea, Decapoda, Anomura) ASSOCIATED TO THE COVER LAND.. 2015. 104 f. Tese (Doutorado em Ciencias Biológicas) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/3292
dc.description.abstractKnowing the distributional patterns and the mechanisms that lead to the actual levels of diversity and richness is a challenge given the ecosystems threats. Understanding how the threats coming from the human actions can affect this diversity is the key to protect ecosystems and species. This study toward (i) investigate the richness distribution patterns of the genus Aegla in four freshwater ecoregions in South America, as well as (ii) the mechanisms that lead to that distribution, and (iii) the human influences in these freshwater ecosystems. The study area comprised four freshwater ecoregions: Upper Uruguay, Low Uruguay, Laguna dos Patos, and Tramandaí-Mampituba. Through data from five scientific collections, UFRGS, UFSM, FZB-RS, PUC-RS, and URI-Erechim, we compiled 30 species of Aegla. We associated the species distribution in four ecoregions to the distributional patterns, conservation status, environmental and spatial variables, rugosity, and land cover. The protected area network not effectively protects the aquatic ecosystems. The species richness is associated to average values of rugosity. Finally, the species occurrence areas exhibit land cover categories of agriculture and urban areas. We consider the levels of endemism inside the protected area network are key factor to conservation of aquatic ecosystems. Historic process linked to the river network formation, in a spatial context, is an important approach to understand the distributional pattern of some freshwater groups. These patterns are associated to spatial questions, following the increasing of agriculture and urban lands, are committing the diversity in freshwater environments.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectRiqueza de espéciespor
dc.subjectModelos de distribuição de espéciespor
dc.subjectRugosidadepor
dc.subjectPaisagempor
dc.subjectConservaçãopor
dc.subjectSpecies richnesseng
dc.subjectSpecies distribution modelseng
dc.subjectRugosityeng
dc.subjectLandscapeeng
dc.subjectConservationeng
dc.titlePADRÕES DE DISTRIBUIÇÃO DO GÊNERO Aegla Leach, 1820 (Crustacea, Decapoda, Anomura) ASSOCIADOS À COBERTURA DO SOLOpor
dc.title.alternativeDISTRIBUTION PATTERN OF THE GENUS Aegla Leach, 1820 (Crustacea, Decapoda, Anomura) ASSOCIATED TO THE COVER LAND.eng
dc.typeTesepor
dc.description.resumoConhecer os padrões de distribuição e os mecanismos que levam aos níveis de diversidade e riqueza atuais são desafios dado à ameaça dos ecossistemas. Entendermos como as ameaças oriundas das ações do homem podem impactar essa diversidade é a chave para conservarmos ecossistemas e espécies. Esse estudo teve como objetivo (i) investigar os padrões de distribuição da riqueza do gênero Aegla em quatro ecorregiões de água doce da América do Sul, bem como, (ii) quais os mecanismos que levaram a tal distribuição, e por fim, (iii) a influência das ações do homem nos ecossistemas de água doce. A área de estudo compreendeu quatro ecorregiões de água doce: Alto Uruguai, Baixo Uruguai, Laguna dos Patos e Tramandaí-Mampituba. Através de registros de cinco coleções científicas, UFRGS, UFSM, FZB-RS, PUC-RS e URI-Erechim, obtivemos dados de 30 espécies do gênero Aegla. Padrões de distribuição, status de conservação, variáveis ambientais e espaciais, rugosidade e cobertura do solo foram analisadas e associadas à distribuição das espécies nas ecorregiões. Ficou claro que a rede de unidades de conservação não protege efetivamente os ecossistemas aquáticos. Por sua vez, a riqueza de espécies está associada a valores médios de rugosidade do relevo. E, finalmente, as áreas de ocorrência das espécies apresentaram cobertura do solo com áreas agrícolas e urbanas. Considerarmos os níveis de endemismos dos grupos nas redes de unidades de conservação é um fator chave para proteção efetiva dos ecossistemas aquáticos. Processos históricos ligados à formação das redes de rios, no contexto espacial, é a chave para entendermos padrões de distribuição de alguns grupos de água doce. Esses padrões de distribuição associados às questões espaciais, ligados ao crescente aumento das áreas de agricultura e urbana, estão comprometendo a diversidade de ambientes dulcícolas.por
dc.contributor.advisor1Santos, Sandro
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4727997Y7por
dc.contributor.referee1Araujo, Paula Beatriz de
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6693864880223173por
dc.contributor.referee2Magalhaes Filho, Celio Ubirajara
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8340344332209795por
dc.contributor.referee3Pereira Filho, Waterloo
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4797889P8por
dc.contributor.referee4Silva, Marcelo Dutra da
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/2150199198676703por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2314856645578831por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentCiências Biológicaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biodiversidade Animalpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.