Show simple item record

dc.creatorSchirmer, Gerson Jonas
dc.date.accessioned2016-03-11
dc.date.available2016-03-11
dc.date.issued2015-08-24
dc.identifier.citationSCHIRMER, Gerson Jonas. ZONEAMENTO GEOAMBIENTAL DA QUARTA COLÔNIA RIO GRANDE DO SUL. 2015. 251 f. Tese (Doutorado em Geociências) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/3941
dc.description.abstractThis paper presents a proposal for Geoenvironmental Zoning for Quarta Colônia, comprising the municipalities of: Agudo, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Ivora, Palma Nova, Pinhal Grande, Restinga Seca, Silveira Martins, São João do Polêsine, located in the Central region Rio Grande do Sul. In this thesis, there was focus on the detail of the elements that make up the landscape, carrying information from crosses between land use with the other elements that make up the landscape, to determine existing environmental conflicts in the study area and facilitate the development of Geoenvironmental Zoning. Justified the search by the existing demand for a job of this magnitude in the study area. The geo-environmental systems represent the integration of characteristics of the physical elements of the study area, in the face of social activities, developed by the occupation who developed and transformed the local landscape. The methodology is based on a systemic approach to landscape using GIS as a tool (Geographical Information Systems). Through a representative synthesis, five systems were defined, which characterized the geoenvironmental landscape of the municipalities studied. The Urban System consists of the headquarters of the municipalities studied. The slopes System Plateau rim, where there is greater concentration of woody vegetation and susceptibility of occurrence of mass movement processes. In rice paddies System ramps Recent Deposits human action results in environmental conflicts, especially regarding the occupation in areas of Permanent Preservation Areas. Furthermore, there is likely to become risk areas flood periods. The Hills Low Altitude System consists of two differentiation with regard to occupation and geomorphological processes, which are: Hills in Sedimentary Rocks the Hill, with significant anthropogenic occupation and Hills and Sedimentary Rocks Low Altitude. The Volcanic Hills High Altitudes system composed of: Altitudes Hills in Crispy Rocks, Volcanic Hills with Medium Properties and Volcanic Hills with Small Properties. In this sense, this thesis provides a theoretical framework for the study and verification of the potential and environmental restrictions, allowing maximization of proposals for sustainable development to communities as well as to serve as a base for conducting further studies in these municipalities. It was concluded that this Geoenvironmental Zoning allowed to determine the main areas of existing environmental conflict between land use with the natural elements of the landscape.eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectZoneamento geoambientalpor
dc.subjectSIGs (Sistema de Informações Geográficas)por
dc.subjectQuarta Colôniapor
dc.subjectGeoenvironmental Zoningeng
dc.subjectGIS (Geographic Information System)eng
dc.titleZONEAMENTO GEOAMBIENTAL DA QUARTA COLÔNIA RIO GRANDE DO SULpor
dc.typeTesepor
dc.description.resumoEste trabalho apresenta uma proposta de Zoneamento Geoambiental para Quarta Colônia, composta pelos municípios de: Agudo, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Ivorá, Nova Palma, Pinhal Grande, Restinga Seca, Silveira Martins, São João do Polêsine, localizada na região Central do Rio Grande do Sul. Nesta tese, deu-se enfoque para o detalhamento dos elementos que compõem a paisagem, realizando cruzamentos de informações entre o uso da terra com os demais elementos que compõem a paisagem, para determinar conflitos ambientais existentes na área de estudo e facilitar a elaboração do Zoneamento Geoambiental. Justifica-se a pesquisa pela demanda existente de um trabalho dessa magnitude na área de estudo. Os sistemas geoambientais representam a integração das características dos elementos físicos da área de estudo, frente às atividades sociais, desenvolvidas pela ocupação que desenvolveram e transformaram a paisagem local. A metodologia baseia-se em uma abordagem sistêmica da paisagem, utilizando como ferramenta SIGs (Sistemas de Informação Geográfica). Através de uma representação de síntese, foram definidos cinco Sistemas, que caracterizaram a paisagem geoambiental dos municípios em estudo. O sistema Urbano é composto pela sede dos municípios em estudo. O Sistema de Encostas do Rebordo do Planalto, onde há maior concentração de vegetação arbórea e suscetibilidade de ocorrência de processos de movimento de massa. No Sistema Arrozais em Rampas de Depósitos Recentes a ação antrópica resulta em conflitos ambientais, principalmente quanto à ocupação em áreas de Áreas de Preservação Permanente. Além disso, há susceptibilidade de torna-se áreas de risco em períodos de cheias. O Sistema de Colinas em Baixas Altitudes é composto por duas com diferenciação quanto aos processos de ocupação e geomorfológicos, que são: Colinas em Rochas Sedimentares de Encosta, com significativa ocupação antrópica e Colinas e Rochas Sedimentares de Baixa Altitude. No Sistema de Colinas Vulcânicas de Altitudes Elevadas composto por: Colinas de Altitudes em Rochas Friáveis, Colinas Vulcânicas com Médias Propriedades e Colinas Vulcânicas com Pequenas Propriedades. Nesse sentido, esta tese oferece um referencial teórico-metodológico, para estudo e verificações das potencialidades e das restrições ambientais, permitindo a maximização de propostas de desenvolvimento sustentável às comunidades, bem como a servir de base para a realização outros estudos nesses municípios. Concluiu-se que este Zoneamento Geoambiental permitiu determinar as principais áreas de conflito ambiental existente entre o uso da terra com os elementos naturais da paisagem.por
dc.contributor.advisor1Robaina, Luís Eduardo de Souza
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4793395T7por
dc.contributor.referee1Trentin, Romario
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2287005710639329por
dc.contributor.referee2Cristo, Sandro Sidnei Vargas de
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/6004596653256447por
dc.contributor.referee3Oliveira, Edson Luis de Almeida
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/6389357734316324por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3126508135174880por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGeociênciaspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografia e Geociênciaspor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.