Show simple item record

dc.contributor.advisorTerrazzan, Eduardo Adolfo
dc.creatorSilva, Andréia Aurélio da
dc.date.accessioned2014-08-12T13:19:38Z
dc.date.available2014-08-12T13:19:38Z
dc.date.issued2011-02-28
dc.date.submitted2011
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/333
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação, Curso de Especialização em Gestão Educacional, RS, 2011.por
dc.description.abstractThis research was carried out inside of Specialization in Educational Management. With it we seek to contribute to the o the understanding of the incidence of Public Policies in Education Management concerning the educational process in the development of School Public Education, with special attention to the Plan of Joint Actions (PJA) and their relations with the management of the Network School Municipal Public. For this, we analyzed the participation of eleven cities of Santa Maria region micro, belonging to the state of Rio Grande do Sul, Brazil, through study of the documents that the PJA of these city. With this analysis, it was possible to list a set of factors that influence the participation municipal secretariats of education in the PJA, which were grouped into two blocks. The first block concerns the factors that shape the possibilities for use in the PJA as a tool for operational collaboration between the federal government and cities. The second block refers to factors that finish for limiting the use of PJA, as a tool for the operationalization of this collaboration. A representative example of the factor classified in the first block is the formal accountability of educational managers at the macro level, in the person of the Minister of Education and at the micro level, in the person of the Municipal Secretary of Education, monitoring, enforcement and compliance actions be developed in each of these levels. In the second block, we can mention the evaluation of PJA binding only to the performance of students of public IDEB in these municipalities, which makes the responsibility for the improvement of education, ultimately fall on the schools and on school stakeholders In particular, teachers. Finally, analysis of the PJA in these cities, shows that the recommended actions are proposed not as a 'twoway street', a prerequisite for a system of collaboration, but as a 'one-way street', as there is little room for new proposals for action on the part of municipalities, or for actions that signal and direct the cooperation of the cities to the federal government. So this policy the cities seem to be reduced to mere "recipients / beneficiaries of the actions" of the federal government, which consequently can lead to a standardization of management actions and Network School Municipal Public.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPlano de ações articuladaspor
dc.subjectPolíticas públicas educacionaispor
dc.subjectGestão educacionalpor
dc.subjectPlano de desenvolvimento da educaçãopor
dc.titleO plano de ações articuladas como instrumento para colaboração entre governo federal e munícipios: limites e possibilidades para a melhoria da educação básicapor
dc.title.alternativeThe plan of joint action as tool for collaboration between federal government and cities: limits and possibilities for the improvement of the basic educationeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasil.por
dc.degree.specializationGestão Educacionalpor
dc.description.resumoEsta pesquisa foi realizada no âmbito do Curso de Especialização em Gestão Educacional. Com ela procuramos contribuir para o entendimento da incidência das Políticas Públicas em Educação concernentes à Gestão educacional, no processo de desenvolvimento de Educação Pública Escolar, com especial atenção para o Plano de Ações Articuladas e suas relações com a gestão das Redes Escolares Públicas Escolares Municipais. Para isso, analisamos a participação de onze municípios da microrregião Santa Maria, pertencente ao Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, mediante estudo dos documentos que compõe o PAR desses municípios. Com esta análise, foi possível elencar um conjunto de fatores que condicionam a participação das secretarias municipais de educação no PAR, os quais foram agrupados em dois blocos. O primeiro bloco diz respeito aos fatores que se configuram em possibilidades para utilização do PAR, como instrumento de operacionalização da colaboração entre governo federal e municípios. O segundo bloco refere-se a fatores que acabam por limitar a utilização do PAR, como instrumento para a operacionalização dessa colaboração. Um exemplo representativo de fator classificado no primeiro bloco é a responsabilização formal dos gestores educacionais, em nível macro, na pessoa do Ministro da Educação e, em nível micro, na pessoa do Secretário Municipal de Educação, pelo acompanhamento, fiscalização e cumprimento das ações a serem desenvolvidas em cada um destes níveis. No segundo bloco, podemos citar a vinculação da avaliação do PAR somente ao desempenho dos estudantes das redes públicas desses municípios no IDEB, o que faz com que a responsabilização pela melhoria da Educação, em última instância, recaia sobre as escolas e sobre os agentes escolares, em particular, os professores. Por último, a análise do PAR nesses municípios, demonstra que as ações indicadas são propostas não como uma via de mão dupla , pressuposto para um regime de colaboração, mas como uma via de mão única , pois quase não há lugar para propostas de ação novas, por parte dos municípios, ou para ações que sinalizem ou direcionem a cooperação do município para com o governo federal. Assim, nessa política, os municípios parecem ser reduzidos a meros receptores/beneficiários das ações do governo federal, o que, consequentemente, pode ocasionar uma padronização das ações e gestão das Redes Escolares Públicas Municipais.por
dc.publisher.unidadeCentro de Educaçãopor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Gestão Educacional [236]
    Coleção de trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Gestão Educacional.

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.