Show simple item record

dc.creatorFioreze, Claudio
dc.date.accessioned2017-03-20
dc.date.available2017-03-20
dc.date.issued2005-08-29
dc.identifier.citationFIOREZE, Claudio. Agroecological transition in potato systems production. 2005. 118 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2005.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/5635
dc.description.abstractThis work was done as an articulation program between technicians of EMATER-RS, UFSM and FEPAGRO-RS and small farmers of ASBAT. The research aimed to evaluate management practices of the potato production in a systemic approach to increase the environmental and partner-economic sustainability for small farmers and for alimentary security of the southern region do Brazil. The scientific paradigm of the agroecological transition was adopted, breaking itself of the conventional system - which is widely dominant in Brazil - for the development of systems with increasing sustainability. The main studies had been concentrated in two systems of production: I spring season crop and II fall season crop, composed of subsystems of crop rotation (with commercial cultures and soilcover crops), of fertilization (organic, mineral or both) and crop protection management and harmful plants. The main objective of the work was to evaluate and develop these systems, especially the agroecological potato production system, from the efficacy of organics manures usage and practical available alternatives. This management should result in improvements of soil, products and environment quality with greater yield. The main experiment was carried out at FEPAGRO in Júlio de Castilhos - RS. Complementary experimental units were conducted small farms. The methodology, results and conclusions of the complementary studies are in Appendices. The general results allow preliminarily conclusions that it is viable for potatoes farmers to use organics fertilizers or in combinations with mineral fertilizers. In the experimental conditions, the disease control with pesticides was not necessary for potato. Insect control of soil-insect plagues consists in a serious impediment to implement the production system, because of no efficacy of the studied plant extracts. There was no impact in the potato quality, specially the physical and chemical soil properties, implying that the effects of the environmental and economic impact of organic fertilization, ecological control and covering plants can be correctly measured in long term experiments. Therefore, continuing increasing complexity of these studies are necessary in the future to keep potato production in small farms.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAgroecologiapor
dc.subjectSustentabilidadepor
dc.subjectAdubação orgânicapor
dc.subjectRotação de culturaspor
dc.subjectAgroecologyeng
dc.subjectSustainabilityeng
dc.subjectOrganic fertilizationeng
dc.subjectCrop rotationeng
dc.titleTransição agroecológica em sistemas de produção de batatapor
dc.title.alternativeAgroecological transition in potato systems productioneng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoEste trabalho é decorrente da ação articulada entre técnicos da Associação Riograndense de Empreendimentos de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER/RS-ASCAR), da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (FEPAGRO-RS), com agricultores familiares representados pela Associação dos Produtores de Batata da Região Central do RS (ASBAT). A pesquisa partiu da necessidade de avaliar práticas de manejo da produção de batata sob o enfoque sistêmico, buscando aumentar a sustentabilidade ambiental e sócio-econômica da produção deste tubérculo tão importante para a agricultura familiar e a segurança alimentar da Região Sul do Brasil. Adotou-se o paradigma científico da transição agroecológica, partindo-se do sistema convencional amplamente dominante no Brasil para o desenvolvimento de sistemas com sustentabilidade crescente. Os estudos principais concentraram-se em dois sistemas de produção: I - batata safra e II - batata safrinha, compostos de subsistemas de rotação de culturas (com culturas comerciais e plantas de cobertura do solo), de fertilização (orgânica, mineral ou ambas) e de manejo fitossanitário e de plantas daninhas. O objetivo principal do trabalho foi avaliar e desenvolver sistemas de transição agroecológica de produção de batata através do uso eficiente de adubos orgânicos, rotações e manejos de culturas e práticas alternativas disponíveis, buscando a melhoria da qualidade do solo, da produção e do meio ambiente. O experimento principal foi conduzido na FEPAGRO de Júlio de Castilhos RS e outros experimentos complementares foram implantadas em propriedades de agricultores associados à ASBAT. Os resultados preliminares indicam haver grande possibilidade de diminuir o impacto ambiental da cultura da batata mediante sistemas de base ecológica; que foi viável a utilização de adubo orgânico isolado ou em combinação com adubos minerais para o cultivo de batata, principalmente a cama de frango; que nas condições experimentais foi possível produzir batata sem o uso de agrotóxicos no controle de doenças; por outro lado, o controle de pragas de solo constitui-se no maior entrave, onde os extratos, folhas e óleo das plantas testadas não foram eficientes; que não houve impactos importantes na qualidade do solo neste curto espaço de tempo da avaliação. Além disso, ficou evidente que a avaliação da sustentabilidade do uso de adubos orgânicos, caldas ecológicas e plantas de cobertura do solo só pode ser corretamente mensurada em experimentos de longa duração, sugerindo a imediata continuidade e o aprofundamento dos estudos, sob o risco de não se ter mais a bataticultura na agricultura familiar do RS, diminuindo a segurança alimentar da sociedade.por
dc.contributor.advisor1Ceretta, Carlos Alberto
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780445E3por
dc.contributor.referee1Costabeber, José Antônio
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4785779T1por
dc.contributor.referee2Silva, Leandro Souza da
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4706291Y9por
dc.contributor.referee3Bisognin, Dilson Antônio
dc.contributor.referee3Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4791129Y6por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4739983T8por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAgronomiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciência do Solopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.