Show simple item record

dc.contributor.advisorHepp, Izabel Cristina Uaska
dc.creatorSilva, Laís Borges da
dc.date.accessioned2014-08-12T13:37:45Z
dc.date.available2014-08-12T13:37:45Z
dc.date.issued2011-11-17
dc.date.submitted2011
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/334
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação, Curso de Especialização em Gestão Educacional, EaD, RS, 2011.por
dc.description.abstractThis work of course end if considered to investigate the importance of the affection in the learning. The problem that perpassou the research was: the affectivity is basic for emotional and cognitiva formation of the child? The general objective of the research was: To verify as the pertaining to school managers they can positively contribute for the development of the affective formation influencing the learning of the child. It had as objective specific: to reflect on the importance of the affective development in the period of infancy in its different periods of training; to analyze the importance of the pertaining to school managers in the development of the affective dimension for the learning; to investigate which the consequences of the absence of the affection in the development of the child. For in such a way it was used bibliographical research, and of field, being that for the collection of data of the qualitative research the investigated citizens, teachers of the State net of education of the city of Soledade/RS had answered a questionnaire and the analysis of the collected data point that the affection is to the base of everything: of the development and the learning, affectivity and cognition walk together. Everything is initiated in the family who is a set of positive emotions as in such a way negative, which contributes for the intellectual and affective development of the child. So that she has learning the necessary child to create affective bows with the object of knowing and the citizens of the learning. The affection lack can create a blockade in the learning, a lesser one auto-esteem, unreliability and aggressiveness, that nothing more is of what a reactive symptom of the “abandonment” needing to be worked with love, affection and respect.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectGestão escolarpor
dc.subjectEducaçãopor
dc.subjectCriançaspor
dc.subjectAfetividadepor
dc.titleA afetividade e sua importância para a aprendizagempor
dc.title.alternativeThe affectivity and its importance for the learningeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localPolo de Tio Hugo, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationGestão Educacional, EaDpor
dc.description.resumoEste trabalho de final de curso se propôs investigar a importância do afeto na aprendizagem. O problema que perpassou a pesquisa foi: a afetividade é fundamental para formação emocional e cognitiva da criança? O objetivo geral da pesquisa foi: Verificar como os gestores escolares podem contribuir para o desenvolvimento da formação afetiva influenciando positivamente a aprendizagem da criança. Teve como objetivos específicos: refletir sobre a importância do desenvolvimento afetivo no período da infância em seus diferentes estágios; analisar a importância dos gestores escolares no desenvolvimento da dimensão afetiva para a aprendizagem; investigar quais as conseqüências da ausência do afeto no desenvolvimento da criança. Para tanto utilizou-se a pesquisa bibliográfica, e de campo, sendo que para a coleta de dados da pesquisa qualitativa os sujeitos investigados, professoras da rede Estadual de ensino do município de Soledade/RS responderam um questionário e a análise dos dados coletados apontam que o afeto é à base de tudo: do desenvolvimento e da aprendizagem, afetividade e cognição andam juntas. Tudo se inicia na família que é um conjunto de emoções tanto positivas como negativas, as quais contribuem para o desenvolvimento intelectual e afetivo da criança. Para que haja aprendizagem a criança precisa criar laços afetivos com o objeto do saber e os sujeitos da aprendizagem. A falta de afeto pode criar um bloqueio na aprendizagem, uma menor auto-estima, insegurança e agressividade, que nada mais é do que um sintoma reativo do abandono precisando ser trabalhado com amor, carinho e respeito.por
dc.publisher.unidadeCentro de Educaçãopor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

  • Gestão Educacional - EaD [951]
    Coleção dos trabalhos de conclusão do Curso de Especialização em Gestão Educacional - EaD

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.