Show simple item record

dc.creatorPinheiro, Claudiomiro Visca
dc.date.accessioned2017-02-06
dc.date.available2017-02-06
dc.date.issued2009-08-14
dc.identifier.citationPINHEIRO, Claudiomiro Visca. REPRESENTATIONS OF THE NATURE AND THE DISCOURSE OF MOVEMENT of Dam-Affected People: A READING FROM THE ENVIRONMENTAL FIELD. 2009. 63 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2009.por
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/8843
dc.description.abstractThe main proposal of this work is to make the analysis of the discourse of the Movement of Dam-Affected People (MAB). Search through the study of the nature of the representations contained in this speech, discussing some aspects that circumvent what today is called the environmental issue. In this case it is accepted the social constructionism and the use of methodological tools for the social field as argued in favor of the existence of several discursive matrices, which give the speech about the nature of the characteristic polyphony. Thus, the literature review and analysis of discourse seeks to discover historical and social training of the speech, and thus consider that these are constitutive and instrumental in its understanding. Begins with a brief contextualization of the concepts about the nature in the Western world throughout history, reaching the examination of the main currents of contemporary environmentalism. The chronicle reveals competition highlights the current discourse, in which the discourse has a membership required to depictions of nature through the ages. It is concluded that the speech of the Movement of Dam- Affected People has the structure necessary for the mobilization of affected communities, since it is used to anchor in the representations in the everyday life of these populations. Similarly the signs of a mythical character in the discourse of the movement are mobilizing society in general, given the strong presence of nature sanction in the popular imagination. From the perspective of constructionism, the environmental field and the discourse analysis, the position of actors and power relations in capitalist society, should be the main objects to be targeted if the goal is to understand what really is the nature in a discourse rather than what we pretend to common sense.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectRepresentaçõespor
dc.subjectNaturezapor
dc.subjectDiscursopor
dc.subjectSocial representationseng
dc.subjectNatureeng
dc.subjectDiscourseeng
dc.titleAS REPRESENTAÇÕES DE NATUREZA E O DISCURSO DO MOVIMENTO DOS ATINGIDOS POR BARRAGENS: UMA LEITURA À PARTIR DO CAMPO AMBIENTALpor
dc.title.alternativeREPRESENTATIONS OF THE NATURE AND THE DISCOURSE OF MOVEMENT of Dam-Affected People: A READING FROM THE ENVIRONMENTAL FIELDeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.description.resumoA proposta principal deste trabalho é efetuar a análise do discurso do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), além de buscar elementos que permitam dissertar sobre este e sua posição o campo ambiental. Através do estudo das representações acerca da natureza contidas no discurso, discutem-se alguns aspectos que contornam o que hoje denomina-se de questão ambiental. Nesse caso aceita-se o construcionismo social e o recurso metodológico do campo social como ferramentas para argumentar em favor da existência de diversas matrizes discursivas, que conferem ao discurso sobre o ambiente a característica da polifonia. O método deste trabalho apóia-se principalmente na revisão bibliográfica e na análise de discurso, utilizando-se de fragmentos de textos contidos na mídia impressa de duas campanhas do MAB como material empírico. Discutem-se primeiramente os aspectos históricos e sociais formadores do discurso ambiental, uma vez que estes são constitutivos e determinantes para o seu entendimento. Inicia-se com um breve relato a respeito das representações atribuídas ao mundo natural no ocidente ao longo da história, para logo após examinarem-se algumas das principais correntes do ambientalismo contemporâneo. Uma vez que utiliza-se da ancoragem nas representações presentes no cotidiano das populações de atingidos por barragens, o discurso do Movimento dos Atingidos por Barragens possui a estruturação necessária para a mobilização das comunidades atingidas, colocando-se em determinados momentos como um contraponto daquelas representações contidas no discurso oficial e/ou hegemônico à respeito das questões ambientais. Por outro lado, o relato histórico coloca em evidência uma determinada filiação das representações atuais de natureza com aquelas construídas no passado. Assim, os signos de uma natureza mítica presentes no discurso do movimento podem obter a força mobilizadora em outros setores sociais, dada a forte presença da natureza sacralizada no imaginário popular. Sob a ótica do construcionismo, do campo ambiental e da análise de discurso, a posição dos agentes e as relações de poder na sociedade capitalista, devem ser os principais objetos a serem focalizados quando a meta é compreender o que realmente representa a natureza em determinado discurso, em detrimento daquilo que apregoa o senso comum.por
dc.contributor.advisor1Silveira, Ada Cristina Machado
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4798475U0por
dc.contributor.referee1Wizniewsky, José Geraldo
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4721610Z6por
dc.contributor.referee2Ardans-bonifacino, Hector Omar
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4795054A3por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4563020Y2por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentAgronomiapor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Extensão Ruralpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.