Show simple item record

dc.contributor.advisorJaeger, Angelita Alice
dc.creatorLena, Angela
dc.date.accessioned2014-09-16T15:42:00Z
dc.date.available2014-09-16T15:42:00Z
dc.date.issued2004-07
dc.date.submitted2004
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/470
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação Física e Desporto, Curso de Especialização Pesquisa e Ensino em Ciência do Movimento Humano, RS, 2004.por
dc.description.abstractThe present study approaches the social meaning of the street dance for internal adolescents of CASE from the city of Santa Maria where are found that research subjects and context aiming to know and to discuss about social meaning of the street dance movements and the lyrics of raps which was the rhythm used on the researcher classes. That research develops it self as a qualitative approach of ethnographic background which have inquired 16 subjects verifying that the experiences analyzed in and out of group were typified by expressing a culture peculiar to them. It was observed the adolescents preference and admiration by the break style movements, stunt flying and soil movements and these last ones were considered as the most representative because of their challenge connotation to them. Also is possible to assert that the lyrics of raps have an ambiguous meaning once that they reveal itself as an alert manner as well as a behavior to be followed showing that the street dance movements and the lyrics of raps give they a chance to give vent to their fears and conflicts. We have concluded that to turn these adolescents eyes around new representations is not enough to put them in to an institution with the objective of bring they back to society. We need to rebuild the society structure which breed and feed them with so cruel representation about themselves. They need more humanity and less pain.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectRepresentações sociaispor
dc.subjectEducação físicapor
dc.subjectAdolescentespor
dc.subjectDança de ruapor
dc.titleA representação social da dança de rua dos adolescentes que cumprem medidas sócio-educativas no CASE de Santa Mariapor
dc.title.alternativeA social representation of the street dance of adolescents carring out social educative measures at CASE of Santa Mariaeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.specializationPesquisa e Ensino em Ciência do Movimento Humanopor
dc.description.resumoEsse estudo refere-se à representação social da dança de rua para os adolescentes privados de liberdade internos no CASE, da cidade de Santa Maria/RS, onde se apresentam os sujeitos e o contexto pesquisado, buscando-se conhecer e discutir sobre a representação social dos movimentos que compõem a dança de rua e as letras dos raps, ritmo utilizado nas aulas ministradas pela pesquisadora. Essa pesquisa se configura numa abordagem de caráter qualitativo e de cunho etnográfico, onde se investigou 16 sujeitos, constatando-se que as experiências analisadas, tanto do grupo como individuais, caracterizaram-se por expressar uma cultura que lhes é peculiar. Observou-se a preferência e admiração dos adolescentes pelos movimentos do estilo break, movimentos acrobáticos de chão e aéreos, sendo estes dois últimos considerados por eles mais representativos por terem uma conotação de desafios a si próprios. Também, é possível afirmar que para os sujeitos investigados, as letras dos raps trazem consigo uma representação ambígua, pois, se revelaram, tanto uma forma de alerta, como uma conduta a ser seguida, verificando-se dessa forma, que, os movimentos da dança de rua e as letras dos raps, representam, para os adolescentes internos na instituição, uma possibilidade de desabafo de suas angústias e conflitos. Concluiu-se que, para voltar o olhar desses adolescentes na direção de novas representações, não basta interná-los em uma instituição com a finalidade de re-socializá-los. É necessário uma nova estruturação da sociedade, aquela que os gerou e os alimentou com representações muito cruéis sobre si mesmos. Precisam de mais humanidade e menos dor.por
dc.publisher.unidadeCentro de Educação Física e Desportospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.