Show simple item record

dc.contributor.advisorWerle, Kelly
dc.creatorCzyzeswki, Leda Maria
dc.date.accessioned2017-08-07T14:06:15Z
dc.date.available2017-08-07T14:06:15Z
dc.date.issued2016-09-24
dc.date.submitted2016
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/11309
dc.descriptionMonografia (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação, Curso de Especialização em Docência na Educação Infantil, RS, 2016.por
dc.description.abstractThe organization of adequate times and spaces to stimulate playing constitute important steps for buiilding a pedagogical Project for Children Education.Then, the way that materials, furniture are disposed and organized, as well as the way children and adults occupy such space, how they interact in and within it are revealing a pedagogical conception. Based on these experiences a net of relations is structured and expresses itself through roles that children play in a context, in which, furniture, materials, routine rituals, the teacher and the lives of the children in and outside the school interfere in such experiences. The environment in which the child is inserted is understood as a field where it interacts and produces cultures by means of playing. Inicially, it was necessary to know a bit about the history of childhood and how the same history has been producing in different times and spaces, different concepts about the child. Secondly, playing appears as something essential in the development of the child as well as the concept of childhood, playing also presents its historical and cultural diomension. Then, playing assumes its specific form of being a social factor that implies learning and an important experience of culture which has been modified along the years. In these intervention practices with children I noticed that the organization of the spaces to play in Children Education is essential for the absolute development of the child, since it enhances their potencialities and provides the complete development of their skills.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/*
dc.subjectEducação infantilpor
dc.subjectBrincadeirapor
dc.subjectTempospor
dc.subjectEspaçopor
dc.subjectChildren educationeng
dc.subjectPlayingeng
dc.subjectTimeseng
dc.subjectSpaceseng
dc.titleO brincar no tempo e no espaço da educação infantilpor
dc.title.alternativePlaying in the time and space of children educationeng
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasil.por
dc.degree.specializationDocência na Educação Infantilpor
dc.description.resumoA organização dos tempos e espaços adequados para estimular brincadeiras constituem etapas importantes da construção de um projeto pedagógico para a Educação Infantil. Assim, o modo como se organizam e disponibilizam os materiais, móveis e a forma como crianças e adultos ocupam esse espaço, como interagem com ele/nele, são reveladores de uma concepção pedagógica. A partir dessas vivências estruturam-se em uma rede de relações e expressam-se em papeis que as crianças desempenham em um contexto no qual os móveis, os materiais, os rituais de rotina, a professora e a vida das crianças dentro/fora da escola interferem nessas vivências. O meio no qual a criança está inserida é entendido como o campo onde ela interage e produz culturas através das brincadeiras. Inicialmente, fez-se necessário conhecer um pouco da história da infância e como esta mesma história tem produzido, em diferentes tempos e espaços, diferentes conceitos sobre a criança. Num segundo momento, a brincadeira aparece como algo essencial no desenvolvimento da criança e assim como o conceito de infância, o brinquedo também apresenta sua dimensão histórica e cultural. Logo após, a brincadeira assume sua forma específica de ser um fator social que pressupõe uma aprendizagem e uma importante experiência de cultura e que ao longo dos anos, vem se modificando. Nessas práticas de intervenção junto às crianças percebi que a organização dos espaços para o brincar na educação infantil é essencial para o desenvolvimento absoluto da criança, pois amplia nelas suas potencialidades e propondo o seu desenvolvimento completo de suas habilidades.por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsUFSMpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.publisher.unidadeCentro de Educaçãopor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Acesso Aberto
Except where otherwise noted, this item's license is described as Acesso Aberto

O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 4.1 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.