Show simple item record

dc.creatorCeron, Marizete Ilha
dc.date.accessioned2009-06-03
dc.date.available2009-06-03
dc.date.issued2009-03-04
dc.identifier.citationCERON, Marizete Ilha. MULTIPLE OPPOSITIONS: CONTRASTIVE APPROACH TO THE SUBJECT WITH PHONOLOGICAL DISORDER. 2009. 103 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/6448
dc.description.abstractThis research aims at applying and testing the Multiple Oppositions Approach (Williams, 2000a) of children of Brazilian Portuguese speakers with degrees of phonological disorder. The studied group was composed by 5 subjects, 2 males and 3 females, with average age in the beginning of treatment 6:1. It was carried out phonological and complementary assessments. The speech data were collected and analyzed through the phonological assessment before and after the treatment. After the assessment, the subjects were submitted to the therapy using the Multiple Oppositions Approach (Williams, 2000a) during 25 sessions. It was analyzed the therapeutic progress when referring to the phonetic inventory and phonological, to the distinctive features focused during the therapy by the target sound, as well as changes in the percentage of consonants correct-revised (PCC-R) and kinds of generalization (to lexical items non used during treatment, to another position of the word, inside a sound class and to other sound class). It was verified a statistically significant increase on the number of sounds in the phonetic inventory, on the acquired phonemes in the phonological inventory, with a statistically significant decrease in the number of changed distinctive features. There was a statistically significant difference to the PCC-R and some kinds of generalization (to lexical items none used during treatment, to another position of the word and to other sound class). There was no statistically significant difference inside a sound class; however it was observed an increase in the final assessment percentage. Thus, it was concluded that the Multiple Oppositions Approach was effective for the treatment of subjects of Brazilian Portuguese speakers because the model provided changes in the number of sounds in the phonetic inventory, of acquired phonemes in the phonological inventory, one increase no PCC-R and all the kind of generalizations (to lexical items non used during treatment, to another position of the word, inside a sound class and to other sound class). The subjects who added more phonemes to their phonological inventory were the ones who had a decrease in the number of changed distinctive features.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFalapor
dc.subjectDistúrbios da falapor
dc.subjectFonoterapiapor
dc.subjectCriançapor
dc.subjectGeneralizaçãopor
dc.subjectSpeecheng
dc.subjectSpeech disorderseng
dc.subjectSpeech therapyeng
dc.subjectChildeng
dc.subjectGeneralizationeng
dc.titleOPOSIÇÕES MÚLTIPLAS: ABORDAGEM CONTRASTIVA PARA SUJEITOS COM DESVIO FONOLÓGICOpor
dc.title.alternativeMULTIPLE OPPOSITIONS: CONTRASTIVE APPROACH TO THE SUBJECT WITH PHONOLOGICAL DISORDEReng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoEste estudo teve como objetivo aplicar e testar o Modelo de Oposições Múltiplas (Williams, 2000a) em crianças falantes do português brasileiro com diferentes gravidades do desvio fonológico. O grupo pesquisado foi constituído por 5 sujeitos: 2 do sexo masculino e 3 do feminino, com idade média de 6:1 no início do tratamento. O diagnóstico de desvio fonológico foi determinado pelas avaliações fonoaudiológicas e exames complementares. Os dados da fala dos sujeitos foram coletados e analisados por meio da avaliação fonológica antes e depois do tratamento. Após as avaliações, os sujeitos foram submetidos à fonoterapia pelo Modelo de Oposições Múltiplas (Williams, 2000a) durante 25 sessões. Analisou-se o progresso terapêutico no que se refere aos inventários fonético e fonológico, aos traços distintivos enfocados na terapia a partir dos sons-alvo, bem como as mudanças quanto ao Percentual de Consoantes Corretas-Revisado (PCC-R) e os tipos de generalizações obtidas (a itens lexicais não utilizados no tratamento, para outra posição na palavra, dentro de uma classe de sons, para outras classes de sons). Verificou-se um aumento estatisticamente significativo do número de sons no inventário fonético, de fonemas no inventário fonológico, assim como uma diminuição, estatisticamente significativa, do número de traços distintivos alterados. Houve diferença estatisticamente significativa no PCC-R e em alguns tipos de generalização (a itens lexicais não utilizados no tratamento, para outra posição da palavra e para outras classes de sons). Não houve diferença estatística para a generalização dentro de uma classe de sons, porém observou-se um aumento do percentual na avaliação final. Assim, pôde-se concluir que o Modelo de Oposições Múltiplas foi efetivo para o tratamento de sujeitos falantes do português brasileiro, pois aquele proporcionou aquisições de sons nos inventários fonético e de fonemas no inventário fonológico, um aumento no PCC-R e em todos os tipos de generalizações (a itens lexicais não utilizados no tratamento, para outra posição na palavra, dentro de uma classe de sons, para outras classes de sons). Os sujeitos, cujos sons-alvo contemplavam o trabalho com a maioria dos traços alterados e com sons mais complexos na hierarquia, apresentaram maior número de aquisições em seus inventários fonológicos.por
dc.contributor.advisor1Keske-Soares, Marcia
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4768009P6por
dc.contributor.advisor-co1Bonilha, Giovana Ferreira Gonçalves
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4706067J6por
dc.contributor.referee1Mezzomo, Carolina Lisbôa
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4779654H0por
dc.contributor.referee2Neves, Luciana de Oliveira Pagan
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4777282U0por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4746902E5por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentFonoaudiologiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Distúrbios da Comunicação Humanapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.