Show simple item record

dc.creatorHaas, Jaqueline Mallmann
dc.date.accessioned2009-03-25
dc.date.available2009-03-25
dc.date.issued2008-12-19
dc.identifier.citationHAAS, Jaqueline Mallmann. THE SOCIAL-TERRITORIAL DIFFERENCIATION AND TRANSFORMATION IN THE AGRARIAN SPACE IN MISSÕES/RS. 2008. 163 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2008.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/8835
dc.description.abstractThis research aims to investigate the dynamic and the process of differenciation that happened in the agrarian space of the Developmental Regional Council Missões. The region of study is located in the northwest of Rio Grande do Sul State and it is caracterized specially by its eminently agricultural features and the predominance of the familiar agriculture. Methodologically, we used the method of study/analysis of agrarian spaces (territory). It is known as Agrarian Systems Diagnostic Analysis and we also applied the multivariated analysis to complement this research. This research identified two differents agrarian systems historically constructed in the study´s space and the conformation of diferents homogeneous zones based on the criteria of analysis. Using criteria of natural conditions of the environment, it was possible to identify four homogeneous zones. On the other hand, when considering socioeconomical aspects, we identified five homogenous zones. In relation to the differentiation between agriculturists, we established a typology of rural establishment. In this context, we identified categories such as retired, miniagrarian, familiars and employer. In relation to the types of systems of production practiced by the agriculturist, we identified between the employer establishments the predonimant dynamic that is specialized in the grain cultures. The cattle culture have been losing space and importance in those establishments. In the familiar establishment, the milk-cattle culture is the main activity prepoderant. We also can identified that in the system area of agrarian field, it is predominant the employer agriculture. In this context, we have homegenous zones where the cattles still expressive and other in which the specialization of grain activities is dominant. Yet, in the agrarian system there is predonimance of familiar agriculture and small establishments. Generally, even though the non-linear transformation and the different ways of the homogenous zones identified, we expect that, in a medium time, the study area will present a diversified productive matrix. Futhermore, we believe that those results will not reflect in the production units that are following the inverse way, because they will probably become extremely specialized.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectDiferenciaçãopor
dc.subjectTransformaçãopor
dc.subjectEspaço agráriopor
dc.subjectCOREDE-Missõespor
dc.subjectDifferentiationeng
dc.subjectTransformationeng
dc.subjectAgrarian spaceeng
dc.subjectCOREDE-Missõeseng
dc.titleAS DIFERENCIAÇÕES E TRANSFORMAÇÕES SÓCIOTERRITORIAS NO ESPAÇO AGRÁRIO DAS MISSÕES/RSpor
dc.title.alternativeTHE SOCIAL-TERRITORIAL DIFFERENCIATION AND TRANSFORMATION IN THE AGRARIAN SPACE IN MISSÕES/RSeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoO presente estudo tem por objetivo investigar a dinâmica e o processo de diferenciação ocorrido no espaço agrário de abrangência do Conselho Regional de Desenvolvimento Missões. A região em estudo localiza-se ao noroeste do estado do Rio Grande do Sul e caracteriza-se especialmente por seu caráter eminentemente agrícola e a predominância da agricultura familiar. Como procedimento metodológico geral, utiliza-se do método de estudo/análise de espaços agrários, conhecido como Análise Diagnóstico de Sistemas Agrários, e de modo complementar, emprega-se a Análise Multivariada. A pesquisa identificou dois distintos sistemas agrários historicamente constituídos no espaço de estudo e a conformação de diferentes zonas homogêneas, conforme critérios de análise. Utilizando critérios de condições naturais do meio, foi possível a identificação de quatro zonas homogêneas, já quando levado em consideração os aspectos socioeconômicos são identificadas cinco zonas homogêneas. Em relação à diferenciação entre agricultores, estabelecesse inicialmente uma tipologia dos estabelecimentos rurais, sendo identificadas principalmente as categorias de aposentados, minifundiários, familiares e patronais. Quanto aos tipos de sistemas de produção praticados pelos agricultores, identifica-se que entre os estabelecimentos patronais a dinâmica predominante é de especialização nas culturas de grãos, sendo que a pecuária de corte vem perdendo seu espaço e importância nestes estabelecimentos, já nos estabelecimentos familiares a pecuária de leite é a atividade preponderante. Identifica-se ainda que na área do sistema agrário de campo, há predominância da agricultura patronal, tendo uma zona onde a pecuária de corte ainda é expressiva e outra onde a especialização nas atividades de grãos é preponderante, e na área do sistema agrário de mata a predominância de agricultores familiares e pequenos estabelecimentos. De modo geral, apesar das transformações não lineares e as diferentes trajetórias das zonas homogêneas identificadas, as perspectivas são de que a região em estudo, em médio prazo, venha a apresentar uma matriz produtiva diversificada, o que possivelmente não se refletirá nas unidades de produção, que se apresentam no caminho inverso, ou seja, tendem a se tornarem altamente especializadas.por
dc.contributor.advisor1Neumann, Pedro Selvino
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4777288A1por
dc.contributor.referee1Silva Neto, Benedito
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4780322T7por
dc.contributor.referee2Fialho, Marco Antônio Verardi
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4769329J4por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4593455H2por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAgronomiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Extensão Ruralpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.