Show simple item record

dc.contributor.advisorFedosse, Elenir
dc.creatorRodrigues, Eliane
dc.date.accessioned2014-03-18
dc.date.accessioned2014-03-18T11:34:49Z
dc.date.available2014-03-18T11:34:49Z
dc.date.issued2013
dc.date.submitted2014-03-18
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufsm.br/handle/1/117
dc.descriptionArtigo (especialização) - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências da Saúde, Curso de Especialização em Residência Multiprofissional Integrada em Gestão e Atenção Hospitalar do Sistema Público, RS, 2013.por
dc.description.abstractThis article refers to an intervention with professionals of three units of primary health care (two Strategies for Family Health and Primary Care in Community Agents) of a medium-sized city's inner gaucho. Such intervention was performed by these units rely on more pregnant / postpartum women with HIV / AIDS, was developed by a social worker and a nurse in a Multidisciplinary Integrated Residency Program, working in Line Mother-Baby Care in a Hospital that has Outpatient prenatal High Risk and infectious diseases, pregnant women who attend local / postpartum women and their children with HIV / AIDS. A meeting was held at each health facility in order to identify the level of knowledge of the staff on reception, counseling and monitoring of pregnant / postpartum women with HIV / AIDS and newborns and, more importantly, discuss a flow of care, ie, the trajectory that these women and their children roam the health network, in order to broaden the knowledge of those professionals qualified attention and favor of women and children with HIV / AIDS. The results demonstrate that Primary Care professionals have sufficient knowledge about the biological aspects - which is, as is manifested and transmitted HIV / AIDS, however, have limited understanding and uncertainty about his role opposite the reception, advice and assistance of pregnant / postpartum women and their newborns. In this sense, it is important to continued formation of Primary Care, especially in regard to counseling and monitoring of pregnant / postpartum women with HIV / AIDS and their children.eng
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de Santa Mariapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCuidado pré-natalpor
dc.subjectEquipe interdisciplinar de saúdepor
dc.subjectAIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida)por
dc.titleDo real ao possível: o cuidado de gestantes puérperas HIV/AIDS na atenção básicapor
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso de Especializaçãopor
dc.degree.localSanta Maria, RS, Brasilpor
dc.degree.levelEspecializaçãopor
dc.degree.specializationResidência Multiprofissional Integrada em Gestão e Atenção Hospitalar do Sistema Públicopor
dc.description.resumoEste artigo refere-se a uma intervenção junto a profissionais de três unidades de Atenção Básica de Saúde (duas Estratégias de Saúde da Família e uma Unidade Básica com Agentes Comunitários) de um município de médio porte do interior gaúcho. Tal intervenção foi realizada nessas unidades por contarem com maior número de gestantes/puérperas com HIV/AIDS; foi desenvolvida por uma assistente social e uma enfermeira de um Programa de Residência Multiprofissional Integrada, atuantes na Linha de Cuidado Mãe-bebê de um Hospital Universitário que conta com Ambulatórios de Pré-natal de Alto Risco e de Doenças Infectocontagiosas, locais que assistem gestantes/puérperas e respectivos filhos com HIV/AIDS. Foi realizado um encontro, em cada unidade de saúde, a fim de identificar o nível de conhecimento dos profissionais da equipe sobre o acolhimento, aconselhamento e acompanhamento de gestantes/puérperas com HIV/AIDS e de recém-nascidos e, mais que isso, discutir um fluxo de cuidado, ou seja, a trajetória que essas mulheres e seus filhos percorrem na rede de saúde, com vistas a ampliar o conhecimento dos referidos profissionais e favorecer a atenção qualificada de mulheres e crianças com HIV/AIDS. Os resultados demonstram que os profissionais da Atenção Básica têm suficiente conhecimento acerca dos aspectos biológicos - o que é, como é transmitida e manifestada o HIV/AIDS; no entanto, têm restrito entendimento e certa insegurança sobre seu papel frente ao acolhimento, aconselhamento e acompanhamento de gestantes/puérperas e seus recém-nascidos. Neste sentido, considera-se importante a formação continuada dos profissionais da Atenção Básica, especialmente, no que tange ao aconselhamento e acompanhamento de gestantes/puérperas com HIV/AIDS e respectivos filhos.por
dc.publisher.unidadeCentro de Ciências da Saúdepor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record


O Manancial - Repositório Digital da UFSM utiliza a versão 6.3 do software DSpace.
Av. Roraima, 1000. Cidade Universitária "Prof. José Mariano da Rocha Filho".
Bairro Camobi. CEP: 97.105-900. Santa Maria, RS, Brasil.