Show simple item record

dc.creatorDias, Juciele Pereira
dc.date.accessioned2013-07-26
dc.date.available2013-07-26
dc.date.issued2012-12-10
dc.identifier.citationDIAS, Juciele Pereira. AN INTERPRETATION GESTURE IN HISTORY OF BRAZILIAN LINGUISTIC KNOWLEDGE: the definition of the name grammar. 2012. 257 f. Tese (Doutorado em Letras) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2012.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/3981
dc.description.abstractThe constitution of an interpretation gesture about the effects of the meanings of the definition of the name grammar related to the ways of knowing about language in the history of Brazilian linguistic knowledge is the objective of this thesis. Such research problematic was developed from a study on the definition of the name grammar in the first edition of Moderna Gramática Portuguêsa, by Evanildo Bechara and it s anchored on a theoretical conception of the interpretation gesture of the analyst subject position that makes History of Linguistic Ideas in Brazil. Bechara s grammar compendium was published in 1961, in a historic moment corresponding to the process of institutionalization of the discipline named Linguistics in courses of Letras in the country, which is a determinant effect of disruption of the definition of the name grammar in the aforementioned book when compared to other books on the process of Brazilian grammatisation. During the period of publication of Portuguese Grammars - from the sixteenth century until the mid-twentieth century -, the name grammar is determined by a relationship between the designations of grammar s art (portuguese or greco-latin) and of science, a designation constituted by forms of knowledge about language such as: General Grammar, Comparative Grammar, Historical Grammar and Modern Linguistics. For the production conditions of the publication of Bechara s Grammar, by a gesture of interpretation about the definition of the name grammar, we understand that there is an effect of breaking with a tradition of the art of portuguese grammar, because there is a reformulation of the definition of that name in the history of brazilian linguistic knowledge in the twentieth century which presentified the meanings of the definition of art from the latin grammar of Donatus (IV AD) and the art from Eduardo Carlos Pereira s Portuguese grammar for a relationship with a form of knowledge of the science named Linguistics, also designated as Linguistics Modern and determined by a theoretical perspective of linguists Ferdinand de Saussure, Edward Sapir and Joaquim Mattoso Junior in the Bechara s Grammar.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectHistória das ideias linguísticaspor
dc.subjectGesto de interpretaçãopor
dc.subjectGramáticapor
dc.subjectArte e ciênciapor
dc.subjectHistory of linguistic ideaseng
dc.subjectInterpretation gestureeng
dc.subjectGrammareng
dc.subjectArt and scienceeng
dc.titleUM GESTO DE INTERPRETAÇÃO NA HISTÓRIA DO CONHECIMENTO LINGUÍSTICO BRASILEIRO: a definição do nome gramáticapor
dc.title.alternativeAN INTERPRETATION GESTURE IN HISTORY OF BRAZILIAN LINGUISTIC KNOWLEDGE: the definition of the name grammareng
dc.typeTesepor
dc.description.resumoA constituição de um gesto de interpretação sobre os efeitos de sentidos da definição do nome gramática, em uma relação com as formas de saber sobre a língua(gem), na história do conhecimento linguístico brasileiro, é o objetivo deste trabalho de tese. Essa problemática de pesquisa é desenvolvida a partir de um estudo sobre a definição desse nome na primeira edição de Moderna Gramática Portuguêsa, de Evanildo Bechara, e está ancorada em uma questão teórica do gesto de interpretação da posição sujeito analista que faz História das Ideias Linguísticas no Brasil. O compêndio gramatical de Bechara foi publicado em 1961, coincidindo com um momento histórico em que se dá a institucionalização da disciplina nomeada Linguística nos cursos de Letras do país, a qual é determinante de um efeito de ruptura da definição do nome gramática nessa obra, quando colocada em relação a outras do processo de gramatização brasileiro. Dentro do período de publicação de gramáticas da língua portuguesa para o Brasil do século XVI até meados do século XX o nome gramática é determinado por uma relação entre as designações de arte da gramática (portuguesa ou greco-latina) e de ciência, uma designação constituída por formas de saber sobre a língua(gem) em condições de produção específicas, tais como: Gramática Geral, Gramática Comparada, Gramática Histórica e Linguística Moderna. Pelas condições de produção da publicação da referida gramática de Bechara, por um gesto de interpretação sobre a definição do nome gramática, compreendemos que há um efeito de ruptura com a tradição da arte da gramática portuguesa, pois há uma reformulação da definição desse nome na história do conhecimento linguístico brasileiro no século XX. Isso vai atualizar sentidos da definição de arte da gramática latina de Donato (IV d.C.) e de arte da gramática portuguesa de Eduardo Carlos Pereira por uma relação com a forma de saber da ciência de nome Linguística, também designada como Linguística Moderna e determinada por uma perspectiva teórica dos linguistas Ferdinand de Saussure, Edward Sapir e Joaquim Mattoso Câmara Junior na gramática de Bechara.por
dc.contributor.advisor1Scherer, Amanda Eloina
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787503Z9por
dc.contributor.referee1Dias, Luiz Francisco
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4767520J7por
dc.contributor.referee2Rasia, Gesualda de Lourdes dos Santos
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4700051D9por
dc.contributor.referee3Silveira, Verli Fátima Petri da
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4708430A3por
dc.contributor.referee4Angelo, Graziela Lucci de
dc.contributor.referee4Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4785796U4por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4505491J7por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentLetraspor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Letraspor
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.